Reportagens

FishingTur

Olha aí

Interativos

Anúncios



Pesqueiro Córrego das Antas – Nosso leitor Luiz fisgou vários tambaquis, pirararas e pirarucus

Local: Pesqueiro Córrego das Antas  -  Glicério – SP
Data: 17 a 20 de setembro de 2009

Olá Amigos,

Segue uma ótima reportagem enviada por nosso leitor Luiz (Júnior) em Glicério.

Faça parte de nosso portal, envie o seu relato também.

Informações: contato@fishingtur.com.br

—————————————————————————–

Olá

Sou leitor do site e a convite do Marcio, estou enviando um relato da pescaria que realizei no Pesqueiro Córrego das Antas do dia 17/09 à 20/09. Foi a primeira fez que fui a esse pesqueiro, que inclusive conheci através do Fishingtur. Nessa pescaria fui eu(Junior), meu pai(Braz) e minha mãe(Irani).

Chegamos ao pesqueiro quinta-feira por volta das 23 hrs, o pesqueiro estava vazio, havia somente três pescadores que estavam indo embora e nos informaram que não havia pego nada durante todo o dia, uma notícia não muito boa, mas que nem abalou meu ânimo, muito menos do meu pai que já estava preparando suas tralhas e nem ajudou a descarregar as coisas no chalé rsrsrs.

Eu montei 4 equipamentos:

-Vara Maxforce da Pesca Brasil de 50LB, carretilha Shimano Cardiff 401 com linha multifilamento 50LB, leader de fluorcarbono 50mm, chumbada e anzol CircoHulk 7/0, como isca Tuvira.

-Vara Evolution GT da Marine Sports 60LB, carretilha Daiwa Millionaire com linha 0,60mm, chumbada e anzol CircoHulk 7/0, como isca Pintinho.

-Vara Clarus da Shimano 17LB, carretilha Shimano Curado 201 com linha multifilamento 30LB, bóia torpedo com chicote de 70cm com linha 0,50mm e anzol CircoHulk 5/0, como isca Minhocuçu.

-Vara Clarus da Shimano 25LB, carretilha Shimano Curado 201 com linha multifilamento 40LB, leader de fluocarbono 0,50mm com anzol CircoHulk 5/0 direto na linha e como isca Pintinho.

Meu pai montou também 4 equipamentos, três de fundo e um com bóia torpedo.

Nesse dia resolvemos ficar em frente ao restaurante, e não teve nenhuma ação durante a noite, só quando começou amanhecer que a vara com pintinho direto na linha começou a esticar bem devagar, foi só esperar um pouquinho e fisgar, mas infelizmente na primeira corrida o peixe cortou a linha. Quando amanheceu resolvi montar mais um equipamento para ir atrás dos gigantes Tambaquis e Tambacus que tem no lago.

-Vara Pampo de 2,40m, 50LB com carretilha Daiwa Advantage 153, linha monofilamento 0,30mm, com bóia cevadeira com chicote de 2m com boinha, duas evas e anzol CircuHulk 4/0 com miçanga caramelo.

Estava arremeçando bem no meio do lago, mas era a cevadeira cair na água e as Tilápias faziam a festa comendo muito rápido a ração, os Tambas não estavam subindo, depois de um tempo sem nenhum resultado tentei mudar, continuei com a cevadeira mas fiz um chicote de aproximadamente 50cm e usei ração na pinga, mas também não ocorreu nenhum resultado positivo, então o jeito era almoçar e ir descançar um pouco porque não tinha dormido nada até então.

Voltei para o lago por volta das 16:00hs e resolvi ir para lateral onde fica o aerador e fiquei logo depois dele. Armei meus dois equipamentos de fundo, um com tuvira e outro com pintinho, na bóia torpedinho coloquei uma tilapinha viva a um metro da margem e no outro estava com uma salsicha flutuando, também perto da margem.Depois de tudo montadinho resolvi ir na margem oposta do restaurante tentar pegar uns Tambas na cevadeira com chicotinho curto e ração na pinga, fiquei na frente da segunda cobertura e de onde eu estava  me possibilitava ver meus outros equipamentos, e foi ai que a pescaria mudou. No primeiro arremesso a cevadeira caiu na água e não deu nem tempo da ceva sair e a bóia afundou e consegui trazer o primeiro peixe para foto, um belo Tambacu.

Tambacu 15kg

Tambacu 15kg

Peixe solto na água, segundo arremesso e da mesma forma. Outro Tambacu veio para foto.

Tambacu 11kg

Tambacu 11kg

Quando soltei esse Tambacu, eu olhei meus outros equipamentos para ver se estava tudo certo, mas não conseguia ver minha bóia que estava com uma tilapinha viva, até pensei que a bóia tinha encostado no barranco e com a grama não estava conseguindo ver já que tinha jogado a 1 metro da margem, então pedi para minha mãe ver se ela conseguia ver a bóia já que ela estava perto do local, foi quando ela começou a gritar que a vara esta envergada e que a carretinha estava fazendo barulho hahahaha, sai correndo e quando cheguei a pirarara já tinha tomado uns 70 metros de linha, peguei a vara e fisguei e começou a briga de gente grande, depois de uns 25 minutos a danada deu as caras.

Pirarara 19.230kg

Pirarara 19.230kg

Pirarara19,230kg

Pirarara 19,230kg

Quando estava soltando o peixe, um pescador que estava na lateral oposta do restaurante, na parte mais rasa do lago, perto do capinzal tinha engatado um Pirarucu, como nunca tinha visto esse maravilhoso peixe de perto resolvi ir vê-lo, só armei minha vara da mesma forma com tilapinha viva perto da margem. Esse Pirarucu pesou exatos 38,785 Kg, pesado com a balança da Berkley de até 50 Kg. Como isca ele estava usando lambari vivo na bóia com chicote de 1 metro.

Pirarucu  38,785kg

Pirarucu 38,785kg

Pirarucu

Pirarucu

Quando estava voltando resolvi pegar minha vara que estava montada com a cevadeira e que estava do mesmo lado que esse pescador, pois iria ficar perto dos meus outros equipamentos, foi quando abaixei para pegar o balde que estava a ceva e vi minha bóia que estava com tilapinha viva andando bem lentamente a uns 3 metros da margem de onde eu estava que tinha uns 100 metros até a vara, larguei tudo no chão e sai correndo, era mais uma bela Pirarara que de um trabalho imenso para tirar da água, como esse peixe é forte demorei por volta de 30 minutos para tirar a bicha da água, essa até meu pai veio conferir de perto.

Pirarara 25,760kg

Pirarara 25,760kg

Pirarara

Pirarara

Na briga com essa Pirarara teve um momento que ela correu beirando o barranco, nessas corridas não tem nem como segurar esse animal, e tinha uma outra vara minha que estava com pintinho de fundo e para evitar um enrosco onde poderia perder o peixe, pedi para minha mãe recolher, então ela pegou e colocou a vara no chão e a isca beirando o barranco e adivinha que aconteceu. A sorte é que eu estava do lado e vi a vara sair correndo e também que o peixe não era grande, porque quando eu peguei a vara, a carretinha já estava entranto na água, chegou até a molhar.

Foi inacreditável em menos de três horas aconteceu tudo isso.

Pirarara

Pirarara

Por volta das 8 hrs consegui engatar um tambaqui na ração na pinga.

Tambaqui sendo pesado

Tambaqui sendo pesado

Tambaqui

Tambaqui - 13,560kg

Depois disso o tempo começou a fechar e estava ameaçando a chover, então resolvi ir dormir.

No sábado o dia amanheceu fechado, voltamos a pescar bem cedo, eu continuei no mesmo local e meu pai resolveu ir para lá também, já que no aterro em frente do restaurante não teve nenhuma ação. Pescamos até umas 10 da manha e caiu uma chuva muito forte então resolvemos ir tomar um café porque não tinha como ficar pescando, a chuva durou por volta de 1 hora e o restante do dia hora saia sol e hora chovia. Até as 2 da tarde não teve nenhuma ação então resolvemos almoçar, logo após o almoço peguei 2 equipamentos e fui para o lateral oposta do aterro e fiquei na frente da ultima cobertura na parte mais rasa do lago. Isquei um lambari na bóia com chicote de 70 cm e joguei a uns 5 metros da margem, não demorou muito e a bóia afundo, peixe na linha e mais uma Pirarara veio para foto.

Pirarara  13,134kg

Pirarara 13,134kg

Fisguei mais duas Pirararas dessa maneira.

Pirarara 14,367kg

Pirarara 14,367kg

Pirarara 12,894kg

Pirarara 12,894kg

Quando ficava na espera de alguma ação no lambari vivo eu continuava tentando os Tambas na cevadeira, mas nada dos peixes subirem, então o jeito era ficar no aguardo.

Então resolvi jogar mais um equipamento naquele local, peguei a vara com anzol direto na linha e isquei um pintinho e joguei também a uns 5 metros da margem, e mais uma vez deu certo, a vara envergou todinha e mais uma Pirarara na ponta da linha.

Pirarara 15,597kg

Pirarara 15,597kg

Depois desse peixe isquei 2 pintinhos e joguei beirando o capinzal, bem no final do lago, nesse momento começou a chover então fiquei debaixo da cobertura para não me molhar mas não teve jeito, não demorou muito olhei a vara e ela estava praticamente com a ponta na água, sai correndo e fisguei, e já percebi que o peixe era bom, ele deu uma corrida que a linha quase chegou no fim, cheguei a ver o fundo do carretel, tentei segurar mas como estava com equipamento médio–leve com linha de 30 LB então não tinha jeito, tinha que deixar levar e torcer para não acabar a linha e na hora que ele parava tentava recolher o máximo, sem forçar muito para não estourar a linha, foram mais de 40 minutos de briga quando um enorme cascão preto aparece na flor da água, nesse exato momento minhas pernas bambearam e os braços começaram a tremer muito porque esse peixe era um Record pessoal e não queria que escapa-se, com muita calma entrei na água e abracei a bicha e trouxe para foto. Pirarara com exatos 33,973 Kg, pesado na balança digital Berkley.

Pirarara  33,973kg

Pirarara 33,973kg

Pirarara

Pirarara

Pirarara

Pirarara

Durante o dia é possível ver várias vezes os pirarucus subindo para respirar no lago todo, e a uns 10 metros da margem onde estava subiu um para respirar. Segundo Sr. Natio já tem 6 exemplares de Pirarucu no lago na média de 40Kg. Peguei a vara com lambari vivo e joguei bem em cima, deu para ver direitinho ele atacando a isca e a bóia sumindo, fisguei o bicho e o coração foi a millllllll, o bicho era muito pesado parecia que estava puxando um tronco de dentro da água, mas infelizmente no seu primeiro salto a linha não agüentou e estourou. Faz parte desse esporte maravilhoso.

No começo da noite meu pai que estava perto do aerador conseguiu engatar um bagre africano.

Bagre Africano

Bagre Africano

Depois desse bagre ele pegou um equipamento e veio armar onde eu estava, iscou um pintinho na bóia com chicote de 1 metro e jogou bem no meio do lago perto do capinzal onde só tem acesso com o barco, não demorou e a bóia afundou e veio um Pacu.

Pacu

Pacu

Pintinho na água novamente da mesma forma e começamos a conversar e de repente um estrondo muito forte aconteceu, parecia que uma pessoa tinha pulado na água, olhamos em direção a bóia mas não encontramos porque ela já tinha afundado, pensamos que era uma grande Pirarara, porque o peixe era muito forte e dava umas corridas muito longa, mas quando chegou na beirada, era um Tambaqui enorme, mais um recorde pessoal estava sendo batido, eu nunca tinha visto um Tambaqui daquele tamanho, era muito grande, só ao vivo para vocês terem uma noção do tamanho. Pesou 32 Kg.

Tambaqui 32kg

Tambaqui 32kg

Tambaqui

Tambaqui

Foi só devolver esse lindo peixe na água que seu alarme da vara de fundo começou a tocar e mais um belo peixe veio para foto dessa vez foi um Tambacu que atacou a tilapinha viva.

Tambacu  20,453kg

Tambacu 20,453kg

Por volta das 11h da noite resolvemos descansar, porque queríamos voltar bem cedo já que iríamos embora por volta do meio dia do domingo. Acordei 4h da manha para voltar para o lago mas estava chovendo muito forte, então voltei a dormir e fui para o lago por volta das 6h da manha, e logo cedo meu pai engatou mais um Pacu.

Pacu

Pacu

Em seguida engatei mais uma Pirarara na bóia com lambari vivo, nessa pescaria o peixinho vivo foi a isca da vez.

Pirarara  9,873kg

Pirarara 9,873kg

Esse dia estava empenhado em pegar um Pirarucu já que tinha perdido um no dia anterior. Ficava olhando o lago para ver onde ele subia para respirar, para jogar a isca em cima, estava com dois equipamentos com bóia com lambari vivo, uma deixei bem no meio do lago e a outra mais perto da margem pois assim que ele subia para respirar eu recolhia rápido e jogava em cima. Quando de repente ele subiu bem próximo a minha bóia que estava no meio do lago, fiquei de olho e a bóia afundou, nessa hora já estava com a vara na mão e só fisguei, e de novo na primeira corrida estourou a linha, mas dessa fez levou até a bóia, á principio a bóia ficou andando na flor da água, tentamos pegar mas sem nenhum sucesso, depois de um tempo ela afundou e não apareceu mais, então já descartei a possibilidade de ser um Pirarucu já que ele precisa subir para respirar.

Sem desanimar armei de novo da mesma forma e fiquei na espera mais estava chegando a hora de arrumar as tralhas para voltar para São Paulo pois a viagem era longa, meu pai começou a desmontar a tralha que estava na outra lateral do lago e eu ainda acreditando, foi quando a bóia da única vara que meu pai deixou armada com lambari afundou, como ele estava longe tirei para ele uma linda Piraputanga.

Matrinxã

Piraputanga

Coloquei a vara dele de lado, pois já estávamos desmontando as tralhas, foi quando olhei dentro do balde com água e tinha somente um lambari, peguei e isquei na vara dele e arremessei a uns 10 metros da margem, retirei minha vara para verificar a isca e como estava sem isca resolvi desmontar o equipamento, ficando somente uma vara com pintinho e outra com lambari e é ai que entra aquele velho ditado, “a esperança é a ultima que morre” . Quando olhei para a bóia ela não estava na flor da água, peguei a vara na mão e fisguei, logo na fisgada o peixe saiu correndo na flor da água e deu para ver o lombo daquela pintura de peixe, nesse momento eu não lutava para trazer o peixe, lutava para ficar de pé por que minhas pernas tremia toda, não tem como descrever a sensação de estar com um peixe desse na linha, um monstro que salta para fora da água, nesse mesmo momento minha outra vara que estava com pintinho estava quase indo para água e como estava sozinho pedi para um pescador que estava mais próximo fisgar e ele começou a briga com outro peixe até meu pai chegar e continuar com a briga. Para tirar esse Pirarucu da água precisou de duas pessoas um amigo pescador que estava do meu lado entrou na água, abraçou o bicho mas não conseguiu levantar foi quando larguei a vara no chão e pulei no lago e levantamos juntos e tiramos para fora essa obra de arte que só Deus para criar mesmo.

Esse Pirarucu pesou 41,879Kg, imaginem quando ele chegar aos 100Kg.

Pirarucu  41,789kg

Pirarucu 41,789kg

Pirarucu

Pirarucu

Pirarucu  41,879kg

Pirarucu 41,879kg

Pescar e Soltar Sempre

Pescar e Soltar Sempre

Para não machucar o peixe soltamos bem rápido, nem esperei meu pai tirar o outro peixe da água para tirar a  foto do double que tinha acontecido, ele só largou a vara com um amigo e veio tirar a foto com o Pirarucu, e ai segue a foto do Tambacu que ele trouxe para a foto.

Tambacu  17,692kg

Tambacu 17,692kg

Depois dessa bela saidera, arrumamos as tralhas e fomos embora para o chalé tomar banho mas quando estava entrando no chalé, um rapaz que estava pescando do aterro falou que minha bóia tinha enroscado em sua vara de fundo e eu fui verificar que peixe era, e mais um monstro de Tambaqui saiu da água, então resolvi tirar uma foto com o peixe. Reparem na largura da cabeça desse animal.

Tambaqui 27,800kg

Tambaqui 27,800kg

Tambaqui

Tambaqui

E foi isso minha pescaria, gostaria de agradecer ao Marcio pelo convite e parabeniza-lo pelo site e agradecer também  ao Sr. Natio e toda sua equipe que trabalha no pesqueiro que nos recebemos muito bem.

Abraços Junior.

AGRADECIMENTOS

Pesqueiro Córrego das Antas
www.pesqueirocorregodasantas.com.br

Bóias Barão
www.boiasbarao.com.br

Massas Paturi
www.massaspaturi.com.br

Net Pesca
www.netpesca.com.br

.
.
.
.
.


Gostaria de receber as matérias por e-mail? Cadastre-se aqui!

16 Comentários

  1. Caio Henrique em novembro 18th, 2009

    Só Gigante!!!
    2 Pirarucus Impressionate
    Parabéns Luiz.

  2. Paulo em novembro 19th, 2009

    Luiz ,acertou a mão hein companheiro , só monstro ,
    aliou qualidade com quantidade …rsrsrsr
    Boas pescarias sempre , Paulo.

  3. Amauri de jundiai em novembro 19th, 2009

    MUITO BOM PARABÈNS

  4. Eduardo Caldas em novembro 19th, 2009

    Grande pescaria !!! Parabens.

    Corrego das Antas nunca deixa a desejar. Minha proxima pescaria em Sao Paulo vai ser ai.

    Pirarucu na linha parece um trator de tao forte, rsrsrsr.

    Abs,
    Edu.

  5. RICARDO COSTA em novembro 21st, 2009

    MUITO BOA ESSA PESCARIA ! COM CERTEZA SEMANA Q VM ESTAREI LA ! ABRAÇO A TODOS !

  6. Lua em novembro 26th, 2009

    Meu herói!!!!!

  7. guga pesca em novembro 28th, 2009

    Ae luiz blz?
    otima pescaria e as iscas vivas lambari, tilapinha eu consigo lá?
    abraço..

  8. Luiz Junior em dezembro 4th, 2009

    Beleza Guga!

    As iscas vivas como o lambari e as tilapinhas eu peguei no próprio lago na varinha de mão com anzol mosquitinho e minhoca, e vou te falar cara entra cada lambari que da vontade de fritar pra comer com uma cervejinha bem gelada, hahahaha

    Abraços

    Luiz Junior

  9. Luiz Junior em dezembro 4th, 2009

    Obrigado todos pelos cometários!

    Realmente essa pescaria foi a melhor de todas.
    Quem tiver oportunidade para ir conhecer esse pesqueiro, não perca. Quem é de SP, essa pescaria vale cada km que vc percorre até la.

    Abraços a todos.

    Junior

  10. Caio Henrique em dezembro 8th, 2009

    Com salsicha tambem pega lá Luiz?

  11. Luiz Junior em dezembro 10th, 2009

    Olá Caio!

    Eu tentei com salsicha sim, tanto de fundo, como na superfície, mas não tive nenhuma ação.
    Mais nunca se sabe, é sempre bom ter essa opção.

    Abraços

    Luiz Junior

  12. Caio Henrique em dezembro 12th, 2009

    Aaa
    Valew Luis
    Abraços

  13. Júlio em março 20th, 2010

    Cara tenho ido atrás desses a tempos mais não obtive sucesso com os gigantes.
    Mai como vc mesmo disse a esperaça é a ultima q morre.E esse fim de semana estarei ai.
    Otimo pescaria essa uma das melhor que já vi em relatos.
    Valeu

  14. Luiz Junior em março 23rd, 2010

    Valew Julio pelo recado postado!
    Estou vendo somente hoje, espero que sua pescaria desse final de semana que vc falow tenha rendido pelos troféus.

    Abraços

  15. luis henrique em agosto 5th, 2010

    q pescaria em..

  16. rogerio – glicerio em março 19th, 2013

    Galera , eles estão de volta , os pirarucus foram soltos novas unidades no lago do corrego .. 10 peças acima dos 40 kg . peguei ontem mesmo em baixo de chuva um que a balança de 50 não pesou , gigante … e as piraibas estão em crescimento


Fatal error: Call to undefined function show_subscription_checkbox() in /home/storage/b/dc/e9/fishingtur/public_html/wp-content/themes/ad-clerum-10/comments.php on line 101
xxxx