Reportagens

FishingTur

Olha aí

Interativos

Anúncios



Pesqueiro Córrego das Antas – Uma fantástica pescaria com grandes exemplares fisgados

Local: Pesqueiro Córrego das Antas – Glicério – SP

Olá amigos do Fishingtur,

Primeiramente gostaria de parabenizar vocês pelas matérias e dicas nos site que foram muito importantes para minhas pescarias.

E gostaria de registrar minha última pescaria feita no córrego, que foi espetacular.

Bom, saímos de Bragança Paulista, dia 21/12 e ficamos lá até 24/12, foram 4 dias de pescaria, saímos por volta das 5:00 da manhã de Bragança, eu Sandro, meu filho Gustavinho e seu amigo Gustavão, rumo a Glicério, e chegamos por volta de 12:00hs.

Foram praticamente 1 mês de preparação para a tão sonhada pescaria no córrego, já tínhamos ido lá uma vez em outubro e pegamos bem, mas desta vez foi surpreendente a quantidade de tambas fisgados.

Equipamentos para os tambas:

Varas:
Kenzaki 50lbs 2,70
Pampo 40lbs 2,70
Stricker 40lbs 2,40

Carretilhas:
Mariner Sports Brisa 3000 e 8000

Linhas:
Mono 0,37mm laiglon e daiwa classic 300 e linha mono 0,43mm action.

Anzol:
Octopus circle 5/0

 

Equipamentos para as Pirararas:

Varas:
Gt evolution 60 lbs
Long beach 30 lbs

Carretilhas:
Okuma Convector 30lx – linha mono 0,70
Molinetes XT 6000 da Marine Sports – linha mono 0,60mm action

Anzol:
Mustad 9/0

Iscas:
Tuvira, fígado e cabeça de tilápia, mas os melhores resultados foram na isca fornecida pelo pesqueiro que é o pintinho.

Ficamos um pouco apreensivos em relação a pescaria porque a alguns dias atrás tiraram os 2 barcos utilizados para tirar os peixes grandes e também para cevar, era comum levar a ceva com o barco no meio e jogar as iscas em cima, era fatal, mas mesmo sem os barcos não desanimamos e fomos nesse pesqueiro maravilhoso.

Chegamos e logo fomos montando os equipamentos, depois de tudo pronto, iscas na água e depois de mais ou menos 2 horas de pesca o primeiro puxão no pintinho inteiro na Bóia Barão com chicotinho de 40 cm, meu filho tinha levado um molinetinho pequeno de tilapia, e disse que ia tirar um peixe grande, da outra vez que estivemos no Córrego ele pegou uma pirarara enorme nesse molinetinho, mas quando chegou perto ela foi pro enrosco e estourou a linha, e dessa vez novamente ele fisgou um peixe grande, tinha 30 metros de linha no molinete e chegou a acabar mas ele com muita habilidade conseguiu controlar o peixe que quebrou a vara e estourou o molinete, mas depois de 40 minutos veio pra foto o primeiro Tambaqui fisgado no córrego, muita alegria.

Depois de alguns minutos minha bóia afundou, fisgada certeira e mais de 50 minutos de briga, impressionante como os peixes no córrego tem força, mas depois da briga um bonito Tambacu veio para a foto.

 

Córrego

Pesqueiro Córrego das Antas

A tarde estava maravilhosa muito calor e a água parada, dava para ver os bitelos por cima, e as ações não paravam, minha bóia novamente afundou e começou mais uma briga, porém eu tinha outros equipamentos armados para as pirararas e eu não quis tirar, mesmo com a insistência do meu filho, erro fatal que me custou caro, depois de mais de 1 hora de briga minha linha enroscou na vara de pirarara, pedi para o amigo do meu filho tirar a vara e ele inexperiente acabou dando um tranco forte, e a linha 0,60 passou como uma faca na minha linha 0,37 e cortou, fiquei olhando pra linha cortada e ficou a decepção, provavelmente era uma pirarara e das grandes. As pirararas por sinal nesses 4 dias não deram as caras somente no último dia foi pego uma pequena de uns 10 kg.

A noite encontramos com diversos amigos, o Danilo rei da pira no córrego, o Ricardo, Tiagão, e uns amigos de SP que pescaram junto com nós até o último dia.

Nesta noite os amigos de SP fisgaram uns bonitos exemplares mas não tirei foto, apenas uma foto do Gu que engatou um bonito Tambacu que pesou 20 kg, a pescaria tinha sido ótima e fomos dormir cedo pois estávamos cansados da viagem e dos peixes que tínhamos fisgados, como as piras não estavam ativas, as 2:00 da manhã fomos dormir.

No 2. dia levantamos por volta das 10:30h, tomamos um belo café da manhã, servido pela excelente família que administra o pesqueiro: a Tamires, Dona Fátima e seu Daniel,  pessoas excepcionais, que nos ajudaram bastante em tudo que precisávamos. Varas na água mas as tilápias não davam trega, estavam muito ativas comendo o que caia na água, mas por volta das 12:00, minha bóia some e dou a fisgada certeira e começa uma das maiores brigas que eu já fiz na minha vida com um peixe, retiramos todas as varas da beirada para não correr o risco de novamente enroscar e cortar a linha, a área ficou limpa e a briga se arrastou por mais de 30 minutos quando o peixe sai tomando linha em disparada enroscando na vara de um outro pescador que estava próximo, eu tinha 200 mts de linha na minha carretinha mas ele tinha pouca, e rapidamente acabou a sua linha e gentilmente ele cortou ela pra mim não perder o peixe, ele voltou no lugar de origem onde foi fisgado e quando estava com 1 hora de briga a linha do outro pescador que estava enroscada na minha enroscou no areador, o peixe já estava chegando perto e quando vi o tamanho do peixe minhas pernas começaram a tremer, a linha amoleceu e pensei: -perdi o peixe! Passei a vara para meu filho e entrei na água para tentar desenroscar, quando chego perto meu filho disse que o peixe ainda estava ali, e realmente estava, depois de algum tempo consigo segurar a linha enroscada e com uma tesoura corttei a linha e novamente começou a briga que depois de mais uns 10 minutos vem pra foto, um Tambaqui gigante, meu Record pessoal.

 

Tambaqui

Tambaqui - Record Pessoal

Tiramos as fotos e fomos almoçar, estava exausto, depois de mais de 1 hora de briga com o tamba, minha pescaria já estava garantida, mas a tarde tivemos mais algumas ações, todas em frente ao restaurante e peguei mais um tamba de grande porte e o Gu um outro belo exemplar. A noite esperávamos as piras mas nada delas aparecerem então quando foi umas 3:00 da manha fomos dormir.

Córrego das Antas

No 3. dia o lugar onde estávamos foi ocupado então fomos pescar no aterro e no primeiro arremesso um tamba de 21 kg pego pelo Gu vem para a foto, depois disso as ações pararam e eu já estava arrumando as varas para mudar de lugar e pescar as piras, foi quando minha bóia afundou e depois de mais de 50 minutos de briga um Tambacu grande vem pra foto, meu Record em tambacu.

Córrego

A noite pegamos apenas uma pirarara pequena de uns 10 kg. Meu filho fisgou diversos peixes na parte rasa do lago, carpas e uns tambas pequenos.

Pesqueiro Córrego das Antas

No último dia levantamos por volta das 9:00h, tomamos café e fomos pescar, meu filho e seu amigo foram no tanquinho de pacu brincar com os peixes, pegaram mais de 30 pacuzinhos na faixa de 2 kg, eu continuei no tanque grande e fui recompensado com um bonito peixe, um Tambaqui, que levou mais de 1 hora pra sair da água mas valeu a pena, foi uma das melhores pescarias que eu já fiz, os tambas estavam super ativos, falataram apenas as pirararas mas ta valendo, realmente o Córrego continua sendo um dos melhores pesqueiros do Brasil.

Córrego

Um abraços a todos e boas pescarias.

Sandro

AGRADECIMENTOS

Pesqueiro Córrego das Antas
www.pesqueirocorregodasantas.com.br

Bóias Barão
www.boiasbarao.com.br

Massas Paturi
www.massaspaturi.com.br

Net Pesca
www.netpesca.com.br
.
.
.
.

 


Gostaria de receber as matérias por e-mail? Cadastre-se aqui!

12 Comentários

  1. ZE PAULO em janeiro 4th, 2012

    É O BOM E VELHO CORREGO NUNCA NOS DEIXA NA MÃO
    O LUGAR BOM!!! SE FOSSE UM POUQUINHO MAIS PERTO NÃO SAIRIA DE LÁ KKKKKKKKK
    QUER DIZER QUE AGORA NÃO PODE MAIS USAR O BARCO P CEVAR? QUE PENA ERA UMAS DAS ATRAÇÕES DO LUGAR, JÁ QUE NÃO PODE ENTÃO ELES DEVERIAM RETIRAR AS TILAPIAS P PODERMOS PESCAR DE CEVADEIRA.

  2. Ricardo em janeiro 4th, 2012

    Só bitelo, parabéns. Abs.

  3. Fernando Mena em janeiro 4th, 2012

    òtima pescaria em!

    todos fisgados no pintinho? afinal só falaram da isca no começo, vcs não mudaram a isca durante a pescaria?
    Falaram que as tilápias estavam comendo tudo, a ração ou também os pintinhos????

    abraço.

  4. BRUNO PERES em janeiro 4th, 2012

    CARA SÓ OS GRANDES , O CORREGO DAS ANTAS NAO DECEPCIONA MSM , MAIS EU FIQUEI CURIOSO QUANTOA RETIRADA DOS BARCOS , AGR NAO TEM COMO CEVAR DE PINTINHOS MAIS ???
    ABRAÇOOS

  5. Sandro em janeiro 4th, 2012

    REALMENTE,ZE PAULO SE FOSSE MAIS PERTO DE SP, EU TBM NAO SAIRIA DE LA, EM RELAÇÃO AOS BARCOS REALMENTE TIRARAM DE LA TEVE BRIGA ENTRE ALGUNS PESCADORES QUE INCLUSIVE CHEGARAM AS VIAS DE FATO,E A ADMINISTRAÇÃO DO PESQUEIRO RESOLVEU TIRA-LOS, MAIS FOI MELHOR AGORA OS PEIXES BATEM EM TODO LUGAR NAO SÓ NA CEVA.

    OBRIGADO RICARDO…

    FERNANDO TODOS OS PEIXES FORAM FISGADOS NO PINTINHO, AS OUTRAS ISCAS NEM MEXERAM, MAIS NOS DIAS SEGUINTES ALGUNS AMIGOS PEGARAM 9 PIRAS TODAS COM CABEÇA DE TILAPIA, EM RELAÇÃO AS TILÁPIAS O QUE JOGAVA NA AGUA ELAS COMIAM.

    É VERDADE BRUNO, AGORA NAO TEM MAIS BARCO, MAIS OS PEIXES ESTAO ATIVOS E COMENDO BEM MESMO SEM CEVA, ABRAÇOS…

  6. Silvio Fishingtur em janeiro 4th, 2012

    Sandro,

    Excelente pescaria e com a família melhor ainda. O Relato também ficou muito legal.

    Parabéns!!!

    Silvio (Equipe Fishingtur).

  7. cristiano em janeiro 5th, 2012

    apdD SANDRO aqui é o cristiano de sao paulo nos encontramos la nesse dia foi maraviljoso mesmo a pescaria muito bom, pra mim o corego das antas é o melhor pesqueiro do brasil mesmo em breve conserteza voutaremos lá…forte abraço pra vcs e toda a sua familia feliz 2012 pra tods vcs….me mande o seu imail pra mim te mandar as fotos tbm Deus abençoe vcs e fique com Deus!!!

  8. Melo em janeiro 5th, 2012

    O corrego sempre com seus monstros….o meu carnaval vai ser nele…..agora sem os barcos perdeu um pouco a graça, aja braço para arremeçar lá no meio…..mas vamo tentar né….kkkkkk…..parabéns pela pescaria!

  9. Sandro em janeiro 6th, 2012

    Obrigado Silvio e Melo…

    Amem Cristiano, logo tamu junto de novo por esses dias vou ligar pra vc pra congregarmos juntos ai em sp,Deus abençoe vc e toda familia, manda as fotos pra mim meu e-mail é sandrodental@uol.com.br e msn sandro_dental@hotmail.com, abraços e apdd…

  10. BRUNO PERES em janeiro 9th, 2012

    é mesmo, tem o seu ponto bom e o ruim a retirada dos barcos , o ruim é qeu nao vai masi ter ceva de pintinhos la no meio, e a boa é que acabaram as brigas ,discussoes , atrapalhoes para aremesar e etc , eu liguei no corrego sexta agr , e perguntei sobre a retirada mesmo , e a mulher me falo que tinha pai andando com filhos pequenos dentro do bardo e coisas assim , outro dia mesmo um pescador pegou o barco só pra ele e ficou pescando o dia inteiro no fim do lago perto do mato , kkkkkkkkk
    tem gente que nao tem noção mesmo neh !!

    masi tamu ai neh , em janeiro vou ir la denovo!
    mais vamu tentar de outro geito agr neh ,desanima nao poooovo !!
    abraaços a todos

  11. Marco em janeiro 10th, 2012

    O barco chega a ser uma covardia quando vc usa para virar um saco inteiro de ração, mais para jogar os pintinhos au achava maravilho, peguei um tamba que pesou 41,600kg, um verdadeiro monstro do lado contrário ao restaurante perto da casinha dos pirarucus, e nessa mesma modalidade ( cevando com pintinhos ) um monstro simplesmente acabou com a linha da minha shimano com multifilamento….esse pesqueiro é um sonho, com ou sem barco, alguem sabe me dizer se o cachorrinho marronzinho com cara da vagabundo ainda está lá ?
    abraço e parabéns pela matéria.
    Marco

  12. Olimpio. em janeiro 20th, 2012

    Oi boa tarde. Sobre os barcos,a retiradas deles foi a melhor coisa que fizeram,pois agora ta pegando em todo o lago sem miséria,porque antes só pegava no meio do lago com a ceva,e só quem conseguia arremessar bem longe é que pegava porque os peixes só ficavam lá. Um abraço a todos. Olimpio Equipe Móia minhoca.


Fatal error: Call to undefined function show_subscription_checkbox() in /home/storage/b/dc/e9/fishingtur/public_html/wp-content/themes/ad-clerum-10/comments.php on line 101
xxxx