Reportagens

FishingTur

Olha aí

Interativos

Anúncios



Pesqueiro Córrego das Antas – Uma fantástica pescaria com grandes peixes em Glicério

Local: Pesqueiro Córrego das Antas  -  Glicério – SP
Data: 9 a 13 de Janeiro de 2012

Olá amigos,

Meu nome é Vitor e estou trazendo a vocês uma pescaria realizada no Pesqueiro Córrego das Antas em Glicério. Um pesqueiro excepcional com grande quantidade de gigantes, essa foi a segunda vez que fui ao córrego, eu e meu pai fizemos uma pescaria de 5 dias muito produtivos.

Chegamos no pesqueiro dia 9 de janeiro por volta do meio dia, não sabíamos o que esperar porque sabíamos que os barcos haviam sido removidos, porém meu pai insistentemente comprou um inflável e foi ele que salvou a nossa pescaria.

Com as coisas arrumadas no chalé e com o barco inflado, fomos pescar no aterro.
Todos os tambas foram pegos na ceva, fazíamos uma ceva pequena e concentrada e quase sempre saiam 2 peixes por ceva.

Segue as fotos do 1° dia:

 

Tambacus

Tambacus - Vitor

Minha dica é que usem uma bóia de 100g com um chicote de 25cm e de preferência usem o circle hook por 2 motivos, primeiro porque não machuca o peixe pois só fisga no canto da boca, segundo porque você não perdero peixe. Uma fisgada que parece mágica pois com qualquer outro anzol você fisga 10 peixes e só tira 1.

No primeiro dia nem tentamos pegar as pirararas pois estávamos muito cansados.
No segundo dia nós fizemos amizade com dois pescadores de são Paulo, o Diego e se pai Elso, assim a pescaria ficou muito mais divertida, pois eles são pessoas fantásticas e ambos se ajudaram durante a semana.

No segundo dia tiramos poucos peixes porém não foi porque estava ruim, ocorreu um fato impressionante que direi após a seqüência de fotos:

 

Tambacus

Tambacus - Vitor

Neste dia exatamente as 11:15 meu pai fisgou um peixe, ele deu a vara na minha mão e foi tirar outro peixe, passados 30 minutos o Diego acorda e ele decide esperar sair o peixe para cevar novamente, passadas 2h passo o peixe a meu pai e cansados de esperar vamos cevar, pegamos outros peixes e nada do gigante sair, resumindo, com incriveis 7 horas de briga a linha estoura e meu pai grita de frustração porém ele vê a bóia passeando 5 segundos depois e eu corro com um salva bóia (duas garateias com um chumbo), técnica ensinada pelo Thiago e pelo Yassuo, corri para a outra margem e no segundo arremesso enrosquei na bóia porém seria impossível tirar o peixe de onde eu estava então meu pai se aproxima com o barco para levar de volta ao aterro, quem disse que o peixe deixou, tivemos que chamar outro barco para nos levar até lá quando o peixe finalmente depois de inacreditáveis 8 HORAS E 45 MINUTOS de briga pranchou, vimos seu tamanho, era um tambaqui enorme com mais de 40kg porém quando um rapaz que estava pescando ao nosso lado chegou com o passaguá, ele escorregou feio e caiu em cima do chicote, cortando-o no meio, isso não é historia de pescador, pode perguntar a qualquer funcionário do pesqueiro, 8 pessoas diferentes brigaram com esse peixe, não conseguimos tira-lo mas a experiência foi incrível.

A noite, nada das piras.

O terceiro dia foi bem ruim, uma tempestade enorme fez com que a pescaria acabasse mais cedo, porém a noite ainda tiramos uma pequena pira no Camboja:

 

Córrego das Antas

Córrego das Antas

 

O quarto dia ficamos em frente ao restaurante e tivemos bons resultados:

 

Córrego das Antas

Córrego das Antas

 

Trocamos as tralhas e estávamos decididos em pegar uma pira grande e ela apareceu:

 

Pirararas

Pirararas

 

Todas as piras foram pegas no meio do lago, mesmo de noite na tilápia viva, porém elas só entraram numa técnica do meu pai que no começo achei ridículo mas deu muito certo, ele pegava a tilápia e cortava com uma tesoura os espinhos de cima e as nadadeiras dorsais deixando apenas a cauda, assim ela fica meio tonta, nadando desesperada e o ataque é certeiro.

No quinto e último dia tiramos bons peixes:

 

Tambaquis

Tambacu e Tambaquis

Queria agradecer ao Yassuo e ao Thiago por me ensinar a pescar com ceva de pintinho, ao Diego e se pai Elso e ao japonês e seu filho que pescaram conosco, além é claro do pessoal do pesqueiro, o Daniel, Thamires, Fátima…

Queria agradecer muito ao Marcio pelo espaço.

Boas pescarias……

Vitor

AGRADECIMENTOS

Pesqueiro Córrego das Antas
www.pesqueirocorregodasantas.com.br

Bóias Barão
www.boiasbarao.com.br

Massas Paturi
www.massaspaturi.com.br

Império da Pesca
www.imperiodapesca.com.br

Fishing Master
www.fishingmaster.com.br

.
.


Gostaria de receber as matérias por e-mail? Cadastre-se aqui!

28 Comentários

  1. Matheus em março 19th, 2012

    Poutz, quase 9 horas de briga

    esse peixe se não morreu depois, passou por muito pouco, de cansaço

    mas que deve ser uma enorme frustração perder um peixe assim, deve

    da raiva só de ler kkk

  2. Silvio Fishingtur em março 19th, 2012

    Vitor,

    Parabéns pelos peixes…. a matéria ficou legal e gostei dessa técnica do seu pai com a tilápia… de fato ela deve ficar meio que nadando de forma diferente e atrair mais rapidamente os predadores.

    Abraços,
    Silvio.

  3. Bruno Valente em março 19th, 2012

    Boa pescaria garoto, mas essa briga de quase 09 horas ai não tem mto como acreditar hehehe Nem Piraiba demora tanto tempo pra tirar da água. Só se não estavam forçando absolutamente nd o peixe, pq com 9 horas de briga intensa o peixe acredito que morre mesmo. Abraco!

  4. léo patrick em março 20th, 2012

    PARABÉNS PARCEIRO BELOS TAMBAS . MAIS 8 HORAS E 45 MINUTOS É OSSO EM SERÁ QUE NUM FISGO A FREE WILLY NÃO ??? HEHEHEHEHEH

  5. Saulo em março 20th, 2012

    belos peixes , só nao entendi o porque de tanto tempo brigando com o peixe !! era linha fina e varinha leve ? abraço

  6. Guilherme Zeviani em março 20th, 2012

    Ola Victor, primeiramente parabéns pela matéria e pelos lindos peixes fisgados.
    Vou deixar minha humilde opinião sobre a briga de 8h45mim.
    Brigas que se prolongam muito muito podem levar o peixe a exaustão e consequentemente o risco de um peixe desses morrer é muito grande. Quando vamos a pesqueiros como o Córrego, onde sabemos que tem exemplares gigantes, temos que ir com equipamentos adequados, para evitar esse tipo de situação. Não quero que leve esse comentário como uma simples crítica, estou apenas apresentando minha opinião.

    Mais uma vez parabéns pelos lindos Tambas e Piras!!

  7. Diego A. em março 20th, 2012

    vitao!!!
    parabens pela reportagem!
    se fossemos colocar todas as nossas fotos desses dias de pescaria iriamos precisar de umas 3 reportagens!
    hahahaha

    concordo com os comentarios sobre a exaustao do peixe apos quase 9 horas de briga…mas eu fui um dos que brigou com esse peixe! fiquei umas 2 horas com ele na linha e realmente o bixo nao se entregava por nada! uma coisa que eu nunca vi! em relaçao ao equipamento…era suficiente para os peixes do corrego visto que com a mesma vara e linha o vitor tirou com relativa facilidade dezenas de outros tambas!

    agradeço a voce e seu pai que sao pessoas maravilhosas e a pescaria nao seria a mesma sem voces la!

    abraços a voce e ao sergiao!

  8. vitor em março 20th, 2012

    a vara era media e a linha 0,37, todo mundo do pesqueiro achou que era enrolaçao mas todosssss os pescadores que estavam pescando no corrego brigaram com o peixe e ninguem conseguiu fazer nada.

  9. vitor em março 20th, 2012

    ae diego, é verdade foi muito peixe mesmo, espero fazer mais pescarias com vc e seu pai.
    abraçoss

  10. vitor em março 20th, 2012

    guilherme. eu sei disso mas na mesma vara que perdi esse peixe eu tirei 2 tambas de 25 e o tambaqui que pesou 29kg, a tralha estava certa porem o peixe que nao cooperava.
    so eu peguei 78 peixes nesses 5 dias e pelo menos 10 grandes sairam naquela vara, em relaçao a exaustao do peixe nos estavamos mutio preocupados quando passaram as primeiras 6h, porem nenhum pescador no mundo cortaria a linha apos tanto tempo de briga, concordo com vc mas nao tinhamos o q vazer… abraços

  11. felipe em março 20th, 2012

    parabens bela pescaria e que pena esse tambaqui em

  12. fabio pijama em março 20th, 2012

    parabens pela pescaria,ja estive la com meus perceiros de pescaria e pegamos alguns peixes bons.mas nao desse tamanho acho q nem uma piraiba no seu abitar natural nao demora isso.e por isso q pescador tem fama de mentiroso.

  13. thiago em março 21st, 2012

    n e querendo desmentir vc mais nunka que tamba demora tanto assim pra sair so demora tudo isso se pescador deixa, podia ser de 40 50 kilos mesmo assim n demoraria 9 horas pra sair do lago o proprio peixe n aquenta tudo isso…

  14. quinho dualibi em março 22nd, 2012

    parabens pelos tambas e pelas piras mais a minha piapara ganho fisguei a piapara no paranazão em castilho e fui tirar ela em corrientes na argentina mais nem era grande so era briguenta kkkkkkkkkkkkkkkkkk

  15. léo patrick em março 24th, 2012

    iae quinho essa da piapara foi duida em … kkkkk vo cobra direitos autorais !! rsrsrs

  16. Guilherme Zeviani em março 27th, 2012

    KKkkkkkKKKKKKKKKKK….

    O pessoal já alopra…

    kkkkkkkkkk

  17. tio patinha em março 28th, 2012

    to até com medo desse vitor,nem em rio ouvi essas historia de 9 hora com pexe na linha,78 pexe rapais vai no campeonato q o premio é seu
    abraço kkkk

  18. tio patinha em março 28th, 2012

    brincadera parcero,boa materia

  19. Samuel em abril 1st, 2012

    Vitor, se eu levar um barco inflável, eu posso seva no rio ? vou la semana que vem, se pude da alguma dica ae pra min, abrrss ;D

  20. Samuel em abril 1st, 2012

    Qualque coisa me manda um e-mail, samuka_junin@hotmail.com vlw ae ;D

  21. vitor em abril 1st, 2012

    sim samuel voce pode. A melhor dica é cevar bem no meio (se voce conseguir acetar longe) porem o segredo é o tamanho da ceva se for muito pequena o peixe come muito rapido e voce nao tem chance, se for muito grande a ceva se dispersa muito e voce nao pega o peixe e perde a ceva o ideal é ter um local para transportar para sempre levar a mesma quantia, o ideal é testar as quantidades mas algo em torno de 5 a 7 maos cheias. outra coisa. espero que a materia e isso que falei ajude voce a pegar varios peixes… peça para o Daniel ajudar voce pois ele é muito gente boa e conhece as manhas do local. abs

  22. vitor em abril 1st, 2012

    quem duvida do tempo que o peixe levou para sair da agua pergunta para o daniel e para a thamires que eles respondem…

  23. Atila Galisteu da silva em abril 2nd, 2012

    Opa amigo beleza,quais foram as medidas de anzol circle hook usada para a pesca dos tambas?

  24. Samuel em abril 2nd, 2012

    Demoooro, vlw ae vitor ;D
    vo la depois do feriado, vamu ve o que vira, vai se a primeira vez que eu to inu, esse daniel que voce cito, ele trabalha la ? pow cara, to levano uma varinha com 0,70 e as outras com linha 0,60 se acha fraca ? abrss

  25. Guilherme Zeviani em abril 2nd, 2012

    Fui no Taquari nesse fds e esse papo de quase 9 horas de briga já virou chacota entre os pescadores que tomaram conhecimento.
    Tinha um pescador que estava na oportunidade, inclusive assumiu a briga por alguns poucos segundos e constatou a causa do absurdo tempo de briga.
    Segundo ele, que presenciou a sena a FRICÇÃO DO EQUIPAMENTO ESTAVA PRATICAMENTE TODA SOLTA.

    Esse mesmo cara que disse que a fricção estava solta confirmou que era um tambaqui realmente bem grande, mas que se o equipamento estivesse bem regulado a briga não demoraria mais que uma hora. SRSRRSRSRSRS

    Mesmo assim, conforme já disse acima, parabenizo pelos belos peixes fisgados…

    ABRAXXX

  26. Matheus em abril 10th, 2012

    ah, então se a fricção tava solta, o peixe não tava se esforçando, tava só passeando no lago e levando a linha sem nem perceber direito…

    ai fica facil

  27. marquinho m e m em abril 18th, 2012

    kkkkkk vo increver esse tamba no strongfish

  28. Ricardo Senna em julho 6th, 2012

    Nossa hj que eu vi os comentarios sobre o peixe de nove horas de briga.! Primeiramente parabens pela pescaria , bons peixes.! mais infelizmente nao consigo ver como uma pessoa poderia ficar nove horas com um peixe na ponta da linha , Sou pescador do corrego das antas a anos , vou direto pra la e quem me conhece sabe que ja passamos diverssas situações la , mais tamba maior que trinta quilos , no maximo , estourando 30 minutos , mais que isso acredito eu que seje uma coisa de louco , o que eu ja vi por la realmente é uma pira sendo fisgada numa linha de multi 0,28 carreta perfil baixo e vara de 30 a 50 libras , me lembro que realmente o menino demorou pouco mais de uma hora , mais pelo fato de que ele nao queria perder o peixe e nao perder o equipamento.! mais nove horas , possivelmente voce entraria para alguns records do pesqueiro , Amigao critica construtiva ok! nao leve a mal os comentarios! mais acho que nove horas de briga com o peixe , muito possivelmente o peixe nao aguentaria e boaiaria ! Abraços..


Fatal error: Call to undefined function show_subscription_checkbox() in /home/storage/b/dc/e9/fishingtur/public_html/wp-content/themes/ad-clerum-10/comments.php on line 101
xxxx