Reportagens

FishingTur

Olha aí

Interativos

Anúncios



Pesqueiro Castelinho – De Santo André a São Pedro em busca dos grandes peixes

Local: Pesqueiro Castelinho – São Pedro – SP

Olá amigos da equipe Fishingtur,
 
Mais uma vez gostaria de compartilhar uma experiência sensacional, desta vez no pesqueiro castelinho. Onde peguei alguns dias de ferias e fui sozinho.
 
Partindo de Santo Andre na última segunda-feira as 4:00h e chegando as 7:00h em São Pedro e retornei na quarta-feira a noite.
 
Por Santo André, indo pelo rodoanel, depois Bandeirantes até km 133 e por fim Rodovia Luiz Queiros, onde no total rodei por volta de 270 km. Vale ressaltar aos interessados em ir, que o trajeto de SP a São Pedro é uma dos mais fáceis possíveis. Ao pegar a Luiz Queiros, a mesma cai dentro de Piracicaba, depois é só seguir as placas para São Pedro. São mais ou menos 30 km e a estrada passa na frente da entrada do pesqueiro.
 
Em São Pedro, passei a entrada do pesqueiro fui direto para o centro da Cidade na Loja de Pesca TUBARAO, onde o Sr. Chico me forneceu tuviras, pirambóias e minhocoçus. (Tudo já encomendado com antecedência). Vale a dica para os leitores. A loja fica a 3 km do pesqueiro. O fone da Loja é (19) 3481-5955. Fica na Rua Veríssimo Prado (Rua dos Bancos).
 
Como seria a minha primeira vez no castelinho, antes de ir li todas as matérias no Fishingtur, também troquei algumas idéias com o Bruno Pirarara por orkut e peguei umas dicas com o Sr. Chico da Loja Tubarão.
 
O Sr Chico relatou que nos últimos dias muitos pescadores estavam atrás das pirambóias, pois a mesma estava sendo muito utilizadas para capturas das pirararas bem em frente ao restaurante, arremessando com bóias e chicotes de 20 cm.
 
Chegando ao pesqueiro fui muito bem recebido pelo Sr. Francisco e o Orlando, ambas as pessoas sensacionais de muito boa vontade. Proporcionaram-me um grande conforto nesses três dias de pescaria. Fiquei hospedado no próprio pesqueiro num quarto muito confortável com ar condicionado e frigobar.
 
Armei meus equipamentos ao lado esquerdo do restaurante, logo no primeiro quiosque, pois no lado direito conhecido como Ilhinha, já estava ocupada por outros dois pescadores.
 
Obs: Nos finais de semana toda a sobra de comida do restaurante é jogada no lago, por isso que há grandes ações de piras neste local.

 

Pirarara

Pirarara - Rafael

Armei dois equipamentos para as Piras e um para os tambas. Para as piras estava com as carretilhas black max 30 e 50 com varas evolution 60 libras e uma vara da YAMATO 80 libras, as linhas foram super raiglon 0,60 mm e 0,70 mm.
 
Anzóis utilizados para as piras 8/0 com empate de 15 cm.
 
Para os tambas, vara subaru 40 libras, carretilha marine sports gto 8000 com linha triumph 0,36 mm e anzol robalo 3/0.

 

Pirarara

Pirarara - Rafael

Durante o dia para as piras, utilizei bóias torpedos barão com chicote de 20 cm e pirambóias de isca. As pirambóias pequenas eu iscava inteira viva e para as grandes cortava as pirambóias em 3 e colocava em pedaços. Ambas com muita ação e muitas piras na linha. Como nos dois primeiros dias fiquei do lado esquerdo do restaurante eu iscava e com a mão levava as duas bóias até a frente do restaurante onde soltava e aguardava os ataques. No terceiro dia a ilha ficou vazia e fui pra lá. Onde arremessava direto na frente do restaurante.

 

Tambacu

Tambacus - Rafael

Durante a noite trocava as bóias e pescava de fundo com chumbo solto na linha e como iscas tuviras, cabeça de peixe (fornecida pelo pesqueiro) e salsicha encostados ao barranco. Ambos com ações.
 
Como a intenção era pescar as pirararas durante o dia não fiz pesca de tambas. Somente a noite, que arremessava as bóias cevadeiras com chicote de 30 cm e com beijinho de isca. Cada arremesso era um tamba fisgado. Sensacional.
 
Uma pena não ter ninguém para bater as fotos, pois os leitores não terão noção do tamanho dos tambas. A maioria deles todos acima de 15 kg.
 
Como fui sozinho e o pesqueiro estava praticamente vazio, foi muito complicado em tirar as fotos. Consegui que algumas pessoas tirassem algumas fotos pra mim.
 
Enfim, foram três dias de muitas ações e muito peixe na linha. Não vejo a hora de voltar.

 

Pirararas

Pirararas

Para os amantes de tambas, vale a dica de um amigo pescador que apareceu todos os dias no pesqueiro. Esse senhor pescava ao lado esquerdo do grande DECK, bem próximo ao fundo do lago. Ele só pesca com bóias cevadeiras e chicote de 1,5m e pãozinho amanhecido de isca. Por cada tarde esse senhor pegou mais de 15 tambas. Era cevar e pegar.
 
Agradeço mais uma vez toda equipe do Fishingtur, pois foi por aqui que conheci o castelinho e ganhei experiência em ler todas as dicas e matérias.
 
Abraços

Rafael Marsola

AGRADECIMENTOS
Pesqueiro Castelinho
www.castelinho.com

 

Bóias Barão
www.boiasbarao.com.br

Império da Pesca
www.imperiodapesca.com.br

Massas Paturi
www.massaspaturi.com.br
.
.
.
.


Gostaria de receber as matérias por e-mail? Cadastre-se aqui!

14 Comentários

  1. Silvio Fishingtur em abril 26th, 2012

    É isso ae Rafael, bela pescaria e muito bom o seu relato e bem detalhado.

    Valeu por compatilhar conosco a sua aventura.

    Abraços e Parabéns!
    Silvio.

  2. Raphael em abril 26th, 2012

    AI SIM EIN PESCADOR?PARABENS PELA MATERIA E PELO BELOS PEIXES NELA MOSTRADOS.ESTOU MORRENDO DE VONTADE DE IR AO CASTELINHO ATRAS DAS GIGANTES.

  3. Raphael em abril 26th, 2012

    O MARCIO A EQUIPE FISHINGUTR ESTÁ DEVENDO UMA SUPER MATERIA DAQUELAS ANTIGAS LAH NO CASTELINHO,NÓS LEITORES ESTAMOS NO AGUARDO.

  4. leandro japones em abril 26th, 2012

    Parabéns em Rafael, grandes pira, pena que vc foi sozinho, da proxima me chama que faço uma força pra ir junto com vc !!!

    rsrsrs

    Prabéns

  5. Henrique em abril 26th, 2012

    boa pescaria, por volta de quantos pirararas você pegou..

  6. Paulo Cesar em abril 27th, 2012

    É Rafael, também passo um aperto danado nas minhas pescarias, onde quase sempre estou pescando sozinho, pois só posso pescar em dias de semana e ai fica difícil arrumar um companheiro para essas aventuras. Mais não deixou de ir pescar, sozinho ou acompanhado bóra pescar…Valeu pela matéria.
    Abços do Gordo…!!!

  7. Samir Jr. em abril 27th, 2012

    Parabens, ótima matéria e uma excelente pescaria com belos exemplares.

    Abraços
    Samir Jr.

  8. Ricardo em abril 27th, 2012

    Muito bom, Castelinho realmente é sensacional. Em breve o Marcio deve publicar mais uma pescaria que fizemos lá. Abraços!!!

  9. Rafael Marsola em abril 29th, 2012

    Silvio.. eu que agradeço você e toda equipe pelo espaço aberto aos leitores..
    Obrigado

  10. Rafael Marsola em abril 29th, 2012

    Leandro Japones, chamo sim pode deixar.

    Henrique, foram 9 piras no total.

  11. saulo rogerio ricci em maio 1st, 2012

    Parabénss Rafael, bela pescaria e ótimo relato..abrços.
    Saulo Fishing

  12. Alexandre em maio 8th, 2012

    Amigo, grandes piras hein!!! Ir pescar sozinho as vezes é bom porque você tem tempo pra refletir e pensar mas fica dificil fazer fotos né, de qualquer forma ficou bom, Parabéns

  13. Gabriel em julho 6th, 2012

    Parabéns Rafael pelas pirararas, sei como dá trabalho pra tirar essas bixas.Sou iniciante nessas pesca ,gostaria de saber se bóias que vc utilizou estavam poitadas ou não tem problema deixá-las em movimentação na água?
    abraços

  14. gustavo em setembro 15th, 2012

    è isso ai rafael, boa pescaria tambem sou de snto andré, e eu tambem na maioria das vezes estou sósinho, fui para o córrego sozinho mas sempre que pegava um peixe bom tinha alguem pra tirar sa fotos, inclusive esta no site, c tiver um tempinho de uma olhada. abraço. Guga pesca.


Fatal error: Call to undefined function show_subscription_checkbox() in /home/storage/b/dc/e9/fishingtur/public_html/wp-content/themes/ad-clerum-10/comments.php on line 101
xxxx