Reportagens

FishingTur

Olha aí

Interativos

Anúncios



Pesqueiro Córrego das Antas – A segunda parte da pescaria de nossos colaboradores com os gigantes

Local: Pesqueiro Córrego das Antas – Glicério – SP
Data: 03 a 05 de Junho de 2010

PESQUEIRO CÓRREGO DAS ANTAS – PARTE – 2
Equipe Fishingtur com as Grandes Pirararas e Redondos na Ponta da Linha

Olá amigos,
 
Conforme prometido, segue abaixo o relato com fotos da segunda parte de uma excelente pescaria executada por nossa equipe Fishingtur no Pesqueiro Córrego das Antas localizado na Cidade de Glicério que fica aproximadamente 500 km da Capital Paulista, e como a maioria dos freqüentadores do nosso site já sabe, é morada das Grandes Pirararas e de enormes redondos.
 
Para essa “árdua” tarefa o time “convocado” e formado foi composto pelo Reinaldo, Rene, Gabriel e o grande amigo Rogério.
 
Após o merecido descanso na noite de quinta para sexta-feira, acordamos cedo por volta das 06h00min h., e fomos ao “trabalho”. Iniciamos com o dia clareando e fomos a “caça” aos enormes Tambaquis e Tambacus que no Córrego habitam, mas eles ainda estavam muitos manhosos e atacando muito pouco as nossas iscas.  Acreditamos que isso, é devido à época do ano, estavámos no outono e se aproximando do inverno e as ações dos redondos diminuem significativamente, coloquei várias vezes a mão na água e mesmo com dia ensolarado a água estava gelada, o que é propicio para os grandes redondos hibernarem. Mas, somos teimosos e continuamos tentando durante a manhã e capturamos alguns pacus e tambacus (poucas fotos) entre 4 e 6 kg e um bonito Tambaqui capturado pelo Rogerio.
 

Tambacu - Silvio

Tambacu - Silvio

Tambaqui - Rogério

Tambaqui - Rogério

Tambaqui

Tambaqui

 
 
Como os redondos estavam manhosos, fomos tomar um belo café da manhã servido no pesqueiro e logos após fomos novamente para o aterro atrás das Pirararas que estavam bem ativas. Eu, Gabriel e Rene tivemos sucesso e logo conseguimos engatar as brutas. 
 

Pirarara - Gabriel

Pirarara - Gabriel

Pirarara

Pirarara

Pirarara - Silvio

Pirarara - Silvio

 

Pirarara

Pirarara

Pirarara - Gabriel

Pirarara - Gabriel

Pirarara

Pirarara

Pirarara - Renê

Pirarara - Renê

Pirarara

Pirarara

 
Por volta das 13h30min h., as ações diminuíram e iniciamos um belo churrasco que teve repeteco na noite de sexta-feira e almoço do sábado.

No final da Tarde novamente seguimos em busca dos grandes redondos que continuavam sem atacar as nossas iscas e decidimos voltar para as pirararas que estavam mais ativas e logo temos mais uma na linha.
 

Pirarara - Silvio

Pirarara - Silvio

 
Com o inicio da noite inicia-se uma grande chuva e corremos para um dos quiosques cobertos na margem do Lago e logo que chegamos ao quiosque debaixo de muita chuva, escuto o alarme de uma das minhas carretilhas disparando e lá vou eu de novo… “briga” debaixo de muita chuva e uma pequena Pirarara (cerca de 12 kg e sem foto) se entregou.
 
Soltei a pirarara e quando volto ao quiosque outro alarme de carretilha e desta vez é a do Rene, ele rapidamente coloca a capa de chuva e vai à luta… e após 10 minutos mais uma bonita Pirarara se entrega e vai para a foto.
 

Pirarara - Renê

Pirarara - Renê

Pirarara

Pirarara

 
Diante da chuva, resolvemos passar a noite descansando para encarar o que seria o nosso último dia de pescaria, visto que, havíamos combinado de retornar no sábado a noite para fugirmos dos tradicionais congestionamentos da Castelo Branco.
 
Manhã de sábado, acordamos as 05h30min h. e como nos demais dias fomos atrás dos redondos que nesse dia indicavam estarem mais ativos. Rumamos para o nosso local e logo engato um bonito tambacu que depois de minutos de briga aparece para as fotos.
 

Tambacu - Silvio

Tambacu - Silvio

Tambacu - Silvio

Tambacu - Silvio

 
Mais alguns pacus e novamente os tambas pararam de comer. Assim, voltamos para travar as já tradicionais brigas com as pirararas. O Reginaldo freqüentador assíduo do Córrego que estava pescando ao nosso lado engatou uma bonita Pirarara o que animou a todos logo no inicio da manhã. 
 
 

Pirarara - Reginaldo

Pirarara - Reginaldo

 
Realmente neste dia as pirararas estavam bem ativas, das 09h30min h., as 15h00min h., muitas pirararas foram capturadas com os eficientes “Foguetes” das Bóias Barão, com chicotes variando entre 1 e 2 m., e como isca os minhocoçus. Chegamos a fazer até duplê de Pirararas, mas que acabaram se encontrando e uma delas cortou a linha.
 
Vejam as fotos:
 

Pirarara - Renê

Pirarara - Renê

Pirarara

Pirarara

Pirarara - reinaldo

Pirarara - reinaldo

Pirarara - Reinaldo

Pirarara - Reinaldo

Pirarara - Silvio e Gabriel

Pirarara - Silvio e Gabriel

Pirarara  -  Silvio

Pirarara - Silvio

Pirarara

Pirarara

Pirarara - Gabriel

Pirarara - Gabriel

Pirarara

Pirarara

Pirarara - Gabriel

Pirarara - Gabriel

Pirarara - Silvio

Pirarara - Silvio

 
Após a incrível seqüência de capturas de pipararas fomos fazer o nosso churrasco, apreciarmos umas cervejas e nós prepararmos para a batalha com o tambas no final do dia. Os tambas estavam mais ativos e além dos pacus e tambacus que saiam com freqüência entre 4 e 6 kg, alguns baguás foram capturados.
 
O primeiro foi o Reinaldo.
 

Tambacu - Reinaldo

Tambacu - Reinaldo

 
Em seguida engato um dos bons.
 

Tambacu - Silvio

Tambacu - Silvio

 

Tambacu

Tambacu

 
Quando já estávamos “desarmando o acampamento” consigo engatar mais um bonito Tambacu.
 

Tambacu - Silvio

Tambacu - Silvio

Tambacu

Tambacu

 
 
Bom, hora de guardar os equipamentos, encerrar a pescaria e rumarmos para São Paulo, mas ainda conseguimos foto da maior Pirarara capturada durante os 3 dias de pescaria. Essa roncava demais! Vocês não fazem idéia de como……..rs…..
 
 

Pirarara,...ops,.... Rogério !

Pirarara,...ops,.... Rogério !

 

          
 
Amigos, essa foi à segunda parte do relato de uma das grandes pescarias que a equipe Fishingtur realizou no Pesqueiro Córrego das Antas. Neste fim de semana, além dos peixes que saíram para as fotos, muitos outros foram capturados e acabaram escapando e ou rompendo a linha. Esse pesqueiro sem dúvida nenhuma é um dos maiores do estado em quantidade e qualidade de capturas, e garanto para vocês que vale cada km rodado até a cidade de Glicério.
 
Gostaria de agradecer a presença de todos os amigos que participaram dessa aventura, ao pessoal que atende no pesqueiro e também aos novos amigos que fizemos por lá durante a nossa estadia.
 
 
DICAS IMPORTANTES:
 
A região é dotada de muitos pernilongos e principalmente borrachudos, sendo assim, são obrigatórios o uso de repelentes. Utilize tênis com meia e calça, certamente evitará as tradicionais picadas nas pernas e tornozelo. Outros itens obrigatórios são o Protetor solar fator 50, óculos polarizados e Boné.

 
 
EQUIPAMENTOS UTILIZADOS:

Varas: Kenzaki, Pampo de 2.40 e 2.70 m. e Evolution da MS de 60 e 80 lbs 
Carretilhas:  Daiwa Advantage 151,  Shimano Curado 301, Penn 321, Abu Garcia 5601, 6501 e 7001   
Bóias: Bóias Barão cevadeira e foguete de 55, 60 e 65 gramas
Linhas: Monofilamento de 0.35, 0.40, 0.50, 070 e 080 mm
Missangas: Vermelha, Preta, Marron escuro, Café com Leite e Coquinho (boa produtividade)
Iscas: Minhocoçu (70% das capturas para as Pirararas)
 
 
TEXTO: Silvio
FOTOS: Reinaldo, Rene, Rogerio e Silvio

 
O Fishingtur fica a disposição através do canal abaixo, para dúvidas criticas e ou sugestões.

Grande abraço a todos os amigos e vamos pescar! 

Silvio Leme

AGRADECIMENTOS

PESQUEIRO CÓRREGO DAS ANTAS
Glicério – SP
018 – 3647 6278
www.pesqueirocorregodasantas.com.br

BÓIAS BARÃO
www.boiasbarao.com.br

MASSAS PATURI
www.massaspaturi.com.br

NET PESCA
www.netpesca.com.br
.
.
.
.
.
.


Gostaria de receber as matérias por e-mail? Cadastre-se aqui!

25 Comentários

  1. Renê em agosto 13th, 2010

    Boa Tarde!!!

    Pessoal essa sem sombra de duvida foi umas das melhores pescaria que já fiz….fora a “PIRARARA” roncando kkkkkkkkkkk na volta…
    Parabens pela materia SILVIÃO.

    Obs: estou sempre na LOGISTICA rs

    Abraço
    Renê

  2. Paulo Cesar em agosto 13th, 2010

    Realmente a melhor pirarara, foi a ultima.
    Também depois desta pescaria, só dormindo.

    Parabéns à todos, bela reportagem.

  3. gabriel ishiki em agosto 13th, 2010

    uma das melhores pescarias feitas no corrego com certeza!!! grandes parceiros.. sem conta os peixes só monstros

  4. tiago zampolli em agosto 13th, 2010

    Otima pescaria em!! parabens galera!!

    Tiago Zampolli

  5. Alemao em agosto 13th, 2010

    A pescaria foi muito show mesmo parabens por toda matéria.

    Agora PIRARARA DE OCULOS e BARBA EU NUNCA TINHA VISTO essa é nova.

    Abraços

  6. Eduardo Gonçalves em agosto 13th, 2010

    Galera, que pescaria hein…
    Meus parabêns a todos participantes e que belos peixes.

    Abraço a todos.

  7. Dário Henrique Amorim em agosto 13th, 2010

    blz, por favor podem me dizer se aquelas pirararas pegas no aterro de dia foram na boia ou no fundo?
    obrigado!

  8. Tio em agosto 13th, 2010

    Obrigado a todos pela pescaria e pelo churras que tb foi dez e ao Rogeriao tb, pois se nao fosse pelos seus roncos eu iria dormir no volante na volta.E essa materia deveria ser comemorada em uma inauguracao de uma piscina mas acho que agora perdemos um amigo e uma piscina kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Abracos a todos e que venham as proximas

    Reinaldo (Tio)

  9. Matheus em agosto 13th, 2010

    hehehehehehehehehehehehe tem que ser o Rogérioo mesmo…agora Rene ta em todas as logísticas…hehee
    abracoooo

  10. Murilo Clasen Cabrini em agosto 13th, 2010

    Bela pescaria… muita pirarara boa…

    Gostaria de fazer uma pergunta…

    Por que para pescar os redondos vocês não pescaram no aterro e sim em outra margem ?…

    Muito obrigado…

  11. Silvio Fishingtur em agosto 14th, 2010

    Dário, como vai , beleza?

    Capturamos Pirararas no Aterro de fundo e também de Bóia, sendo que, de bóia com chicotes entre 1 e 2 m, a produtividade foi maior.

    Murilo, beleza?

    Na outra margem ficamos bem centralizados no meio do lago (arremessos entre 50 e 65 m), onde em nossa opinião se concentra os maiores redondos nesse pesqueiro, por essa razão sempre durante as manhãs e tardes nos direcionávamos para lá, mas no Córrego pega-se tamba em todos os locais, inclusive no aterro.

    Dúvida ou demais necessidades de esclarecimetos, estamos a disposição.

    Abraços para vocês.
    Silvio
    Fishingtur.

  12. Renê em agosto 16th, 2010

    Vc viu né reinaldo perdemos a piscina o churras e o amigo kkkkkkkkkkkkkk

    É Matheus estou na logistica kkkkkkk estou em todas rsrsrsr.

    Abraço

  13. serginho em agosto 16th, 2010

    olá amigos da fishingtur;
    vcs usam carretilhas de perfil alto p/ pescar c/ foguetão ou de fundo?
    qual tem um bom desempenho no arremesso?
    aluguei um chalé no córrego das antas p/ outubro, p/ conhecer o local, e preciso comprar uma carretilha p/ pescar os tambas, a minha quebrou.
    podem me dar alguma sugestão de carretilha p/ usar no córrego;
    uso vara kenzaki e pampo.
    grato abçs
    serrginho

  14. Silvio Fishingtur em agosto 17th, 2010

    Serginho, beleza?

    Utilizamos ambos os perfis, mas para os Tambas no Córrego, carretilhas com 100 m de linha 0.40 mm é o suficiente. A grande maioria das carretilhas de perfil baixo comportam essa uantidade de linha. Em minha opinião as Carretilhas de perfil baixo tem maior rendimento nos arremessos, mas tenho uma Abu 5601 ue liberei o freio e arremessa muito também….

    Nessa pescaria utilizamos Shimano Curado 201 e 301, Abu Garcia 5601, 6501 e 7001 ue são mais apropriadas para as Piras.

    Se for utilizar para os Tambas, compre uma perfil baixo ue dá conta do recado! Se a grana estiver curta as Marine Sports é uma boa opção, caso tenha um pouco mais disponivel, as Shimanos Curado e ou Citica tá na medida.

    A Pampo manda bem para os Tambas e a Kenzaki para ambos.

    Demais informações, estamos a disposição e arrebenta lá e depois nos conte como foi.

    Abraços,
    Silvio
    Fishingtur

  15. Dário Henrique Amorim em agosto 24th, 2010

    blz,
    obrigado silvio por responder.
    queria saber se voçês usam para pesca de pirarara anzol encastroado ou lider, de fundo e na boia ? e de que tamanho usam os azois?
    obrigado por responder!

    Posting your comment.

  16. Silvio Fishingtur em agosto 25th, 2010

    Dario, que isso amigo, estamos aqui para ajudar.

    De fundo eu utilizo encastoado de 10 cm. e sem lider, ou seja, a linha principal direto no Girador com anzol 6/0 e 7/0 tipo maruseigo haste longa.

    De boia para as Piras utilizo apenas o chicote formado de linha 060 mm e anzol 4/0 e ou 5/0, também de haste longa modelo maruseigo.

    Demais dúvidas estamos por aqui a disposição.

    Grande abraço,
    Silvio
    Fishingtur.

  17. Felipe Gouveia em agosto 26th, 2010

    Monstruosas Pirarara’s, sem comentários!
    Literalmente :*

  18. Diego em setembro 2nd, 2010

    Gostaria de saber os preços deste lugar, para alugar os xalés e se tem que fazer reserva.Mandei vários e-mails mais nunca me responderam e no site tb não informa.

  19. Silvio Fishingtur em setembro 2nd, 2010

    Opá Diego, tudo beleza contigo?…. a resposta sobre os valores do Córrego foi respondida por solicitação do Claudio na parte 1 da materia, mas sem problemas segue abaixo a informação solicitada:

    O valor para ficar hospedado no chale é de
    R$70,00 a diaria. O chale comporta até 4 pessoas e tem direto ao Café da Manhã. Para acampar levando Barraca o valor é R$10,00 o dia por pessoa.

    Além desses custos você terá a taxa de pesca diurna que estava R$23,00 e a taxa de pesca noturna no valor de R$15,00 por pescador.

    A reserva é sempre bom fazer com antecedência minima de 30 dias, visto que, tem poucos chales a disposição dos pescadores.

    Espero ter ajudado e ficamos a sua disposição para demais esclarecimentos.

    Abraços,
    Silvio.
    Fishingtur

    Posting your comment.

  20. Dário Henrique Amorim em setembro 5th, 2010

    Blz
    silvio ,
    voçÊ acha que no ATERRO é o melhor lugar para pegar as pirararas?
    obrigado por responder!

  21. Silvio Fishingtur em setembro 7th, 2010

    Dário,

    Conheco o Córrego deste 2004, já fui várias vezes para lá e somente na última pescaria que originou essa materia é que pesquei no Aterro. Em minha opinião, pega-se Pirarara no Córrego em qualquer local. Vá sem medo, mande linha na água que suas changes de capturar uma Pirarara lá são grandes, eu diaria até enormes.

    Dúvidas e ou demais necessidades de informações, estamos por aqui.

    Abraços,
    Silvio.
    Fishingtur

  22. Francisco Ramos em setembro 23rd, 2010

    Bom dia!!!!!!!
    Parabéns pela matéria e pela atenção que dispensa aos “PERGUNTADORES”…
    Estou com uma viagem marcada para o Corrego agora em outubro.
    Gostaria de saber se existe problema de enrosco ou de lugares para as grandes Pirararas se refugiarem quando fisgadas? Fato que me obrigaria a levar material mais pesado, para tbem ter alguma chance….rsrs.
    Não aprecio pescar com material pesado.
    Pretendo usar uma vara Raju New Era para até 40 lbs, uma carretilha Abu 7000 com uma boa linha (Super Raiglon) monofilamento no maximo com 0,47 mm de diametro.
    Para os tambas, pretendo usar vara Althezza IV, com carretilha Briza GTO 10000 com linha tbem Super Raiglon 0,37mm. Tenho usado este material aqui em Bauru, nos pesqueiros Zuim e Angatu aonde pego tambas de até 15/18 kg sem problema.
    O que acha??
    Desde já agradeço a resposta deste.
    Abraço

  23. serginho em outubro 2nd, 2010

    Olá pessoal, que pescaria maravilhosa!! Parabéns
    Vou conhecer o Córrego no dia 18/10, e já tirei muitas dúvidas c/ vcs; também queremos fazer aquele churrasco na beira do lago, e gostaria de saber como não há frigobar no chalé, como vcs fazem p/ conservar as carnes? tem algum esquema c/ o pessoal do pesqueiro ou vcs compram a carne no dia p/ assar?
    Depois conto como foi nossa pescaria.
    Agradeço muito a colaboração de todos da Fishingtur.
    Serginho

  24. Fernando Fishingtur em julho 14th, 2014

    Francisco, existe sim problemas de enrosco por la, pois o lago eh bem natural possuindo alguns lugares de paus e guapés pelo lago, referente ao material, esta muito bom, pode ir sem preocupação!

  25. Henrique em julho 22nd, 2014

    Quanto que é a pesca esportiva


Fatal error: Call to undefined function show_subscription_checkbox() in /home/storage/b/dc/e9/fishingtur/public_html/wp-content/themes/ad-clerum-10/comments.php on line 101
xxxx