Reportagens

FishingTur

Olha aí

Interativos

Anúncios



Miami Pesca Oceânica – Uma aventura no mar de Natal em busca dos gigantes marinhos

Local: Miami Pesca Oceânica  -  Natal – Rio Grande do Norte
Data: 4 e 5 de maio de 2010

Olá amigos

Em contato com o Sr Cristiano Gentili, proprietário da Miami Pesca Oceânica, fomos convidados para acompanhar uma pescaria que seria feita com dois grandes médicos da cidade, o Dr. Correia e o Dr. Shin.

 

Miami Pesca Oceânica

Miami Pesca Oceânica

Como seria uma novidade para o Fishingtur, arrumamos as malas e partimos com destino a Natal – RN, cerca de 3 horas de avião, onde fomos recepcionados no aeroporto pelo Cristiano que por sinal é muito atencioso. Como chegamos na cidade as 3:30h da madrugada, seguimos direto para o Iate Clube de Natal, onde estava ancorado o barco. Quando chegamos estava muito escuro, então segue uma fotinho da lancha durante o dia para vocês conhecerem. Esta é uma das lanchas da Miami.

 

Lancha Miami

Lancha Miami

A Lancha MIAMI é uma Trawller 57′ com todos os equipamentos necessários para sua segurança e diversão em uma pesca oceânica.

Com três compartimentos, sendo o principal com uma sala de estar, cozinha e área para pesca, o superior com o comando do barco e uma grande área de descanso com uma ótima visão das maravilhas do mar de Natal. E o inferior com camas, banheiro e TV.

 

Cabine

Cabine

Para os amantes náuticos, segue todas as características desta lancha.

Tamanho: 57′ pés, cerca de 17 metros
Motor:  1 Scania DSI 11 480 HP
Velocidade: 11 nós

Rádio VHF / Rádio SSB / GPS Garmin 440C / GPS 182 / Radar Furuno / Sonda FCV 667 / GlobalStar / Geladeira / Fogão / Churrasqueira / Forno Elétrico / Tv 14 / TV 30 / DVD / Home Theater / 8 camas confortáveis / Fly Bridge / Guincho Elétrico / Out Rigger / Dow Rigger / Tanque Diesel de 5.600lts / Tanque de água doce de 2.500lts /  Autonomia de 1.500 milhas náuticas / Sistema MAX SEA carta digital / BWC / Bote Inflável / Balsa Salva-vidas / Coletes / Motor de apoio de 15hp / Inversor 220 volts / Inversor 110 volts.

 

Cabine, Sofás, Tv, Cozinha etc...

Cabine, Sofás, Tv, Cozinha etc...

... Conforto

... Conforto

O capitão e pescador Cristiano Gentili está desde 1999 nos mares do Rio Grande do Norte. Grande campeão de torneios de pesca oceânica, com participações pelo nordeste, Natal, Recife e em Fernando de Noronha, hoje atuando na atividade do turismo e pesca oceânica. Além da pesca, eles também fazem passeios a Fernando de Noronha.

 

Dormitório

Dormitório

Lancha Miami - Minutos antes de partir

Lancha Miami - Minutos antes de partir

Cabine Superior

Cabine Superior

 

A Miami Pesca Oceânica realiza três tipos de pescaria:

1- Pesca de Corrico próximo a costa
Modalidade feita próxima a costa, no máximo a 9 milhas da cidade de Natal, onde todo o material de pesca é fornecido pela Miami. Neste caso, varas e Carretilhas SHIMANO DLT 25 e as iscas (naturais ou artificiais).
Espécies: Serra, Cavala Branca, Dourado, Barracuda entre outras.

2- Pesca de Corrico em Alto Mar
Modalidade praticada na plataforma continental, a 13 milhas da costa, onde também é fornecido o material de pesca: Varas, Carretilhas PENN 50, SHIMANO 25, 50 e 80 e as iscas artificiais e naturais.
Espécies: Dourado, SailFish, Marlim Branco, Marlim Azul, Cavala Wahoo, Albacora de Laje, Peixe Rei entre outros.

3- Pesca vertical
Modalidade praticada no barranco da plataforma continental em profundidade que variam de 80 a 200 metros, chgando a ponto com quase 300mts. Os equipamentos como as Carretilhas Elétricas Daiwa 1000 são fornecidas pelo barco e as iscas artificiais usadas são os Jumping Jigs de até 530 gramas
Espécies: Olho de Boi, Cherne, Badejo, Garoupa, Caranha, Xaréu, Pargo, Guarajuba, Cioba, Dentão, Tubarão, Atum e muito mais.

A PESCARIA

O pacote inclui além de toda a pescaria, equipamentos e algumas iscas, toda a bebida(água, refrigerante e cerveja), almoço que normalmente é uma peixada ao molho de coco e frutas. O pescador deve se preocupar apenas com os Jigs e o protetor solar.

Vou começar descrevendo o material que foi usado principalmente pelo Dr. Correia e o Dr. Shin. Nesta Lancha, o ideal é ir no máximo 6 pescadores mais a tripulação.

Pesca Vertical
Carretilhas Elétricas DAIWA 1000 MEGATWIN  e  750 MEGATWIN
Varas RAPALA PLATINUN 80 LBS  e  INTERGREN 80 LBS
Linhas POWER PRO PE 08
Iscas JUMPING JIGS – WILLIASON BENTHOS 400 GRAMAS, NS TCHELO 480 GRAMAS, E JIGS FEITOS POR SHIN.
 

Pesca de Corrico
Varas PENN STANDAUP 100 LBS
Linhas GRILON 100 LBS
Carretilhas PENN INTERNACIONAL 50,  SHIMANO 50 TIAGRA e SHIMANO DLT 25 com linha  60 LBS ANTE
Iscas: Farnagain Natural (Agulinhas), Lulas e iscas da RAPALA de meia-água.

 

Equipamentos

Equipamentos

 

Saímos de Natal as 4:30h da madrugada e navegamos por aproximadamente 4:30h até um dos pontos de pesca desta região, lembrando que o primeiro ponto fica a 1 hora da costa, mas nesta pescaria nos dirigimos até este ponto mais distante.

A pescaria começou a 120mts de profundidade com os grandes Junping Jigs de 400 a 530 gramas e as carretilhas elétricas.

Depois de alguns minutos o Dr. Shin fisga o primeiro peixe do dia na pesca vertical. Filmei a boa briga com esta Pitangola e vocês vão poder acompanhar no final da matéria.

 

Pitangola - Shin

Pitangola - Shin

Esses peixes como a Pitangola, Olho de boi e outras espécies que são fisgadas a mais de 150….200mts de profundidade, quando chegam a superfície já estão bem debilitados e como o mar nesta região está lotado de predadores, se soltar um peixe desses, com certeza vai virar comida de tubarão, então pelo que presenciei, a maioria dessas espécies são embarcadas, ora o pescador leva embora, ora são doados na cidade.

Com os dourados e Wahoos até que tentamos embarcar para fotografar mas é literalmente impossível segurar um peixe desses para uma boa foto sem correr um sério risco de se machucar, inclusive um dos dourados ao ser embarcado se debateu muito e ninguém conseguia segura-lo. Isso sem falar na mandíbula cheia de grandes dentes, um sério risco.

No começo não entendi e não apoiei a idéia de não se fazer muito a pesca esportiva, mas no decorrer das fisgadas compreendi o porque que em certos momentos a pesca esportiva é desconsiderada.

Na mudança de um ponto para outro, eles resolveram ir corricando as rapalas e lulas artificiais e o resultado não poderia ter sido melhor. É impressionante como é totalmente visível o ataque dos cardumes de dourados nas iscas artificiais, o que aumenta ainda mais a adrenalina. Em certos momentos era comum você ver mais de 5 grandes dourados atrás das iscas.

O Dr. Correia engatou o primeiro do Dourado do dia.

 

Dourado  - Dr. Correia

Dourado - Dr. Correia

E na sequencia o Shin com outro grande dourado. A briga desse peixe é um espetáculo, com grandes tomadas de linha e grandes saltos onde o brilho do sol destaca ainda mais a cor dourada desse peixe.

 

Dourado - Shin

Dourado - Shin

Também no corrico outro peixe que causou uma ótima impressão de ser um grande lutador foi a Cavala Wahoo, peixe que briga um pouco mais embaixo e de grandes corridas, muito forte e resistente. E com uma boca bem perigosa, dificultando o embarque.

 

Cavala Wahoo

Cavala Wahoo

O almoço que foi feito por um dos tripulantes, um belo Olho de Boi ao molho de tomate e coco, acompanhando um arroz branco e pirão, estava muito bom, muito saboroso e o melhor, peixe mais fresco que esse não existe.

Logo depois outra vara envergada no corrico e novamente eu estava com a filmadora em punho para captar ótimas imagens de mais uma briga, desta vez um lindo Dourado.

 

Dourado

Dourado

Mas nossa equipe não poderia sair deste belo lugar sem brigar com um único peixe. deixamos a filmadora e fotográfica de lado para poder travar uma batalha com uma linda Cavala Wahoo com +- 20kg.

 

Cavala Wahoo  -  Marcio e Cleber

Cavala Wahoo - Marcio e Cleber

Cavala Wahoo - Fishingtur

Cavala Wahoo - Fishingtur

Esta pescaria foi a primiera que fizemos nesta região. Já estamos programando uma data para poder pescar o dia todo e assim poder mostrar um pouco mais os detalhes deste tipo de pescaria.

No dia seguinte resolvemos ficar em Natal, onde fizemos uma bela reportagem em um grande hotel da cidade. No final do dia ao reencontrar o Cristiano que tinha ido pescar novamente com o Dr. Correia na parte da manhã, tivemos ótimas notícias de mais de 20 atuns, sendo um de 40kg e um dourado com mais de 15kg, além de vários outros peixes. O Atum abaixo demorou um pouco mais de 40 minutos para ser embarcado, o peixe foi pesado e marcou um pouco amis de 40kg. No começo achei estranho o peso, mas o bicho era pesado, era difícil de levantar. é um peixe com um formato relativamente pequeno, porém com uma massa muscular muito grande e pesada, além de toda a força.

 

Atum - Cristiano Gentili

Atum - Cristiano Gentili

Dourado  -  Cristiano

Dourado - Cristiano

E assim foi a nossa pescaria em Natal. Em breve estaremos de volta.

E quem estiver interessado em fazer esta pescaria basta entrar em contato pelo e-mail  contato@fishingtur.com.br  ou através do telefone  11 8151 3976 c/ Marcio.

Segue abaixo fotos recentes de outras pescarias realizadas pela Miami Pesca Oceânica:

 

Pescaria Vertical

Pescaria Vertical

Três peixes fisgados….

Triplé de Olho de Boi

Triplé de Olho de Boi

Olho de Boi 52kg  -  Cristiano

Olho de Boi 52kg - Cristiano

Olho de Boi

Olho de Boi

Olho de Boi

Olho de Boi

Sail Fish

Sail Fish

Sail Fish

Sail Fish

Serigado

Serigado

Dentão

Cioba

Dourado

Dourado

Atum

Atum

Dentão

Dentão

Mariquitão

Mariquitão

Acompanhe agora a trechos dos vídeos realizados nesta pescaria em natal.

VÍDEOS

 

 

 

 

 

 

 

É isso aí pessoal, para quem gosta da pescaria no mar, aqui é o melhor lugar. Uma pescaria com ações durante todo o dia.

Agradeço ao amigo e capitão Cristiano pela parceria, aos tripulantes e aos doutores Shin e Correia pela pescaria e amizade.

Aos interessados em fazer essa pescaria, e quiser mais informações, basta entrar em contato pelo telefone 11 8151 3976 ou pelo e-mail: contato@fishingtur.com.br

 

Abraços

Marcio David

AGRADECIMENTOS

Miami Pesca Oceânica
www.miamipescaoceanica.com.br

Bóias Barão
www.boiasbarao.com.br

Massas Paturi
www.massaspaturi.com.br

Net Pesca
www.netpesca.com.br

Loja Ermanay
.
.
.
.
.


Gostaria de receber as matérias por e-mail? Cadastre-se aqui!

14 Comentários

  1. THIAGO ALMEIDA em maio 21st, 2010

    BELA PESCARI MARCIO SOU LOUCO PARA FAZER UMA PESCARIA ASSIM

    VC TEM IDEIA DE QUANTO CUSTA UMA PESCARIA DESSA?

  2. Marcio David em maio 21st, 2010

    Thiago,

    eu que estou passando informações e fechando pacotes pro pessoal aqui de SP ou interessados.

    Me mande um e-mail no contato@fishingtur.com.br que eu te explico melhor.

    mas antecipando, indo em 6 pescadores sai em média 275,00 por pessoa, o dia de pesca, varas, linha, carretilha, algumas iscas, almoço e bebidas.

    Abs

    Marcio Fishingtur

  3. Rafael Voltan em maio 21st, 2010

    Mas Márcio, ñ é preferível o peixe morrer por predadores naturais, pois assim ele ainda faria parte do ecossistema, a morrer nas mãos do homem?
    Ñ há argumentos q conveçam os caras lá p/ praticarem só (ou mais) a pesca esportiva?

  4. Antonio em maio 22nd, 2010

    É isso realmente não da pra contestar!!

  5. daniel em maio 28th, 2010

    Rafael,

    olha, esse blá, blá blá, de ecochato em pescaria esportiva já enchendo o saco.
    O fato é que quem realmente dizima os estoques pesquiros sãoo profissionais, especialmente os grandes navios pesqueiros.
    O pescador esportivo não chega a pescar quase nada que impacte o meio ambiente, desde que utilizando-se apenas de varas e anzóis.
    Na verdade, tudo que se consome causa dano ao meio ambiente, até o feijão que você como, por exemplo, adveio de uma área desmatada!
    Enfim, essa frescura de pesque e solte para pescador amador não passa de uma chatisse de quem não tem condições de pescar os grandes troféus de alto-mar, os quais, por sinal, são deliciosos e eu como bastante. Achao que até vc já se deliciou com um bom peixe, não foi?
    Tchau…

  6. Daniel em maio 28th, 2010

    Aliás, parabéns aos autores pelas belas pescarias e relato.
    Quando tiverem um peixinho frito, me convida que eu to lá….

  7. David em junho 17th, 2010

    Marciooo nao leve tao a serio a pesca esportiva, o que acaba mesmo com os peixes eh a poluicao, as redes, pesca profissional, pescaria de anzol por lazer nas faz nada!
    Parabens pela pescaria

  8. Moacir Fernando em junho 18th, 2010

    Show de bola a pescaria no mar. Muita adrenalina, e aquela força inimaginavel, achando que é um super peixe na linha, e as vezes, é um peixe modesto. Mas vale demais a pena. Não tem video do Sailfish? Abç.

  9. Edson Gomes em julho 13th, 2010

    Parabéns a toda equipe que nos brindou com essas imagens maravilhosas. Eu estou planejando com um grupo de amigos, aqui do trabalho, irmos dia 14 de agosto para uma aventura dessas, esperamos ter bons motivos e imagens maravilhosas para postar para apreciação dos amantes da pesca. Abr.

  10. Rosado em julho 13th, 2010

    Agendamos uma pescaria para o dia 14 Ago 10, espero pegar ao menos um desses. Valeww.

  11. Alderico Santana em agosto 29th, 2010

    Vou acompanhar todas as pescarias de vcs.
    um abraço
    Alderico Santna
    Salvador -Ba

  12. Regis em novembro 5th, 2010

    Muito show, vou ter que ir tambem!!!!!

  13. Juliana em outubro 9th, 2011

    Oi, gostaria de saber se o peixe atum é de couro ou de escamas, ouainda, se existem dois tipos.
    Obrigada!
    Obs: Achei tudo muito legal.

  14. joares em dezembro 14th, 2015

    OLA, GOSTARIA DE SABER MAIS SOBRE ESSA PESCARIA…


Fatal error: Call to undefined function show_subscription_checkbox() in /home/storage/b/dc/e9/fishingtur/public_html/wp-content/themes/ad-clerum-10/comments.php on line 101
xxxx