Reportagens

FishingTur

Olha aí

Interativos

Anúncios



Eco Parque Pesca na Montanha – O requinte da serra na pescaria das trutas

Local: Eco Parque Pesca na Montanha  -  São Bento do Sapucaí  -  Campos do Jordão – SP
Data: 10 de Outubro de 2010

ECO PARQUE – PESCA NA MONTANHA

Olá Amigos

Meu nome é Reinaldo “Tuco” e vou relatar uma aventura que fiz em Campos do Jordão e com certeza será uma nova opção de pesca e lazer para os leitores do site.

Sou amante da natureza, e apaixonado pela pesca esportiva. Sempre estou conhecendo novos pesqueiros, em função das excelentes matérias do site Fishingtur. Já tive oportunidade de pescar em alto mar, canais, etc. Cada tipo de pescaria tem suas características, expectativas, particularidades e emoções diferentes, e nesta pescaria de trutas não foi diferente.

Sem falar, nas amizades que fazemos nos pesqueiros, rios, lagos e através do mundo virtual. Nós pescadores, sempre estamos dispostos a trocar idéias, técnicas, sem contar sobre as fisgadas perdidas e aquela famosa frase “Esse era enorme, sem mesmo ver a cara do bicho, risos”. Relatamos isso com muita satisfação nas rodas de amigos, pela simples emoção que este esporte nos proporciona.

Estava adiando uma visita ao Eco Parque Pesca na Montanha e no dia 10 de outubro decidi conhecer. Saí de Santo André – SP, às 06h30minh e cheguei por volta das 09h30minh. Desde já, peço desculpas pelo atraso da matéria.

Assim como inúmeros pescadores e admiradores do trabalho da equipe site Fishingtur – Pesca Turismo, fico sempre na expectativa de encontrar com novas matérias, novos pesqueiros.

Comentando com o Marcio, sem nenhuma pretensão de que iria conhecer este pesqueiro, ele me perguntou se seria possível elaborar uma matéria para ele. Respondi que não teria problema algum. Apenas comentei que iria sozinho, e que seria complicado de tirar fotos dos peixes, pois a idéia inicial seria passar o dia com a minha família. De qualquer forma, disse que iria coletar o máximo de informações, e que depois nós conversávamos a respeito.

Apesar de não conhecer o Marcio pessoalmente, sempre estamos conversando e trocando idéias pela internet. Certo dia, encontrei com o pessoal da equipe do Fishingtur, e tive o prazer de conhecer o Sr. Adimir, o pai do Márcio. Conversamos bastante sobre o site, e me passou muitas dicas sobre o pesqueiro.

Enfim, atendi ao pedido do Marcio prontamente e aqui estou relatando esta pescaria. Fiz o possível, para trazer o máximo de detalhes aos leitores, vide as ótimas reportagens relatadas pela equipe e por amigos pescadores.

 

Campos do Jordão

Pesca na Montanha - Eco Parque

 

Fui recebido pelo Sr. Adilson, gerente do Eco parque, que me relatou o recorde de 1.200 pessoas e que a pescaria se dá o ano todo devido ao clima da região e da natureza das trutas.

Batemos um papo, me apresentou com a maior satisfação toda a estrutura do Eco parque, e fica o convite à todos, que venham conhecer o local e desfrutar das inúmeras atividades que o Eco parque lhes oferece.

Como Chegar:

Saindo de Campos do Jordão: Passando pelo portal da cidade, ir no sentido Vila Jaguaribe e entrar à esquerda.

Saindo de São Bento do Sapucaí: Passando pelo portal da cidade, seguir indicação à Estrada do Paiol Grande.

Pagamento:  - dinheiro ou cheque.

Pedágio:      – Ida e Volta: R$ 17,40 (valores de 10/2010)

 

HISTÓRIA E O LOCAL

O Eco parque Pesca na Montanha está localizado nos altos da serra da Mantiqueira, entre Campos do Jordão e São Bento do Sapucaí, estado de São Paulo, a 18 km do centro de ambas as cidades. A estrada é asfaltada e caminho da Pedra do Baú, atração turística mais visitada da região.

O Eco parque nasceu do sonho da empresária e jornalista paulistana Monica Simonsen que, cansada da agitação das grandes cidades, separou uma área bem no coração dos 550 alqueires da Fazenda Campista para desenvolver um projeto turístico. Hoje, passados 10 anos, recebe turistas de todo o país e do exterior. Todas as atividades foram planejadas para você relaxar e se divertir.

Cavalos, banhos de cachoeira, ateliers de arte, turismo de aventura, trilhas, arco e flecha, pesca de truta, pousada, restaurante são algumas das opções nos mais de 200 mil metros quadrados de florestas de pinheiros, bosques de mata nativa, lagos e pequenas quedas d’água. Nos passeios e nas trilhas você poderá encontrar esquilos, veados campeiros, o macaco mono-carvoeiro (espécie ameaçada de extinção) e uma grande variedade de pássaros. Sem falar na exuberante vegetação do clima tropical de altitude, composta de pinhos bravos, araucárias e orquídeas raras.

 

RESTAURANTE
 
Construído em estilo rústico e sofisticado, o restaurante tem como opção nos finais de semana, feriados e férias, um saboroso buffet no almoço servido no fogão à lenha. No restante dos dias e no jantar o serviço é à la carte. A especialidade da casa são os pratos a base de trutas, criadas e defumadas no próprio local. A cozinha é comandada pelo Chef José Reis (Bijú). Capacidade: 150 lugares.

Grande Buffet: R$ 46,00 p/ pessoa. Crianças de 6 a 12 anos R$ 25,00 e crianças abaixo de 5 anos R$ 14,00 (sobremesa inclusa). (Valores de 10/2010)

Mesa de entradas e saladas com 15 opções como patê de truta defumada, cuscuz de truta e saladas verdes variadas, acarajé com vatapá de truta defumada, caldinho de feijão preto, quiche de queijo, salpicão de peito de frango c/ castanhas e uvas passas, salada de tomate c/ queijo branco, cenoura c/beterraba, mousse de ervas, etc.

Pratos quentes servidos no fogão a lenha com mais de 10 opções de pratos a base de trutas e 8 molhos à sua escolha, além de carnes, aves e vários acompanhamentos.

Festival de massas: 3 tipos de massas e molhos com 20 ingredientes à sua escolha para você montar seu prato na hora.

Mesa de sobremesas: com várias opções como: doce de abóbora, cocadas, doce de laranja, pudins, tortas e frutas.
 

 

 

Restaurante

Restaurante

Restaurante

Restaurante

Restaurante

Restaurante

Doces

Doces

Fogão de lenha

Fogão de lenha

 

 

LANCHONETE
 

Para um lanche rápido e saboroso. Casquinha de truta, pão-de-queijo, empadinhas, sanduíches, sorvetes artesanais a base de mel, chocolates, tabacaria, café expresso, bebidas variadas como as sofisticadas cervejas BADEN produzidas na região e uma seleta coleção com mais de 80 marcas de pingas mineiras.

 

 

Lanchonete

Lanchonete

 

Lanchonete

Lanchonete

 

ECOTURISMO E TURISMO DE AVENTURA

Orientado pelos profissionais de turismo do Corpo de Guias com cadastro na EMBRATUR, você participa de várias atividades emocionantes com todos os equipamentos de segurança. Seus monitores têm mais de 400 horas de treinamento em técnicas de escalada, montanhismo e turismo receptivo.

 

Eco Aventura

Eco Aventura

 

-Tirolesa com 200 metros sobre o lago: emocionante descida, chegando atingir 70 km/h. Preço: R$ 22,00 p/ pessoa.

-Arvorismo I: 18 estações sobre as copas das árvores com monitores. Preço: R$ 56,00 p/ pessoa.

-Arvorismo II: 12 estações sobre a copa das árvores com monitores. Preço: R$ 44,00 p/ pessoa.

-Tirolesa dupla: emocionante descida por entre um bosque de pinheiros, seguida pela tirolesa sobre o lago. Preço: R$ 36,00 p/ pessoa.

-Arvorismo c/ 18 estações + tirolesa dupla: Preço: R$ 68,00 p/ pessoa.

-Arvorismo mirim: 8 estações de passagem de níveis mais fáceis e não tão altas como a do grande arvorismo. Adequadas para adultos ou crianças. Preço: R$ 32,00 p/ pessoa.

-Tirolesa mirim c/ 3 saltos: Preço: R$ 18,00 p/ pessoa.

-Muro de escalada: 3 escaladas com sete metros de altura onde são exercitadas técnicas básicas de alpinismo. Preço: R$ 12,00 p/ pessoa.

* Valores de  10/2010

 

Turismo

Turismo de Aventura

Escalada

Escalada

Além de todas estas opções, você pode contratar os monitores do Corpo de Guias para passeios a pé ou de bicicleta pelas montanhas e matas da região. Ou então para fazer rapel ou escalar a Pedra do Baú.

 

ARTE, LAZER E ENTRETENIMENTO

1. Vela Artesanal: R$ 1,00 cada

2. Ateliers de arte: Torno de oleiro, modelagem em argila, pintura em madeira, papel etc. As atividades artísticas são orientadas por monitoras e o visitante pode exercitar sua criatividade, levando como lembrança os trabalhos realizados.

3. Trilhas, caminhadas e cachoeiras: oferecem a possibilidade do visitante se integrar às florestas tropicais de altitude características da região e raras no Brasil. Árvores como a araucária, o pinho-bravo, plantas como a samambaia-açu (espécie ameaçada de extinção), animais como a paca e o mono-carvoeiro (também ameaçados de extinção) podem ser apreciados.

Arte

Arte

Espaço Cultural

Espaço Cultural

 

ENTRETENIMENTO:

Cama elástica: onde as crianças exercitam equilíbrio, coordenação motora etc. (10 minutos por criança) R$ 8,00.

Passeios a cavalo: com acompanhante por variadas trilhas da fazenda. Preços: 15 min. R$ 15,00 | 30 min. R$ 20,00 | 60 min. R$ 30,00

Bicicletas: Há bicicletas para adultos e crianças. Preço p/meia-hora bicicleta simples: R$ 10,00 p/pessoa | Mountain bike: R$ 15,00 | Bicicleta infantil R$ 9,00 (por pessoa)

Arco e flecha: bateria de 12 flechas, orientada por monitor especializado. O cliente exercita atenção, coordenação e postura. Preço: R$ 11,00 por bateria

Combinados: Tirolesa dupla+ Arvorismo 18: R$ 68,00

* valorer de 10/2010

 

Cavalos

Cavalos

 

POUSADA

Construída em madeira da região e rodeada por um bosque de pinheiros, a pousada do Eco parque dispõe de: 6 suítes aconchegantes e românticas para 2 pessoas (possibilidade de cama extra e berço), TV, lareira, frigobar, aquecedores de ambiente e de toalhas no banheiro. Todas com varanda e vista para o lago Manitú.

1 chalé para até 4 pessoas, 2 varandas com vista para o lago Manitú, lareira na sala e no quarto, banheira, aquecedores de ambiente e de toalhas, TV por assinatura e cozinha.

 

Chalés

Chalés

Diária suítes (incluso café da manhã): 
Baixa estação: R$ 208,00 para 2 pessoas.
Alta estação: R$ 266,00 para 2 pessoas.
Obs: nos dois casos, adicional de 30% para cama extra.

 
Diária Chalé (incluso café da manhã):
Baixa estação: R$ 400,00 para até 4 pessoas.
Alta estação: R$ 440,00 para até 4 pessoas.

* valores de 10/2010

 

Suíte

Suíte

Supite

Suíte

Suíte

Suíte

Chalés

Chalés

 

Cuidados: Por ser uma área rural com matas e florestas, recomenda-seo uso de  roupas esportivas e protetor solar para a pele. Apesar do clima ameno, o sol pode ser forte.

Segue algumas fotos dos lagos para a pesca das trutas e estrutura do eco parque.

 

Pesca na Montanha

Pesca na Montanha

 

Eco Parque

Eco Parque

 

Lago

Lago

Lago

Lago

 

 

PESCARIA  -  TRUTAS

É fornecido como cortesia para o hóspede/visitante as varas de bambu, iscas e samburá.

Equipamento:

Para esta pescaria utilizei um conjuntinho Ultra-Light, com linha 0,20mm e algumas iscas artificiais em destaque. Montei outro conjunto com bóia e utilizei como isca, a própria isca artificial. Utilizei este sistema, em outras oportunidades e obtive sucesso, pois algumas vezes, não conseguia um arremesso longo.

Equipamentos

Equipamentos

 

Outra opção seria utilizar uma vara de bambu tradicional. Caso o visitante não tenha nenhum equipamento, ou por ventura tenha esquecido o seu material, o pesqueiro oferece como cortesia, uma vara de bambu durante a pescaria.

 

Isca:

Eu utilizei iscas artificiais, por vários motivos:

- Na maioria das vezes sempre utilizo o sistema tradicional (bóia, chumbada);
- Por se tratar de uma pescaria “rápida”;
- E para testar o grau de produtividade das iscas, pois a maioria ainda não tinha utilizado, exceto os spinners.

 

Iscas

Iscas

 

Massinha: o pesqueiro fornece gratuitamente, muito produtiva por sinal.

Todas funcionaram muito bem, e sem falar na falta de experiência de que tenho em trabalhar as iscas.

Na maioria das vezes, pegava na batida da isca na água. Utilizei iscas de superfície, pois o legal é ver o ataque do peixe na superfície. E algumas vezes o peixe acaba escapando com maior facilidade, em virtude da quantidade de peixes e por que as trutas são vorazes.

 

Lagos:

O pesqueiro possui três lagos com diferentes níveis de dificuldade.

Logo na entrada, à esquerda temos dois lagos, com nível de dificuldades diferentes: fácil e médio. Já o lago principal, podemos destacar como nível alto de dificuldade.

Comecei pescando nos lagos menores, em virtude alta produtividade (10 peixes a cada 20 minutos), fui me aventurar no lago principal. Resultado, nenhum peixe,  risos. Creio que devido ao tamanho do lago, claro, rsss.

É possível a prática do Fly, e esta é a modalidade que mais se adequa a pesca das trutas.

 

Lago

Lago

Lago para Pesca

Lago para Pesca

Pesca

Plataforma para Pesca

Pesca

Lago para Pesca

 

Curiosidade:

Roda da água: logo pela manhã, as trutas ficam próximas a roda da água, talvez seja devido à correnteza
que se forma próximo deste local. Vale lembrar que o pescador que estava praticando o Fly, fisgou várias trutas neste local.

Ponte: Há uma ponte entre os dois lagos pequenos, e neste, é onde as trutas ficam a espreita. Fisguei uma truta de 1 kg aproximadamente, a maior é lógico, rsss. Pena que escapou, mas era linda.

Trutário: é possível visitar.

TRUTÁRIO

A criação de trutas, com capacidade de 1 tonelada/mês, conta com uma ampla infra estrutura de tanques circulares e auto-limpantes. Toda a produção é absorvida pelos lagos de pesca e pelo restaurante.  Solicite uma visita monitorada à criação. O técnico em piscicultura explica a origem da truta, suas principais características, aspectos históricos sobre a introdução deste peixe na região, etc.

Trutário

Trutário

Trutário

Trutário

Trutário

Trutário

Trutas

Trutas

Truta

Truta e Truta Albina

 
- É Possível soltar os peixes?

Caros leitores este é um assunto que traz muita discussão, polêmica e este não é o objetivo desta matéria.

Todos nós sabemos da importância do diálogo, e acredito que através dele podemos chegar a um bom entendimento. Não podemos deixar de divulgarmos por exemplo, o dano que traz à boca do peixe, quando é  utilizado certos de tipos de alicates.

Quando vamos a um pesqueiro, temos que seguir as regras determinadas pela direção do mesmo.

Vale frisar que não estamos visando lucro algum na divulgação desta matéria. Abaixo descrevemos as regras deste pesqueiro.

 

Regras/Normas estipulados pelo EcoParque

Atenção: É proibido devolver a truta ao lago na pesca com vara de bambu ou vara de carretilha. Por ser uma espécie muito sensível, a truta não sobrevive após ser fisgada.

Pesca de truta no sistema fly: esta sofisticada modalidade é a única que permite a pesca no sistema “catch & release” (pesque e solte).

SE VOCÊ TROUXER O EQUIPAMENTO ADEQUADO DE FLY, pode pescar a vontade e só levar os peixes que desejar.

Pesca de truta: é fornecido como cortesia vara de bambu, isca e samburá. Depois de pescados, os peixes são pesados, limpos e embalados no gelo.

Taxa de pesca no sistema fly: R$ 30,00 p/dia.
Preço por quilo levado: R$ 22,00.

* valores de 10/2010

 

A PESCARIA:

 
O fly ainda não é muito popular no Brasil, é pouco divulgado e pode ser visto como um esporte elitista.

Costuma-se dizer que se trata de uma pescaria cara, mas tem centenas de adeptos e funciona bem para quase todas as espécies de peixes predadores, de águas doces e salgados.

 

Pesca com Mosca

Pesca com FLY

Truta

Truta

Truta

Truta

 

Na pesca tradicional, o conjunto isca + chumbada leva a linha, nesta modalidade a isca é levada pela linha. Normalmente é praticado em lugares paradisíacos. Como na Patagônia chilena, para onde rumam pescadores de truta do mundo inteiro. O nosso destino foi o Pesqueiro Pesca na Montanha, com um cenário belíssimo, as imagens dizem mais que mil palavras. São nesses ambientes de intenso romantismo que quem pesca, tem o hábito de vestir-se de artesão.

 

Truta

Truta

Truta

Truta

Truta

Truta

Truta

Truta

Truta

Truta

O interessante da pesca com moscas é a leveza do equipamento, dos movimentos e a interação existente entre o pescador e a natureza. Ao observar ao seu redor, ele pode descobrir a isca da sua pescaria. A graça é imitar o que o peixe está comendo naquele dia ou momento – peixinho, besouro, formiga, pupa, caranguejo, camarão. Como a isca não tem cheiro, o pescador deve fazê-la nadar rápido ou lento, pular, subir, descer, brilhar, pulsar e uma infinidade de outros artifícios.

 

truta

Truta

Truta

Truta - Reinaldo

Truta

Truta - Reinaldo

truta

Truta

Truta

Truta

 

 

CURIOSIDADE SOBRE A TRUTA

Origem dos Estados Unidos introduzida no Brasil em 1949.
A Truta demora de 10 a 12 meses para chegar ao peso de 300g, devido ao seu baixo metabolismo.
A Truta precisa de muita oxigenação e água corrente.
A Truta só vive em águas sem poluição e abaixo de 20 ºC.
A Truta é rica em Omega 3, que combate o colesterol.

Gostaria de agradecer ao Gerente de Marketing, pelo excelente almoço cordialmente oferecido.

Não podemos deixar de destacar à disposição dos funcionários em nos ajudar no que for necessário. Podemos contar o tempo todo, com o pessoal de apoio ao redor dos lagos.

Além da beleza do local, a organização do local não passa despercebida, tendo em vista o tamanho do local e as inúmeras atividades oferecidas aos freqüentadores.

Não posso também de agradecer ao Marcus, ao Carlinhos e os funcionários que colaboraram, aos amigos que participaram desta pescaria neste feriado.

Abraços a todos do Pesqueiro Pesca na Montanha e até a próxima

Reinaldo

 

AGRADECIMENTOS

Pesqueiro Pesca na Montanha
Site: http://www.pescanamontanha.com.br
E-mail: ecoparque@pescanamontanha.com.br

São Bento do Sapucaí – SP
Rodovia Benedicto Gomes de Souza KM. 14,3
Bairro Campista – São Bento do Sapucaí
CEP – 12490-000

Acesso por Campos do Jordão
Estrada da Campista (Vila Jaguaribe), KM 18
Tel.: (12) 9716-5017 (11) 3815-9699

.

.

.

.

.


Gostaria de receber as matérias por e-mail? Cadastre-se aqui!

8 Comentários

  1. Tiago em novembro 9th, 2010

    Tuco

    Legal e produtiva a pescaria, a região realmente impressiona, conheço bem! Mas o bom do Pesca na Montanha é pescar com fly senão $$$… se pescar o dia inteiro deixamos fácil, uns mil reais de truta no congelador rsrsr o que é bom… Omega 3 e Brahma combinam muito!

    Boa pescaria a todos!
    Abraços
    Tiago

  2. Hugo Pietri em novembro 10th, 2010

    belíssima materia!!!

    abraço

    Hugo Pietri

  3. Robson em novembro 10th, 2010

    Reinaldo, parabéns pela matéria. Fiquei impressionado com a riquesa de detalhes, o que me deixou morrendo de vontade de conhecer o local.

    Bem vindo ao Fishingtur!

    Robson

  4. Adler em novembro 10th, 2010

    otimo lugar para se passar com familia e amigos.

    Tuco parabens pela forma em que vc nos apresentou este pesqueiro.

    Abraço.

  5. Reinaldo (Tuco) em novembro 11th, 2010

    Tiago, já estou providenciando um material de fly rsrs. Legal, saber que a matéria agradou à todos.

    A pescaria em si, é rápida, mas de qualquer forma procuramos trazer o máximo de detalhes possível à todos. O Eco parque é show de bola, sem falar nas inúmeras opções que oferece aos frequentadores.

    Parabéns, a equipe do Márcio pelo enquadramento da matéria.

    Na maioria das vezes saímos cedo, o que acaba complicando para a esposa/filhos irem também. E na maioria dos pesqueiros, não tem muita opção e nem todos tem a mesma paciência que os pescadores. Na maioria das vezes ficamos o tempo todo no lago.

    Sem dúvida, ótimo lugar para se passar com familia e amigos. Recomendo com certeza.

    Ah! esta semana, tem inúmeras matérias. Vamos conferir.

    Tiago, Hugo, Robson, Adler e à todos…Valeu

    Boa pescaria a todos!
    Abraços, Tuco

  6. Alex em outubro 6th, 2011

    Já pesquei lá e fiquei impressionado com a água: muito límpida e clara. Conseguia ver o ataque das trutas nas minhas artificiais, mesmo não sendo na superfície, o que é muito emocionante.
    Mas não deu para pescar por muito tempo, porque não tenho equipamento de fly e obrigatoriamente tinha de levar os peixes.
    Mesmo no lago maior, que dizem ser de nível mais difícil do que os outros lagos do local, é muito fácil pegar peixe, pois eles estão lá em abundância. Por isso, preparem o bolso se não tiverem fly, porque a tentação de continuar pescando é grande.

  7. Édio em maio 11th, 2012

    Boa matéria…
    Fui pescar truta no Vale das Trutas em são José dos Ausentes, aqui no Rio Grande do Sul e foi muito bom. Chegam a 3k mas consegui apenas de 700gr. As grandes nem sempre dão as caras.

  8. Reinaldo em dezembro 13th, 2012

    Caramba como o tempo passa, eu fui lá em 2010. E ao navegar pelo site, depois de tanto tempo, o pessoal ainda lê as matérias, comentam. Isso mostra a evidência do site, isso é fishingtur. Então Édio, a média era de 300 gr. É uma média de peso, pois as pessoas q leva os peixes, gostam deste tamanho. Sim, eu vi umas enormes, até perdi uma grande e não é história não. Ai no Sul, deve ser um lugar muito bom de peixe, vejo pelos programas. Fico imaginando a pescaria no Chile..Abraços a todos..


Fatal error: Call to undefined function show_subscription_checkbox() in /home/storage/b/dc/e9/fishingtur/public_html/wp-content/themes/ad-clerum-10/comments.php on line 101
xxxx