Reportagens

FishingTur

Olha aí

Interativos

Anúncios



Clube Pescar – Lugar de mulher é na beira do lago

Local: Clube Pescar – Luziânia – GO

Olá pescadores(as), tudo bom?

Meu nome é Amanda Donatoni Sampaio e fui convidada pelo Marcio David para escrever um pouco sobre minhas aventuras no Clube Pescar, quintal de minha casa.

Mas antes de falar sobre o clube, deixa eu falar um pouco de como eu acabei naquele paraíso e pra isso vamos voltar ao ano de 1992, quando eu tinha 3 aninhos de idade!

Nasci em Araçatuba-SP e meu pai e avôs sempre tiveram paixão pela pesca em rio, lembro como se fosse ontem nosso freezer no fundo de casa sempre lotado com muitos peixes trazidos das pescas que eles faziam por dias atracados dentro do barco de motor de popa lá no Rio Paranazão. Gostaria eu, contar tudo detalhadamente o início da minha paixão pela pesca até hoje, mais ai eu iria escrever um livro e vamos deixar isso para próximas oportunidades.

Quando eu fiz 7 anos, viemos embora para Brasília-DF, meu pai foi transferido do trabalho e começamos a vida aqui no cerrado, porém algumas coisas foram ficando pra trás, como viagens para pescar, visitas ao rancho que tínhamos na beirada do rio, mas minha paixão por pesca nunca ficou pra trás, sempre que dava eu pedia pro meu pai arrumar a vara pra eu ficar pescando na beira do lago Paranoá mesmo.

Em 2012, depois de vários anos sem pescar, me despertou a vontade de pescar de novo, mas de pescar peixes grandes, foi como se algo me chamasse sabe? Mas ai eu falei: “como vou fazer isso? Estou na faculdade, não tem rio aqui perto, o que eu faço?”

Foi então que a tecnologia (leia-se google) me permitiu procurar onde pescar aqui pelo centro oeste, lugares próximos a Brasília e foi onde PIMBA, encontrei o Clube Pescar!

Na primeira ida ao clube, dia 03/10/2012 fui acompanhada do meu pai, Geraldo Sampaio Neto, levamos as tralhas dele pois até então eu não tinha nenhum material meu, mas tudo bem, ele tinha o suficiente para a gente se divertir. Foi então que eu fiquei surpresa com o tamanho do local e dos tanques. Então foi amor a primeira vista.

Neste dia, pegamos vários redondos e o tanque estava infestado de tilapinhas, inclusive eu lembro que o Cássio (dono do pesqueiro) estava chamando pescadores para pescar o quanto quisessem das tilápias pequenas e levar para casa, as danadas comiam as iscas que estávamos usando, então foi um pouco difícil pescar, mas mesmo assim, a gente conseguiu bons resultados.

Clube Pescar

Clube Pescar - Amanda e família

Depois desse dia, eu comecei a pesquisar mais sobre a pesca esportiva em pesqueiros, materiais de pesca, conheci a tal boia cevadeira da Barão, miçangas, EVA´s, etc… e comecei a comprar minhas próprias tralhas para me aventurar tanto acompanhada do meu pai ou amigos, quanto sozinha! Sim, SOZINHA! Já teve algumas vezes que cheguei lá e os funcionários me perguntavam: -ué Amanda, veio sozinha hoje? Fazer o que? Quando não acho gente pra ir comigo, eu vou comigo mesma. Mas isso nunca foi problema, sempre tem pessoas disposta a te ajudar, o funcionários te ajudem em qualquer coisa se precisar e é assim que a gente cria amizades na pescaria e ganha conhecimento.

Amanda

Clube Pescar - Amanda

Mesmo depois de tantas idas, eu ainda não estava satisfeita com alguma coisa, e descobri que lá, tinha várias Pirararas, mas que elas tinham uma ação melhor durante a noite, porém eu nunca tinha pescado a noite… e foi ai que eu falei: “é isso que está faltando, a experiência de pescar a noite, pegar peixes de couro”.

Pois foi nesse ano, agora em 26/05/2015 que eu fui com meu pai e dessa vez levamos minha mãe, Amélia Donatoni Sampaio para também conhecer o clube e passar uma noite lá já que a estrutura com as suítes na beira do tanque está sensacional! Foi incrível, desde que chegamos até a hora de dormir, tivemos muita ação dos tambas na superfície, era aquela bagunça assim que a ceva espalhava no tanque. Pegamos muitos, eu não tenho mania de contar, mas acho que foram uns 20 tambas no total. Mas meus troféus vieram a noite quando eu decidi jogar um ovo cozido com a mão mesmo, no cantinho do tanque das Piras e esperar entrar que entrassem!

Clube Pescar

Amanda e família

Foi incrível a sensação de sozinha, com meu material, ter pego uma bichona daquelas e detalhe, eu ainda estou montando meu material pra peixe pesado, eu estava usando linha mono 0,37mm com carretilha perfil baixo com uns 110 metros de linha…. imaginem minha adrenalina ao ver que tinha engatado a tão sonhada Piararara na linha?!? Deixei minha vara 15-30LB trabalhar, a fricção trabalhar, e fui rezando para não perder aquele presente. Andei meio tanque quando via que minha linha estava acabando, não tem problema, se o peixe não vem até mim, eu vou até o peixe! Depois de 20 minutos de briga, consegui tirar a gordinha da água e logo em seguida, novamente com ovo, consegui pegar uma menorzinha, mas não interessa o tamanho, a sensação é fenomenal do mesmo jeito!!! Fui presenteada com dois exemplares lindos do clube!

Clube Pescar

Clube Pescar

E para finalizar, minha última visita foi agora dia 17/06/2015 onde eu e meus pais levamos minha Sobrinha Mariah para pescar, pois era semana do aniversário dela e eu acho que essa paixão deve ser passada para as futuras gerações, o amor aos animais, o respeito ao peixe, a sensação de poder pegar um bicho lindo desses! Só quem pesca sabe do que estou falando.

Clube Pescar

Clube Pescar

Então é isso pescadores, esse foi o resumo de algumas idas ao Clube Pescar, lugar que sempre, mas SEMPRE que posso compareço, indico e garanto que vale a pena você vir de qualquer lugar do Brasil para conhecer! Eu inclusive já estou com ida marcada de novo agora dias 30/06 a 02/07!

Minhas dicas para pescar no Clube Pescar são:

Para Tambas:
Varas: 15-30LB
De supercífie: Bóia Barão Cevadeira com linha mono 0,37mm ou multi de 0,26 e chicote de 40cm linha mono 0,50mm direto no anzol com anteninha de EVA e miçanga!
De fundo: Mesmo material, mas com chumbada de 50g, girador e Beijinho de isca!

Para as Pirararas:
Vara: mínimo 30LB
Linha mono 0,50 a 0,70 mm ou multi 0,40 com leader de mono 0,60mm com anzol 8/0.

Iscas para as piras:
- Tilapinhas vivas;
- Minhocoçu
- Tuvira
- Cabeça de tilápia
- Ovo cozido (com a casca trincada mesmo, pois as tilápias comem o ovo sem a casca)
- Bacon
- Salsicha

Gostaria de agradecer a oportunidade de poder relatar um pouco sobre minhas aventuras no Clube Pescar, o Cássio pela excelente estrutura do pesqueiro e atenção de sempre, os funcionários pelo atendimento e a cozinha pela excelente comida servida no pesqueiro! Inclusive vai minha dica número dois: Se vocês forem, peçam a porção de Filé de Tilápia frita com cebola frita! Depois me contem!!

Valeu pessoal e vamos pescar!!!

Amanda

AGRADECIMENTOS

Clube Pescar
Luziânia – Brasília – GO
061 – 9942- 0089 / 9942-0091
clubepescar@gmail.com
www.clubepescar.com

Bóias Barão
www.boiasbarao.com.br

Massas Paturi
www.massaspaturi.com.br

Abu Garcia
www.abugarciabrasil.com.br/

Berkley
www.berkleypesca.com.br

Shakespeare
www.shakespearebrasil.com.br

Penn-Raíba Carretilhas
http://www.pennraibacarretilhas.blogspot.com.br/

Fishing Master
www.fishingmaster.com.br


Gostaria de receber as matérias por e-mail? Cadastre-se aqui!

3 Comentários

  1. Silvio Fishingtur em junho 23rd, 2015

    Parabens… Bela matéria…. Belos peixes e belo local…

  2. Ludmilla Peixoto em junho 23rd, 2015

    É indescritível as emoções que o Clube Pescar nos proporciona! A pescadoRA Amanda relatou muito bem o que nós sentimos quando temos a oportunidade de desfrutar desse paraíso!
    Também não posso perder a oportunidade e dizer que Lugar de mulher tb é na beira do lago! Cada dia conquistando mais respeito e espaço! E vamos pescar galera!

  3. leandro em junho 25th, 2015

    Parabéns Amanda lindo relato só quem ama esse esporte pode descrever as emoções,


Fatal error: Call to undefined function show_subscription_checkbox() in /home/storage/b/dc/e9/fishingtur/public_html/wp-content/themes/ad-clerum-10/comments.php on line 101
xxxx