Reportagens

FishingTur

Olha aí

Interativos

Anúncios



Iscas artificiais em pesqueiros parte 2 – Escolhendo o equipamento

Olá pessoal!

Depois da primeira série introdutória sobre iscas artificiais, vamos partir para a parte primordial da pescaria: Escolha e montagem do equipamento!

História:

Tenho recebido alguns e-mails perguntando qual a melhor isca, melhor vara, se a carretilha é melhor que molinete, etc… Vou tentar passar um pouco da minha experiência para vocês e espero que faça bom uso na escolha do seu equipamento.

Minhas primeiras “pinchadas” [termo técnico usado para arremesso de isca artificial] foram com molinete. Particularmente não me sentia confortável, pelo fato de não conseguir controlar facilmente a parada da distribuição da linha e por várias vezes acabava enroscando a isca nos matos ou no barranco.

Decidi então mudar para carretilha. Comprei uma Brisas 3000 da Mariner Sports e uma Vara Mega Force MFB531 da Daiwa. Apanhei muito no começo com as cabeleiras formadas e com o tempo gasto desenroscando a linha (se você ainda não sabe ou não viu uma cabeleira, vai rir quando fizer uma J) .

Familiarizado com o equipamento, nunca mais pesquei de molinete. Fico fascinado com o controle que tenho dos arremessos e da precisão dos mesmos; com o polegar é possível controlar a parada exata da sua isca.

Linhas:

Use linhas compatíveis com a vara e a carretilha. Veja a especificação do produto que está comprando. Normalmente na pesca de pesqueiros, usamos iscas pequenas e leves, portanto, uma linha 0,40mm em uma carretilha de perfil baixo, não permitirá arremessos longos.

Se você nunca ouviu falar de linha multifilamento, experimente usá-las no lugar das linhas de monofilamento (nylon) e eu vou explicar o motivo:

- As linhas de multifilamento são mais finas, mais resistentes à tração e não são elásticas.

Isso significa que você poderá colocar mais linha na sua carretilha, arremessar mais longe e não sofrerá o efeito de estilingue das linhas monofilamento.

Você deve estar se perguntando que raios é o efeito estilingue?! Simples: Amarre um pedaço de monofilamento em algum canto e puxe. Você verá que ela estica um bocado!

Agora imagine o cenário de sua isca enroscada, você puxar, a linha esticar e a isca desenroscar: ela voltará igualzinha uma pedra arremessada com estilingue na sua direção.

Minha primeira multifilamento foi uma Vexter Dyneema 0,18mm. Com o tempo você perceberá que vale a pena investir em uma linha mais cara, mas para começar está de bom tamanho!
Hoje em dia uso a Spyder Wire, que é mais macia e mais forte.


Exemplos de linhas multifilamentos disponíveis no mercado

Varas:

O assunto aqui é extenso, mas minha sugestão é:
Se você não quer gastar muito no começo, compre uma vara Daiwa (megaforce, por exemplo), Mariner Sports (neo carbon) ou do gênero, entre 10 e 20lbs de ação média rápida ou rápida, com tamanho entre 5.5 e 6 pés.

Caso queira um equipamento de primeira, vale a pena conferir as varas da Fleming, Rapala, Intergreen e Shimano.

Para pescar em pesqueiro, levo sempre uma varinha de 5.6 e outra de 6 pés.
Não se esqueça que há muita diferença entra uma vara de carretilha e uma vara de molinete!

Carretilhas:

Aqui há muita confusão. Muita gente vende a idéia de quantos mais rolamentos, melhor!

Na verdade, todo o conjunto faz a diferença: Sistema de controle anticabeleira, antireverso, freio centrífugo, freio magnético, maquinário e acabamento. Pegue uma Shimano Curado e uma Brisas e simplesmente girando a manivela você sentirá a diferença.


Brisas 10000ss e Curadinho – Boas opções de compra

Como já dito no começo da matéria, comecei com uma Brisas 3000 e nem por isso deixei de fisgar meus peixes. A questão é que quanto mais você fica aprimora seu arremesso, mais você exige do equipamento.
Vou categorizar as carretilhas por fabricante e preço de acordo com meu conhecimento e uso:

[Mariner Sports]
Série Brisas – 3000 até 10000ss, Contender GTO

[Daiwa]
Team Daiwa (TD 150 e 152), Viento, Fuego e Zillion

[Shimano]
Calais, Curado e Chronarch


Carretilha Team Daiwa TD150 – Vara Daiwa Megaforce e isca meia água

Iscas:

Hoje devo ter mais de 200 iscas e cada vez que vejo uma novidade acabo comprando. A verdade é que sempre há as matadeiras e aqui vou listar as minhas preferidas.

Sobre cores, tudo depende das características do pesqueiro: tipos de peixes que servem de alimentos para os predadores, cor da água e grau de luminosidade do dia. Gosto muito das prateadas com dorso limão, alaranjadas (que parecem salsicha), azuladas e cor osso.

Meia água:

[Mariner Sports]
Inna 70, Inna 90, Kisu
[Borboleta]
Juanita, Juju e Gorducha
[Rapala]
XRap, Barra Magnum

Superfície e Sub-superfície

[Borboleta]
Twist laranja (com hélice)
Lelé

[KV]
Dr. Spook Jr

Fundo

[NS]
Jumping Jig prata (parecido com lambari)

Snap:

Snaps são componentes importantes, mas que poucas pessoas dão atenção. Trata-se de um grampo de aço que serve basicamente para que você troque de isca artificial sem precisar ficar fazendo nós.

Basta abrir o grampo, colocar ou tirar a isca e sair arremessando.

Costumo usar snaps de 4cms de aço reforçado. São extremamente baratos, portanto, não economize comprando porcarias, se entrar um bitelo, pode abrir facilmente.

Os modelos encontrados são garamatsu, rapala, mariner sports, entre outros.


Snaps – Exemplo de snap aberto para troca de isca artificial

Custos

Para finalizar esta parte da matéria, montei 3 kits para se ter uma idéia por ALTO do investimento em material (preço com base em cotações no mês de outubro/07):

Kit 1 – Básico Funcional

Item Preço
Vara Daiwa MegaForce 531 MFB R$ 70,00
Carretilha Brisas 10000ss Mariner Sports R$ 170,00
Linha Vexter Dyneema – 0,18 – 100mts R$ 34,00
Caixa para guardar iscas artificiais – Pesca Brasil R$ 30,00
Conjunto 20 snaps R$ 15,00
4 iscas artificiais (3 meia água ; 1 superfície) R$ 60,00
  R$ 379,00


Kit 2 – Intermediário

Item Preço
Vara Fleming Apache 3 R$ 160,00
Carretilha Team Daiwa Advantage 150 HST R$ 250,00
Linha Vexter Dyneema – 0,18 – 100mts R$ 34,00
Caixa para guardar iscas artificiais – Pesca Brasil R$ 30,00
Conjunto 20 snaps R$ 15,00
8 iscas artificiais ( 4 meia água ; 2 superfície ; 2 fundo ) R$ 130,00
  R$ 619,00

Kit 3 – Avançado

Item Preço
Vara Rapala Platinum R$ 550,00
Carretilha Shimano Chronarch R$ 1.000,00
Linha Spyder Wire Stealth – 137m R$ 150,00
Caixa para guardar iscas artificiais – Pesca Brasil R$ 30,00
Conjunto 20 snaps R$ 15,00
8 iscas artificiais ( 4 meia água; 2 superfície; 2 fundo ) R$ 130,00
  R$ 1875,00

Há diversos equipamentos disponíveis no mercado. Sua própria experiência e foco de pescaria dirá qual usar.

Caso você ainda tenha dúvidas sobre qual equipamento utilizar, sugiro que você visite uma casa de pesca na região do Ceasa chamada Cia da Pesca*.

O atendimento lá é de primeira e os vendedores são pescadores também, com certeza você saíra de lá com um bom equipamento e com um preço acessível. Existe uma piscina para treino de arremesso e trabalho de isca e tudo pode ser parcelado em até 3x sem juros!


Foto interna – Cia da Pesca – Ceasa

Finalizamos assim a nossa segunda parte da matéria!
Não deixe de nos enviar comentários e sugestões. Estou à disposição no e-mail robson@fishingtur.com.br.
Um abraço e boas pescarias!

Robson Dantas Silva

—————————————————————————–
Cia da Pesca
Av. Gastão Vidigal, 2211 – Vila Leopoldina
11 – 3641 – 2294

http://www.ciadapesca.com

* Cleber ou Ricardo *

Imagens e catálogo de produtos cedidas gentilmente pelo Juninho.

Juninho Pesca Agroju
E-Commerce com grande variedade de equipamentos
http://www.jet.com.com.br/juninhopesca


Gostaria de receber as matérias por e-mail? Cadastre-se aqui!

58 Comentários

  1. Augusto em setembro 9th, 2008

    Cara gostei muito de sua iniciativa me tirou muitas dúvidas seria bom que as pessoas com mais experiencias falassem como vc pois assim teriamos uma expanção deste esporte tão sadio e que faz muito bem pra saúde!!!
    Valeuu mesmo fique com Deus!!!!

  2. Junior Ribeiro em novembro 7th, 2008

    Obrigado pela matéria, já tenho um equipamento básico de carretilha e vara, comprei 2 iscas artificiais de meia agua para estrear amanha num pesqueiro.
    Sempre fiquei pensando, será que dá certo pescar com isca artificial em pesqueiro ?
    Agora tenho a resposta.

    Obrigado

    Junior Ribeiro

  3. alexandre em novembro 19th, 2008

    gostei muito sou iniciante dos iniciantes rsrsr gostei muito das explicaçao tenho molinete e comprei duas iscas artificiais pra traira e ate agora nao peguei nenhuma rssrrs mas sou brasileiro e nao disisto nunca vou pegar nem que seja sem querer rsrsr fica com Deus se vcs poderm me ajudar em dicas vou ficar grato que Jesus abemçoe todos …..

  4. Carlos Magno em dezembro 27th, 2008

    Sou iniciante na pesca da TRAIRA

    Gostaria de saber informações sobre como montar a sequência o equipamento para pesca da TRAÍRA.

    Nós
    Tipo de linha
    anzol
    isca artificial

    e minha maior dúvida se apenas se usa uma linha 0,40 com a isca artificial (frog) algum tipo de chumbada e LEADER?

  5. Rafael em janeiro 20th, 2009

    cara eu prefiro usa molinete uma vara Royal cast S60
    ea isca q eu curto e as da marca yo-zuri

  6. Rafael em janeiro 20th, 2009

    mas gostei das suas dicas!

  7. Rafael em janeiro 20th, 2009

    ahh eu queria saber se o pacu pega na artificial?
    flws

  8. Marcio em janeiro 22nd, 2009

    Fala Rafael! Já peguei pacu com plug de meia água no açude de meu sogro! Todos ficaram de cara… hehehehe.. Mas a campeã nos pinchos é a traíra!

    Utilizei recolhimento de lento pra moderado, e o dia tava bem quente.

    Abraço!

  9. Ariel em fevereiro 12th, 2009

    gostaria de saber algumas iscas artificiais para matrinxas de pesqueiro!
    abraços

  10. Robson em fevereiro 19th, 2009

    Carlos Magno:

    Vou escrever uma matéria sobre a montagem do equipamento e os nós. Com os frogs, normalmente uso um anzol que tem um chumbinho preso perto do olho. Pra traíra essa isca é matadeira, uma pequena que destrua tão fácil.

    Rafael:

    Pacu pega, mas depende muito da época e do pesqueiro. Tive sucesso com jumping jigs prateados, parecendo tilapinhas e algumas vezes com colheres ou até spinners.

    Ariel:

    Iscas de meia água e jumping jigs são as que mais deram resultado pra mim na pescaria de matrinxãs com isca artificial em pesqueiro.

    abs

    Robson

  11. Valmor em março 15th, 2009

    Robson
    gostei muito desta mátéria e de outras que li..
    muito bom para pessoas como eu que estã começando na arte da pesca com isca artificial… pesco a mais de 15 anos em pesqueiros (tilapia, pacú) e agora estou comprando meu primeiros materiais (carretilha, iscas artificiais).
    Tenho uma grade dúvida de como montar um lider (tamanho, diametro, nó, etc..)
    Gostaria de ver uma matéria aqui sobre este assunto se possível com ilustrações… muito obrigado

  12. admin em março 16th, 2009

    Olá Valmor !

    Vou providenciar uma matéria sobre o assunto.

    abs

    -Robson

  13. Marcio em março 16th, 2009

    Bom dia a todos… Tive muito sucesso com uma isca de meia água, cor firetiger na captura de grandes tilápias num pesqueiro de Itu. Quanto mais peixes eu pego nos pinchos, mais fã das artificiais eu fico…

  14. admin em março 16th, 2009

    Meus parabéns.

    Se puder, poste o fabricante e modelo para a galera.

    abs,

    -Robson

  15. gilson em março 24th, 2009

    boa a matéria , espero por mais dicas , e como trabalhar a isca artificial em pesqueiros.

    Obrigado

    Gilson

  16. Marcio em março 27th, 2009

    Então, na verdade foi com uma Deep Crank, de uma marca desconhecida chamada Hawg Star… Comprei duas pelo Mercado Livre, e nunca mais achei para comprar. Elas possuem um rattling muito bom, as vezes da pra ouvir de fora d’agua…

    Segue uma foto:

    http://img403.imageshack.us/img403/4710/dsc02151small.jpg

  17. roberto marcelino em abril 15th, 2009

    agradeço a orientação dada ,egostaria de estar sempre recebendo email com noticias e dicas,abraço

  18. admin em abril 15th, 2009

    Olá Roberto !

    Cadastre seu email na página http://www.fishingtur.com.br/cadastro.php

    Semanalmente enviamos conteúdo para os amigos pescadores.

    abs

  19. Tony Correia em abril 27th, 2009

    Olá amigo,
    bom dia…
    Primeiramente gostaria de lhe parabenizar pelas esplicações colocadas e pela forma clara de passar informações importantes para quem está começando a dar seus primeiros arremessos. Sou bastante ”amador” no que se relaciona a pesca, ganhei de presente uma vara de pescar SHIMANO TC II 350 FR / .3.50M / .C.W. 80/150g e um MOLINETE XT 4000 e gostaria de informações de como começar pra não dar muitos tropeços, talvez esteja com um equipamento não adequado para iniciantes e meu receio é de que não fique frustrado e abandone precocimente esta atividade que atrai muitos adimiradores BRASIL a fora…

    Grato pela atenção,

    Tony Correia
    71 8878-4558 – caactony@yahoo.com.br

  20. lucas em abril 28th, 2009

    Quanto aos snap ou grampos indico aqueles que vem com o grampo e girador juntos. Ja sobre a linha procurem uma com pouca memoria, fortes e finas. Varas e arremeços fica a escolha da pessoa mas ela tem que ser dura suficiente para a fiscada e mole suficiente para um movimento mais suave da isca. As iscas de fundo, meia-água e as de superficie qual delas é a otima escolha para dourados e pintados.

  21. seiji em junho 7th, 2009

    gostaria de saber sobre iscas artificiais p dourados de rio!

  22. seiji em junho 7th, 2009

    tb iscas p piraputangas de rio!

  23. Alécio em junho 17th, 2009

    Caro amigo, fantástico este tópico, só tenho a lamentar por você não escrever mais…rs…

    Muito bom mesmo, excelente coesão e conteúdo.

    Os valores da sua tabelinha de qeuipamentos estão bem interessantes, mas já devem estar desatualizados né….

    Abraço e continue alocando conteúdo

  24. matheus mauricio em setembro 5th, 2009

    eu tenho uma isca igual a da primeira foto

  25. Hermes José Strehl em outubro 6th, 2009

    Eu que andava pescando pelas veredas do Google e outros “rios” para achar alguma informação satisfatória para tirar minhas dúvidas em relação os melhores e práticos equipamentos de pesca, encontrei “Escolhendo o equipamento – parte 2”.
    O assunto e a maneira simples, e poderia dizer, honesto e sugestivo, foi bastante esclarecedor e útil.
    Acabaram-se as dúvidas e, agora vou à prática. Testarei o aprendizado nos tucunarés do Amazonas.

  26. mikael em janeiro 9th, 2010

    como fezer pescarias de peixes de denticao fortes sem usar o empate de aco

  27. admin em janeiro 9th, 2010

    Mikael,

    Usa líder de fluor carbono. Alguns peixes ainda conseguem cortar, mas ajuda muito.

  28. Lucca em janeiro 30th, 2010

    gostaria de saber um pouco mais sobre a pesca de piranhas com iscas artificiais, como por exemplo se devo usar uma isca de meia agua ou uma de superficie etc.

    Obrigado

  29. Toni Racilan em junho 13th, 2010

    Ola, suas explicaçoes sao muito claras, conheci o site hoje e ja virei fã, nao arredo mais o pe daqui…gostaria que me ajudasse a excolher o equipamento, pois quero entrar para o mundo da carretilha..rsrs.. ganhei uma abu garcia 7.000, mas ela é para pesca pesada estou querendo comprar um equipamento mais leve, para pegar tambacu e pacu em pesqueiros,e estou começando a pecar tucunares em represa com iscas artificiais, minha primeira duvida é sobre qual carretilha usar, qual dessas posso comprar para começar? Abu Garcia Ambassadeur Black Max; Marine Sports Brisa GTO 10000; MARINE SPORTS TITAN EV10000; Yume Water’s 10000 SS; Braspon® Maxima; Fleming Calipso SF? qual dessas tirarei mais proveito, agradeço desde ja. Um grande Abraço e parabens pelo site.

  30. felipe em junho 14th, 2010

    Olá Toni!

    Acredito que para esse tipo de pesca, a carretilha que vc irá tirar mais proveito é a Brisa 10.000 GTO. É uma carretilha com um preço bom, ótimo arremesso, boa resistência e fácil de aprender a usar.

    Abrs

  31. Mauro Barbieri – 9973 9696 em junho 15th, 2010

    Concordo com o Felipe amigo Toni.

    Após 10 anos utilizando uma
    Titan 6000 Marine Sports que fazia muitos pescadores de “talento” e outros nem com tanto talento assim mais “abonados” dei de presente pra mim mesmo um novo conjunto.

    Após muita peskisa de custo/benefício fui pelo preço e dkiri os seguintes conjuntos:

    _________________________________________

    Vara Shimano – Convergence (2007)
    8 a 15 Libras – 1,70mt – Cabo de Curtiça

    Carretilha Marine Sports (2010)
    1ª – Brisa GTO 10000

    Linha Ekilon – Carbon Master XT (2010)
    0,37mm – 11 a 25 Kilos – 250 metors

    Eu uso para peske-pague, rios leves e lagos.
    Peixes de briga como trairinhas, tucunarés, matrinxãs, cachorras e biicudas.

    _________________________________________

    Vara Braspon – Avocet (2008)
    15 a 30 Libras – 1,80mt – Cabo de Curtiça

    Carretilha Marine Sports (2010)
    2ª – Brisa GTO 10000

    Linha Ekilon – Carbon Master XT (2010)
    0,43mm – 15 a 34 Kilos – 250 metors

    Eu uso para peske-pague, rios rápidos e
    mega lagos. Peixes de briga como tucunarés, cachorras ou pesadinhos de fundo.

    _________________________________________

    Vara Sumax – Sahara FSH 701C (2010)
    30 a 40 Libras – 2,10mt – Cabo de Curtiça

    Carretilha Marine Sports (2010)
    3ª Pacífica 400

    Linha Ekilon – Asso Super (2010)
    0,50mm – 25 Kilos – 300 metors

    Eu uso para rios pesados ou rápidos.
    Peixes de briga pesada como pintados e grandes tambaquis.

    _________________________________________

    Tenho muita experiência no Centro-Oeste,
    Rio Araguaia, Rio das Mortes e Lago de Serra da Mesa.

    Chamo o equipamento acima de:
    Ekipamento de entrada, abaixo disso eu considero
    Ekipamento de principiante, de aprendizado,
    acima disso eu chamo de bom ekipamento, risos,
    quando eu tiver dinheiro eu vou ter um, gargalhadas!

    Sobre as linhas Ekilon, não sou nem vendedor nem representande delas, ao inv´s de ter akele monte de linhas q me deixavam em dúvida, resolvi testar uma gama da mesma família, gostei. Lembrando q voltei pra Mono e larguei a Multi pq meu dinheiro é muito suado.

    Agora eu não abro mão mesmo é dos cabos de CURTIÇA, além de mais bonitos, gostosos e seguros,
    são mais higiênicos com massas e não endurecem ou apodrecem como os de espuma.

    Peskise o preço de tudo na internet, depois vá ao maior número de lojas possível e depois tente comprar tudo em uma loja só, vc irá economizar uns 25% reais e ainda levará todas as miudezas teoricamente de graça.

    ESPERO TER AJUDADO!

  32. Toni Racilan em junho 15th, 2010

    felipe, valeu pela dica.

    Obrigado

  33. Toni Racilan em junho 16th, 2010

    Caro Mauro,
    valeu, voce e o Felipe me tiraram a duvida, agora sei qual equipamento usarei para bucar meus tucunas…rsrsrs, vou ver se consigo testar este final de semana em um pesqueiro, se der certo postarei as fotos… um grande abraço a todos, e boas pescas.

  34. Thiago em agosto 5th, 2010

    TRAIRAS: Olá gente venho aqui para falar com vcs, que a pesca de traíra na artificial é facil… a unica coisa dificil é de pegar um grande exemplar…

    Começei a pescar no inicio desse ano… possome considerar crak já…

    A isca que me deu mais resultados foi: Inna 70 da marinesports… as cores que tenho é red head(cabeça vermelha e corpo branco) e a outra é marronzinha…

    COMO TRABALHA-LAS: só recolher, mas bem divagar( rode a manivela do molinete ou carretilha contando o segundo… um… dois… e nunca para de rodar) / Ou pode rodar rapidinho e dar uma parada RAPIDA pois a traíra pode parar de seguir a isca…

    Outra maneira é dando varios toques rapidos e recolhendo devagar!

    IPORTANTE SABER: a traira é um peixe lerdo…

    Dicas para pescar: rume a isca no péda água(encontro de terra com a agua),ou seja ,na beirada…OBS: fique um pouco distante do lugar escolhido para rumar a isca…

  35. Mauro Barbieri em agosto 5th, 2010

    Gostei dessa dica do Tiago, Inna 70 da MarineSports.

    Vou dar minha dica de Trairinha:

    Sabe akele laguinho preto, meio sujo da natureza no pé do Buritizal?

    Poiá é, pegue uma varinha qualker, serve até cabo de vasoura, coloke de 1mt a 1,60mt de linha, anzol de 1cm a quase 3cm, se for na cidade coloke meia rodela de salsicha, se for na mata coloke um pedacinho de file de qualker peixe do tamanho da metade de 1 chiclete comum, bata a isca na água e deixe afundar uns 20cm. Se tiver traíra, virá uma atrás da outra, vc irá pegar umas 20 em 20 minutos. Mas não eskece, leve só o q vc vai fritar no dia, pq quando elas são jovens meu caro amigo Tiago, o q elas não são, são lerdas. E quando bebês, são pragas. Nem sei d ond sai tanta Trairinha.

    Essa foi a minha dica.

  36. Thiago em agosto 5th, 2010

    Humm… é por que onde peso mauro o lugar é grande entendeu… e depois que aprendi pescar com artificial não paro mais… é muito emocionamente…mas valeu pela dica…

    abração

  37. Marcio em agosto 6th, 2010

    Realmente Thiago… Hoje em todo pesqueiro que vou, só fico no baitcast, e nunca voltei dedão! Artificiais viciam meu amigo.. hehehe

    Prefiro voltar dedão pescando no bait que pegar 100 linguiçando… A emoção e adrenalina não tem comparação!

    Abraços!

  38. Marcio em agosto 6th, 2010

    Aproveitando, acho q o pessoal do site deveria em suas matérias de pesqueiros dedicar parte do tempo no bait, pois assim as matérias agradariam tanto os linguiceiros quanto os “baitcasters”… Abraços!

  39. Mauro Barbieri em agosto 6th, 2010

    Graaaaaaaaaade Tiago! Ainda não consegui tirar Traírão com isca artificial, mas ainda chego lá!!!

    Sobre as Traírinhas acima, pegue umas 10, abra, limpe-a, corte as espinhas cruzadas, coloke limão nas espinhas quebradas e deixe por mais de uma hora, se kiser, lave-as e tempere com limão novamente e tempero a gosto, frite-á em óleo bem kente, o sabor é show de bola.

    Abraços a todos.

  40. Jorge Ailton em agosto 31st, 2010

    Bom dia galera!!!

    a 3 anos comprei minha primeira carretilha, uma Brisa 3000 da Mariner sports, junto com uma vara Evolution de 20 libras, cabo curtiço bem leve, 2 partes, que um amigo distraido pisou e quebrou.

    Agora estou querendo montar um outro Kit com uma Carretilha da Marine Sports Brisa GTO 10000, e gostaria de uma ajuda de vcs quanto a escolha da vara com 2 partes (fica fácil para o transporte), pois é para pinchadas com artificiais, então não pode ser muito pesada.

    Aceito dicas de Kits, e local para compra pela internet, pois moro no RJ e aqui não tem miutas opções de compra.

    Irei a Canavieiras agora em setembro e tentarei pegar alguns robalos, caranhas e tucunarés, aceito também dicas de iscas artificiais matadoras ok.

    Grande abraço a todos do tópico que sem dúvidas é nota 10!

  41. Mauro Barbieri em agosto 31st, 2010

    Jorge Ailton

    Vc leu a minha postagem aki?

    Mauro Barbieri – 9973 9696 em junho 15th, 2010

    Lá dá uma dika boa de equipamentos, inclusive com o q vai fazer com ela.

    Sobre varas, vc já encontra coisa muito boa no mercado entre R$70,00 a R$140,00.

    Varas Braspon, Marine Sport, Daiwa e Fleming estnao muito compatíveis, muda preço pelo acabamento.

    Utilizo Brisa GTO 1000, mas lembre-se, quem trás o peixe é a vara, não a carretilha, ao trazer o peixe pro barco ou barranco, afroxe a linha e tb dê a mesma quantidade de linha pelo tamanho da vara, se nnao vc estraga o eixo da sua GTO ou coloca-rá em risco a ponta da vara.

    Espero ter ajudado.

    dr.maurobarbieri@uol.com.br

  42. Mauro Barbieri em agosto 31st, 2010

    Se vc tem dúvida com varas, compre-as pessoalmente, qualker problema, ela é conservada ou trocada. Agora se vc tem certeza do que vai comprar, “tipo vc viu na loja, elegeu que será essa”, mas vc viu na internet mais barato, aí sim vc compra pela internet, mas dê preferência por sites oficiais grandes e populares, nem tudo no Mercado Livre são flores. Mas se for pelo Mercado Livre, compre somente de quem tiver 100% de qualificações.

  43. Jorge Ailton em setembro 1st, 2010

    Bom dia! Mauro,

    o que stá acontecendo é que quando encontro uma vara compatível, ela não tem 2 partes e aqui no RJ não são muitas as opções de lojas, para vc ter uma idéia no último sábado fui ao camelódromo no Centro da cidade e só tinha 3 barracas de pesca, inclusive uma delas é o Cantinho do Pescador que é muito famosa e também não encontrei, depois fui a uma loja que todos aqui conhecem chama-se Mercadinho do Papai, só que tinha pouquíssimas opções, tá feia a coisa!!!
    Outra coisa, os preços dos equipamentos aqui são bem mais salgados, por isso resolvi entrar no tópico. Em relação a carretilha, quando tive a oportunidade de ir ao Pantanal a 2 anos atrás, a minha Brisa 3000 fez bonito e consegui pegar Dourados de respeito.
    Valeu pela ajuda e qualquer dica será bem vinda.

    Grande abraço

  44. Mauro Barbieri em setembro 1st, 2010

    Que azar em Jorge Ailton!!!

    Estou em Goiânia,Goiás, aki tem loja em toda parte, lojas oficiais, nos camelódromos, nas casas de isca, risos, e até em algumas lojas de produtos “chineses”… Por aki, varas sem nome, com nome ou de renome vc encontra interiça e em duas partes, a maioria em vibra de vidro, mas eu prefiro as de carbono ou grafite, acho mais leves, tem mais cara de vara de pesça do que de vara de gancho, risos!!! Estude um pouco aki no site a sessão de VARAS, depois veja em Sugoi Big Fish, Martinelli e Mercado Livre. Mercado Livre vá a localidades e acesse Rio de Janeiro, talvez a pessoa entregue na sua mão.

    Mauro Barbieri – dr.maurobarbieri@uol.com.br

  45. Jorge Ailton em setembro 1st, 2010

    Mauro,
    pode acreditar, eu estava para ir conhecer Serra da Mesa, inclusive já tinha ligado para 2 pousadas, uma delas passou o telefone da pessoa que faria o traslado de Brasília até a pousada,
    desisti em cima da hora pois a minha esposa ficou preocupada com o tempo muito seco que está fazendo na região, então escolhi Canavieiras – BA, pois já estive lá e sei que é um ótimo local para pesca em rios e mar.
    Quanto as varas também prefiro as de Carbono ou grafite. Tenho percebido que o pessoal de uma forma geral não gosta da vara com 2 partes, dizem que perde muito nos arremessos.

    Mais uma vez valeu pelas dicas.

    Abraço

  46. Mauro Barbieri em setembro 2nd, 2010

    Carp companheiro de pesca Jorge Ailton, sua esposa não está errada sobre a umidade do ar, mas quem não tem cão caça com Serra da Mesa!!!

    Brincadeira, aki tá uma secura, mas pode vir pra prousada de boa, pois vc estará no terceiro maior lago do mundo, quase 400km de comprimento, ou seja, na beira do lago vc não ira sofrer a tnao temida umidade do Centro-Oeste.

    Abraços e Boa Viagem

    Ah! Sobre vara em duas partes, se eu pudesse todas as minhas seriam, transportar uma vara de 2,10mt, 40 libras, ultra leve, dá um medo danado, basta um pé dum menino ou uma cerveja a mais na cabeça do cunhado e lá se vai umas vara de R$200,00. Risos

  47. Jorge Ailton em setembro 6th, 2010

    Bom dia! Mauro,

    como já fechei as passagens e a pousada em Canavieiras – BA, na próxima vez com certeza irei conhecer Serra da Mesa, então entrarei em contato para obter algumas dicas com vc ok!

    Grande abraço!

  48. Enio Arantes em setembro 6th, 2010

    Gostei muito dos artigos, inclusive vou experimentar algumas iscas que tenho neste feriado, porém gostaria de saber mais sobre o chicote, que já li em alguns artigos, que é fundamental para a pesca com artificiais, porém não tem muito detalhe de como montar, que tipo de linha utilizar, etc..

    Obrigado.

  49. Marcio em setembro 8th, 2010

    Enio,

    Não precisa de chicote… Vc poderá usar um Snap ou se preferir, amarrar as iscas diretamente na linha principal. Abraço!

  50. Mauro Barbieri em setembro 8th, 2010

    Cari Ebio Arantes,

    eu costumo fazer assim:

    1) minha linha 0,37mm + snap + isca

    2) minha linha 0,37mm + encastor 20cm + snap + isca

    3) minha linha 0,37mm + 2mt de linha 0,43mm + snap + isca

    4) minha linha 0,37mm + 2mt de linha 0,43mm + encastor 15cm + snap + isca

    O chicote se utiliza para paus ou pedras não desgastarem a linha.

    Ou para peixes duble com facilidade.

    Ou para peixes muito pesados, ou fortes, ou rápidos ( explosivos ).

    Em cada situação vc monta um chicote, um líder, pra cada ocasião.

    Espero ter ajudado, acreidto que tenha nesse site informações sobre chicote ou líder, confira.

  51. marcos carrilho em setembro 26th, 2010

    gostaria que vcs fizessem videos sobre pesca com artificial em pesqueiros.

  52. Fauze em dezembro 22nd, 2010

    Ainda n peguei nda na artificial, simplesmente pq nao entendo nda, e na net a gente so ve videos do cara pescando, mas nunka ensinando como pescar, gostei mto da sua materia e importancia com nos pescadores novatos. muito obrigado viu

  53. oney luiz galhera em maio 4th, 2011

    > Amigos,

    > Estou aprendendo muita coisa com as dicas
    > Tenho uma propiedade em rio grande da serra rodeado por 05 lagos onde curto muito com pescarias, com todas estas dicas fiquei muito curioso e vou aventurar em outros pesqueiros.
    > Valeu e estarei sempre ligado e aprendendo.

    > Abçs: Ney

  54. celso fugisawa em junho 1st, 2011

    Adorei as dicas que encontrei aqui…estão de parabéns…ótimo trabalho..

  55. pedro em julho 28th, 2011

    em que cidade fica esta loja cia da pesca

  56. Vinicius em agosto 4th, 2012

    Ola marcio comecei a pescar com isca artificiais a 1 ano e gostaria de saber se o uso de leader é necessario em pesque e pague!?!?!Pois ja perdi iscas com peixes fisgados e depois passei o dedo na ponta da linha e senti un triscado !! Obrigado desde ja !

  57. alessandro em outubro 16th, 2012

    Vinicius não vejo necessidade do uso de leader em pesqueiros não talvez se vc for pescar dourados na artificial um aço sera bom.No mais o leader serve basicamente para duas coisas:
    1ºevitar que durante o trabalho das iscas a garatéia pegue na linha quebrando o trabalho(coisa que no pesqueiro normalmente se há um recolhimento lento)
    2ºPara evitar raspar em estruturas, tais como galhos, troncos dentro d’água que podem prejudicar seu material fazendo com que a linha quebre.
    Espero ter ajudado
    Abraços

  58. Fleuri em março 16th, 2013

    É possivel usar iscas artificiais em pesqueiros?


Fatal error: Call to undefined function show_subscription_checkbox() in /home/storage/b/dc/e9/fishingtur/public_html/wp-content/themes/ad-clerum-10/comments.php on line 101
xxxx