Reportagens

FishingTur

Olha aí

Interativos

Anúncios



Pesqueiro Córrego das Antas – Nosso amigo Cleber com ótimos e grandes presentes de Natal em Glicério

Local: Pesqueiro Córrego das Antas  -  Glicério  -  SP
Data:   25/12/09   a   29/12/09

por Cleber.

Olá amigos,

Aproveitando esse período de festas de final de ano, resolvemos passar um natal diferente, fomos meu pai Álvaro, meu irmão Fábio, meu cunhado Renê e eu Cleber passar o natal no pesqueiro Córrego das Antas, para muitos uma loucura, mas para quem gosta de um boa pescaria, seria o natal dos sonhos…rs

Chegamos no pesqueiro no dia 25/12 por volta das 17:00hrs, já dispostos a montar nosso acampamento, depois de tudo pronto vamos a pescaria…

Armamos os equipamentos para a pesca da pirarara com várias iscas, utilizamos minhocoçu, tilapinha viva, cabeça de tilapia (que consegui em supermercado aqui em SP) e pintinho morto (fornecido pelo pesqueiro), mas infelizmente devido a forte chuva não tivemos nenhuma ação na primeira noite.

No dia seguinte logo cedo, compramos um saco de ração e fomos tentar fisgar os grandes tambaquis e tambacus que habitam no lago, e para nossa sorte o dia parecia estar para peixe, e já nos primeiros arremessos meu pai fisga um bonito tambacu.

Tambacu - Álvaro - Isca: Coquinho

Tambacu - Álvaro - Isca: Coquinho

Em seguida nosso amigo Gabriel pega um tamba bem diferente, bem brancão que brigou muito, foram longos minutos e que depois de muito tempo veio para a foto.

Tambacu - Gabriel

Tambacu - Gabriel

E assim foi durante a manhã, nós cevávamos no meio do lago, arremessava a bóia e não demorava muito para os bichões aparecerem, e dessa vez que tirou um bonito peixe foi meu cunhado Renê.

Tambacu - Renê

Tambacu - Renê

Logo depois de soltar esse peixe fomos almoçar, a pescaria estava bem complicada por causa da constante chuva e do forte vento, não era sempre que conseguíamos cevar.

Na parte da tarde o vento deu uma trégua mas a garôa ainda continuava, mesmo assim fomos para o lago, e agora foi a minha vez de fisgar um bonito peixe, um bonito tambaqui que após longas levadas de linha se rendeu.

Tambaqui - Cleber

Tambaqui - Cleber

Enquanto eu estava soltando meu peixe o meu irmão, já fazia um bom tempo que estava brigando com um outro peixe que parecia ser muito bom, fiquei ao lado dele para ajudar por cerca de uns 20 minutos ainda, até que um lindo tambacu se entrega e vem para a foto.

Tambacu - Fábio

Tambacu - Fábio

Os peixes do córrego são muito fortes e saudáveis, por isso a briga com o peixe sempre é intensa, e assim foi o primeiro dia, cada um com seu exemplar, agora era arrumar os equipamentos de pirarara para a noite.

Varas na água, agora era só esperar. Com a demora na espera das varas de fundo resolvi arremessar uma bóia com minhocoçu no meio do lago e a escolha foi certa, após alguns minutos minha bóia afundou e a briga foi grande, o peixe tomava muita linha, eu não conseguia recolher nada, e após muito tempo um lindo tambaqui começa a se entregar e pranchar na superfície, meu amigo Fernando me ajudou e um gordo tambaqui vem para a foto.

Tambaqui

Tambaqui

 

Tambaqui - Cleber

Tambaqui - Cleber

Tambaqui - Cleber

Tambaqui - Cleber

Após soltar o peixe a chuva volta com tudo e resolvi ir dormir.

Na manhã seguinte a chuva e o vento ainda continuavam intensos, então resolvemos continuar descansando para ficar mais firme na pesca noturna atrás das pirararas. Depois do almoço agora sem chuva resolvemos tentar mais alguns tambas e logo consegui fisgar mais um bonito tambaqui.

Tambaqui

Tambaqui

Já a noite, utilizando cabeça de tilápia consigo pegar a primeira pirarara da pescaria.

Pirarara

Pirarara

 

Pirarara

Pirarara

Agora já de madrugada por volta das 2hrs, quando já estava quase pegando no sono, uma longa corrida fez com que minha carretilha cantasse, a fisgada foi certeira e a briga agora era maior, eu já estava ficando nervoso pois nunca tinha pego uma pirarara grande e após muitas corridas uma bonita pirarara vem para foto.

Pirarara

Pirarara

 

Pirarara - Cleber

Pirarara - Cleber

Muito feliz após ter desencantado, continuei pescando agora sozinho pois meu cunhado acabou indo dormir, sono já não tinha mais nenhum….rs

Quando foi por volta das 4:30h minha outra carretilha que estava armada com cabeça de tilápia tem uma corrida maior ainda, a briga agora era diferente, eu não conseguia recolher nada, o peixe tomava linha demais, a minha sorte é que eu estava com uma Black Max 50 que a capacidade de linha é enorme, para a minha sorte o peixe começa a se entregar, minhas pernas já estavam tremendo, quando o peixe chegou na beira do lago o nervosismos foi grande, era uma gigante pirarara e o pior eu estava sozinho e não tinha ninguém ao redor para ajudar, então resolvi cansar ela ao máximo, colocar a vara no suporte e entrar na água para tirar o bichão, pronto o peixão estava entregue, agora quando já estava me preparando para tirar a foto do peixe no chão, vejo uma senhora na casinha ao lado acordada, sem pensar 2 vezes pedi que ela me ajudasse com a foto.

Pirarara - Cleber

Pirarara - Cleber

Pirarara

Pirarara

Pirarara

Pirarara

Não tenho muita noção de tamanho de pirarara, mas essa era muito linda….rs

Ainda antes de amanhecer o dia consigo fisgar outra pirarara, agora usando como isca pintinho.

Pirarara - Cleber

Pirarara - Cleber

Bom a noite tinha sido excelente para mim, então resolvi ir dormir e descansar para aproveitar a tarde e a noite do último dia nosso no pesqueiro.

No dia seguinte, o pessoal ficou animado com a noite que tive do dia anterior e estavam dispostos a pescar a noite inteira, e para nos ajudar ainda mais no ultimo dia, como é de costume as segundas feira o pesqueiro joga cerca de 100kg de pintinho no lago, foi o que deixou nossa pescaria mais tranqüila, e logo os peixes começaram a aparecer.

Primeiro foi a minha vez de pegar um peixe, uma pequena pirarara.

Pirarara

Pirarara

Antes mesmo de eu soltar o peixe meu cunhado Renê já estava engatado com outra pirarara e que também veio para a foto.

Pirarara - Renê

Pirarara - Renê

E assim noite a fora, pegamos várias pirararas e perdemos muitas também.

Ao cair da noite o Renê pega outra pequena mas valente pira.

Pirarara

Pirarara

Por volta das 22:00hrs uma longa corrida fez com que outra carretilha cantasse alto, agora era a do Renê, a briga era intensa, com longas tomadas de linha até que uma grande pirarara se entrega, agora era a vez dele desencantar com a primeira pira grande.

 

Pirarara - Renê

Pirarara - Renê

Pirarara

Pirarara

E a noite só estava começando…

Logo após soltar esse peixe ele consegue fisgar outra pequena pirarara, todas as piras fisgadas nessa noite foram com pintinho.

Pirarara

Pirarara

Quando já estávamos querendo arrumar as tralhas para ir dormir, pois a chuva e o frio estava judiando demais, ouço outra carretilha cantar, foi o tempo de eu pegar minha vara e travar outra briga, mais uma vez a briga era de peixe grande, o peixe tomava muita linha, e a carretilha estava travada, uma força bruta, a noite estava tão boa que no meio da minha briga a vara do Renê que estava ao lado também puxa, e nós dois ficamos brigando com os peixes, e o dele se rende primeiro, e vem para foto.

Pirarara

Pirarara

Antes de soltar a pira dele, a minha também se rende e nessa hora a alegria era fora do comum, antes eu nunca tinha conseguido tirar uma pira grande e nessa pescaria fui presenteado com 2 grandes e 1 gigante Pirarara. Foi muito Bom…

Doublé de Pirararas

Doublé de Pirararas

Pirararas

Pirararas

Pirarara - Cleber

Pirarara - Cleber

Já no final da madrugada e no amanhecer do dia após passar a adrenalina das piras, meu cunhado consegue fisgar dois bonitos tambaquis utilizando como isca cabeça de pintinho na bóia.

Tambaqui

Tambaqui

Tambaqui

Tambaqui

Bom pessoal essa foi nossa pescaria realizada no pesqueiro Córrego das Antas, quero relatar que valeu e muito a pena passar esse Natal bem diferente pescando, e espero voltar logo a esse lugar maravilhoso. Gostaria de agradecer mais uma vez ao Marcio pelo espaço cedido no site.

Segue abaixo algumas fotos de uma outra pescaria realizada um pouco antes com  o Rogério, Camelo e amigos.

Tambaqui - Rogério

Tambaqui - Rogério

 

Tambaqui - Camelo

Tambaqui - Camelo

Pirarara

Pirarara

Pirarara

Pirarara

Pirarara - Henrique

Pirarara - Henrique

Pirarara - Camelo

Pirarara - Camelo

Tamba - Rogério

Tamba - Rogério

Reparem agora no record de nosso amigo Rogério. Uma gigantesca Pirarara.

Pirarara

Pirarara

Pirarara - Rogério

Pirarara - Rogério

Pirarara

Pirarara

E como sempre os grandes redondos, tambacus e tambacus sempre bem ativos no Córrego.

Tambacu - Gabriel

Tambacu - Gabriel

 

 

Tamba

Tamba

 

Tambacu

Tambacu

E foi isso, ótimas pescaria em Glicério.

 

Abraços

Cleber

AGRADECIMENTOS

Pesqueiro Córrego das Antas
www.pesqueirocorregodasantas.com.br

Net Pesca
www.netpesca.com.br

Bóias Barão
www.boiasbarao.com.br

Massas Paturi
www.massaspaturi.com.br

Loja Ermanay

.
.
.
.
.


Gostaria de receber as matérias por e-mail? Cadastre-se aqui!

18 Comentários

  1. marcio em janeiro 12th, 2010

    É isso aí galera,

    Como sempre o Córrego sempre com gigantes na ponta da linha. É isso que faz a pena valer percorrer os 520km até lá.

    Parabéns a todos.

    Marcio David
    Fishingtur

  2. Rogerio em janeiro 12th, 2010

    MARCIÃO A PESCARIA NO CORREGO NÃO TEM PREÇO …..PARABENS CLEBINHO PESCARIA SHOW VCS FIZERO ,,,

    ABRÇS

    ROGERIO

  3. gabriel ishiki em janeiro 12th, 2010

    o esse natal no corrego foi bom mesmo pena qe a chuva atrapalho um pouco!! parabens pelas piras cleber pena qe num deu pra mim ir nessas noites, tava literalmente impossives passar pela estrada qe vai do sitio pro corrego tava pura lama…

  4. juninho em janeiro 13th, 2010

    puxaaaaaaaaaa vida que lugar e esse, Corrego das antas e o paraiso pra qualquer pescador. Parabéns Cleber linda pirara

  5. Cleber Batista em janeiro 13th, 2010

    Pessoal a pescaria foi show de bola, a distancia percorrida não é nada perto daqueles peixes que tem lá….e fora que a viagem é muito boa, tranquila, é só diversão e muita risada….

    Putz que zica Gabriel, aquele dia vc falou que ia passar a noite e acaou indo embora, foi o melhor…tava muito bom…mais valeu não vão faltar pescarias pra gente fazer….abraços a todos….

  6. Caio Henrique em janeiro 13th, 2010

    Rogério aquela sua pira recorde tem +/- quantos quilos?
    Abraços

  7. ROGERIO em janeiro 14th, 2010

    CAIO AQUELA PIRA PESOU 40 KG ……..

    ABRÇS …

  8. Bruno Cia em janeiro 14th, 2010

    Parabéns !!!
    Estive ontem no Corrego, peguei 4 piras…a maior pesou 28,7 kg…..não vejo a hora de voltar !!!
    Abraços

  9. Marco em janeiro 14th, 2010

    Cleber, parabéns pela pescaria, só quem conhece mesmo o lugar que se sai bem assim, tenho uma pergunta, sei que para pegar os grandes tambas tem que cevar com o barco no meio do lago, voce também utilizou o barco ou cevou com arremessos mesmo com a cevadeira ? e quanto a profundiade da miçanga e o tamanho do anzol poderia me dar essa dica por gentileza.

    grande abraço

  10. Sander em janeiro 14th, 2010

    Fala Pescador Rogerio e colegas,

    Não se se acredito, mas estarei indo no córrego
    agora em fev-2010 sou pescador, frequento o PANTANOSSO, TIO OSCAR, fala rogerião, lembra de mim o Sander conheço o Renan, thiago lembra,

    Muito legal as fotos, espero ter sorte tb lá
    Forte abs,

    Sander,,,

  11. Cleber em janeiro 15th, 2010

    Valeu Marco, então cara, agente ceva com o barco no meio do lago e depois arremessamos a boia com chicotinho curto em cima da ceva…esse é o jeito pra conseguir pegar os tamba….Na pesca com cevadeira é bem dificil, os tamba não sobem, e tem muita tilapia oq acaba com a ceva rapidinho….mais de qlqr jeito a pescaria vale muita a pena..

    abraços

  12. ROGERIO em janeiro 18th, 2010

    Iai Sander blz >>>\\\\Claro qui lembro de vc ,,,,com certeza vai pegar muito peixe em fevereiro ,,la é show ,ainda mais nessa epoca ,,boa sorte la no corrego ..

    Abrçs
    Rogerio

  13. Marco em janeiro 26th, 2010

    Cleber, para pescaria noturna é necessário levar lampião ou lá tem iluminação própria ?

    Obrigado

  14. claudio em janeiro 28th, 2010

    ai Cleber blz de materia e pirarara deu muito trabalho pra segurar elas hahaha nota 1000 claudio

  15. Cleber em janeiro 29th, 2010

    Fala Marco, tudo bem? Cara o lago fica bem iluminado, da pra pescar tranquilo sem nada, mais é sempre bom levar uma lanterna ou alguma coisa do tipo para alguma eventualidade…nessa pescaria teve uma noite que acabou a energia do pesqueiro, ai ficou numa escuridão só…..

  16. Cleber em janeiro 29th, 2010

    Valeu Claudio, obrigado….foi muito bom cara, os peixes do corrego são d+, vale a pena a viagem cara…

    abraços

  17. Marco em fevereiro 2nd, 2010

    Ok Cleber, muito obrigado pela informação.
    Abraço

  18. Felipe Gouveia em agosto 26th, 2010

    Pirararas são peixes que crescem muito, tornando-se verdadeiros monstros!
    Pelo que analisei foram capturadas gigântescas Pirararas, realmente, sua pescaria rendeu muito!
    Parabéns à toda a equipe que participou.
    Pesca & Esportiva :*


Fatal error: Call to undefined function show_subscription_checkbox() in /home/storage/b/dc/e9/fishingtur/public_html/wp-content/themes/ad-clerum-10/comments.php on line 101
xxxx