Reportagens

FishingTur

Olha aí

Interativos

Anúncios



Pesqueiro Córrego das Antas – Equipe Fishingtur com as Pirararas e grandes redondos na ponta da linha

Local: Pesqueiro Córrego das Antas
Data: 03, 04 e 05 de Junho de 2010

PESQUEIRO CÓRREGO DAS ANTAS – PARTE – 1

Equipe Fishingtur com as Grandes Pirararas e Redondos na Ponta da Linha.

Olá amigos,

Estava há mais de 2 meses sem pescar, por isso a ausência de matérias, mas consegui uma folga no trabalho e decidimos fazer uma pescaria no Pesqueiro Córrego das Antas localizado na Cidade de Glicério que fica aproximadamente 500 km da Capital Paulista, e como a maioria dos freqüentadores do nosso site já sabe, é morada das Grandes Pirararas e de enormes redondos.

Para essa “árdua” tarefa o time “convocado” e formado foi composto pelo Reinaldo, Rene, Gabriel, Marcos e o grande amigo Rogerio que também é colaborador do site.

Como de costume entre nós pescadores, iniciamos a pescaria com os preparativos dos equipamentos, adequando a logística à quantidade de participantes. Com tudo pronto, marcamos a saída de São Paulo para o dia 02/06 por volta das 18h00min h., com horário previsto de chegada no pesqueiro as 23h00min h. O Rogerio morador da Cidade de Mogi Guaçu-SP foi o primeiro a chegar e logo depois chegou o Reinaldo e Rene, completando o time, visto que, o Marcos havia seguindo pela manhã e o Gabriel que reside na cidade de Americana-SP chegaria somente na quinta-feira 03/06.

Como de costume trânsito na saída da Cidade de São Paulo, mas nada que trouxesse desmotivação. A adrenalina e expectativa para nossa pescaria superavam com sobra o congestionamento inicial da viagem.   

Após a cidade de Sorocaba, viagem tranqüila, parada para um rápido Lanche na Cidade de Bauru-SP e por volta de 01h00min h., da manhã estávamos dentro do pesqueiro. Rapidamente descarregamos os equipamentos e como a noite não estava das mais frias, resolvemos montar os equipamentos e já lançamos nossas iscas na água.

Em menos de 30 minutos engato uma Pirarara e pelas corridas e tomadas de linha, identificamos ser uma das grandes, mas infelizmente após uns 10 minutos a linha se rompe e tínhamos a primeira de uma série de Pirararas “perdidas”.

Logos em seguida um equipamento do Rogerio que estava iscado com Minhocoçu (isca matadeira no findi) de fundo começa a cantar e logo a briga se inicia. Depois de uns 15 minutos umas das grandes sai para a foto.

 

Pirarara - Rogério

Pirarara - Rogério

Pirarara - Rogério

Pirarara - Rogério

 

A madrugada foi passando e por volta das 05h00min h., caiu uma forte neblina sobre o pesqueiro e apesar do Rene ter capturado um tambaqui de aproximadamente uns 15 kg, não tivemos mais nenhuma ação. Com a falta de ação o frio predominou.

Estávamos pescando em frente ao restaurante e por volta das 06h00min h., já com o dia amanhecendo disse aos amigos para passarmos o dia pescando no aterro (lateral do Lago), devido ter observado uma grande movimentação de peixes naquele local.

Seguimos para o novo ponto de pesca e no primeiro arremesso engato uma bonita Pirarara que depois de uma boa briga saiu para a foto.

 

Pirarara - Silvio

Pirarara - Silvio

Pirarara - Silvio

Pirarara - Silvio

  
Com a captura dessas pirararas, dia clareando e sol brilhando forte, iniciamos a “caça” aos enormes Tambaquis e Tambacus, mas eles estavam muito manhosos e atacando pouco as nossas iscas. Alguns pacus entre 4 e 6 kg foram capturados (sem foto), mas nada dos monstros aparecerem.  

O Rene foi quem mais insistiu pela manhã na captura dos Tambas e foi recompensado com um belo Tambaqui (verdinhos).

 

Tambaqui - Renê

Tambaqui - Renê

Tambaqui

Tambaqui

 

Com a falta de ação dos grandes tambas, voltamos para as Pirararas que estavam bem ativas e todos conseguiram capturar bons exemplares no período da tarde.

Pirarara

Pirarara

Pirarara - Reinaldo

Pirarara - Reinaldo

 

Pirarara - Rogério

Pirarara - Rogério

 

Pirarara

Pirarara

 

Pirarara - Renê

Pirarara - Renê

Pirarara

Pirarara

 

Pirarara - Silvio

Pirarara - Silvio

Pirarara

Pirarara

 

O Marcos chegou e ficou pescando na outra margem do Lago e logo na chegada capturou um bonito dourado que saiu para foto com o Fernando (sobrinho do Marcos).

 

Dourado - Fernando

Dourado - Fernando

Abaixo parte dos equipamentos que estávamos utilizando e a galera esperando e conversando enquanto aguardávamos pelas batidas das Pirararas.  

 

 

Equipamentos

Equipamentos

 

Equipe Reunida

Equipe Reunida

 

 
Com o final da Tarde, partimos novamente para os tambas que estavam mais ativos e alguns exemplares foram capturados.

Tambacu - Gabriel

Tambacu - Gabriel

 

Reinaldo e Marcos

Reinaldo e Marcos

 

Tambacu - Marcos

Tambacu - Marcos

 

Tamba - Rogério

Tamba - Rogério

 

Muitos peixes na Linha – Briga de gente Grande

 

Peixes ne Linha

Peixes ne Linha

Equipe

Equipe

 

No inicio da noite, o Marcos que tem parentes na Cidade de Braúna (próxima ao pesqueiro) encerrou sua pescaria, e nós montamos o nosso QG na margem do lago, e continuamos a nossa pescaria. As pirararas e alguns tambas continuaram a sair e tínhamos ações a todo o momento.

Tambacu - Renê

Tambacu - Renê

 

Tamba - Silvio

Tamba - Silvio

 

Pirarara - Gabriel

Pirarara - Gabriel

 

Tamba - Silvio

Tamba - Silvio

 

Por volta das 20h00min h., o Gabriel montou um equipamento “parrudo“, com carretilha Penn Linha 0.80 mm e uma Tuvira enorme como isca, e disse-me que com aquela Tuvira ele merecia uma pirarara de uns 50 kg. Eu disse para ele, com certeza parceiro e ele todo sorridente e impossibilitado de arremessar a tuvira no meio do lago foi buscar o barco e deixou a tuvira iscada a 1 (um) metro da margem. Todavia, quando estava dentro do barco outro pescador estava com uma pirarara fisgada e não conseguia trazer o peixe para a margem e pediu um help para tirá-lo e prontamente o Gabriel colocou o pescador no barco e saiu atrás da Pirarara.

Passado 5 minutos, observo o equipamento do Gabriel iscado com a Tuvira cantando e tomando muita linha e rapidamente corro e confirmo a fisgada e uma grande briga se inicia e nada do Gabriel aparecer…… A briga foi das boas com equipamento equilibrado e depois de uns 15 minutos uma bruta chega à margem e vai para a(s) foto(s). Não preciso nem dizer a frustração do amigo Gabriel por não ter brigado com esse peixe e claro minha grande alegria por ter sido “presenteado” pelo amigo. Valeu Gabriel!!!!!

 

Pirarara - Silvio

Pirarara - Silvio

Pirarara

Pirarara

Pirarara - Silvio

Pirarara - Silvio

 

As 23h00min h., diante das capturas deste a madrugada e meio ao cansaço que se apresentava resolvemos descansar um pouco para repor as energias para o dia seguinte.

Como registrado no titulo, essa Pescaria em nosso entendimento foi excelente e não vamos conseguir retratá-la em uma única matéria, desta forma, vamos dividir o relato em 2 partes. Sendo assim, aguardem que em breve publicaremos a Parte 2 de nossa aventura, e adianto que terá ainda, grandes Pirararas de até 35 kg e Grandes Tambacus de até 25 kg.

DICAS IMPORTANTES:

A região é dotada de muitos pernilongos e principalmente borrachudos, sendo assim, são obrigatórios o uso de repelentes.

Utilize tênis com meia  e calça, certamente evitará as tradicionais picadas nas pernas e tornozelo.

Outros itens obrigatórios são o Protetor solar fator 50, óculos polarizados e Boné

EQUIPAMENTOS UTILIZADOS:

Varas: Kenzaki, Pampo de 2.40 e 2.70 m. e Evolution da MS de 60 e 80 lbs 
Carretilhas:  Daiwa Advantage 151,  Shimano Curado 301, Penn 321, Abu Garcia 5601, 6501 e 7001   
Bóias: Bóias Barão cevadeira e foguete de 55, 60 e 65 gramas
Linhas: Monofilamento de 0.35, 0.40, 0.50, 070 e 080 mm
Miçangas: Vermelha, Preta, Marron escuro, Café com Leite e Coquinho (boa produtividade)
Iscas: Minhocoçu (70% das capturas para as Pirararas)
  

TEXTO: Silvio
FOTOS: Reinaldo, Rene, Marcos e Silvio

 

Esperamos com a parte 1 dessa matéria, passar algumas dicas e possibilidades de pesca no Pesqueiro Córrego das Antas em Glicério, que apesar da distância de São Paulo é sem dúvida um dos locais onde é possível capturar os enormes tambas e pirararas. Aguardem a segunda parte desta pescaria.

O Fishingtur fica a disposição através do canal abaixo, para dúvidas criticas e ou sugestões.

 

Grande abraço a todos os amigos e vamos pescar!

 

Silvio Leme

 

AGRADECIMENTOS

Pesqueiro Córrego das Antas
Glicério – SP
018 – 3647 6278
www.pesqueirocorregodasantas.com.br

 

Bóias Barão
www.boiasbarao.com.br

 

Massas Paturi
www.massaspaturi.com.br

 

Net Pesca
www.netpesca.com.br
.
.
.
.

 


Gostaria de receber as matérias por e-mail? Cadastre-se aqui!

24 Comentários

  1. Ricardo em julho 12th, 2010

    Show de pescaria. Parabéns a todos!
    Ricardo.

  2. Denis em julho 12th, 2010

    Ola, e o pintinho não deu resultado nesta pescaria?

  3. Alemao em julho 12th, 2010

    Quero dar os parabens a toda equipe em fantastica matéria.

    Silvio parabens pelo relato em ficou muito bom mesmo, estava aguardando essa materia a algum tempo, o nosso grande pescador Rogerio tinha feito alguns comentarios sobre a quantidade de peixe fisgados.

    Não conheço o corrego mas acredito que nesta epoca as pirararas ficam bem ativas e sempre as matérias mostra o grande potencial de peixes.

    O dia que Eu conseguir fazer uma pescaria no corrego vocês tem que fazer parte dela é sucesso garantido.

    Parabéns a todos ai pelas pirararas e tambaquis.

    Uma Abraço do amigo Alemão!!!

  4. Paulinho em julho 12th, 2010

    Agora é esperar a Parte 2 da matéria , a 1 foi sensacional em quantidade e qualidade dos peixes.Pois é Silvio , ganhou um presentão do Gabriel ….também já passei por isso…kkkk
    Um abraço , Paulinho.

  5. Silvio em julho 12th, 2010

    Denis, boa noite.

    Fizemos capturas com pintinho sim, mas com baixa produtividade….., o que estava “matando a pau” era mesmo o minhocoçu.

    Alemão: Obrigada pelos elogios… o Córrego é um pesqueiro que todos nós pescadadores amantes dos grandes Tambas, Pirararas e da Pesca Esportiva deve conhecer… Certamente você irá em breve e será um prazer participar dessa aventura contigo.

    Grande abraço amigo.
    Silvio.

  6. Marcio David em julho 12th, 2010

    É isso aí Silvio, Rogério e Cia. Show de matéria, isso porque tem a segunda parte e também tem a pescaria que eu fiz uma semana depois que vcs foram, só bitelos tbm.

    Córrego é Córrego ! ! ! !

    Abraços

    Marcio Fishingtur

  7. Marco em julho 13th, 2010

    FUI NO CÓRREGO E NÃO GOSTEI…sabem porque ? porque depois não consegi mais ir em outro pesqueiro…o lugar é maravilho e saiu muito bitelo, parabéns pela pescaria belas fotos.

    Abraço Marco

  8. Rafael Camargo em julho 13th, 2010

    Parabens galera…esse pesqueiro eh muito bom mesmo…

    Abracos

    Rafael Camargo

  9. Eduardo Caldas em julho 13th, 2010

    Parabéns pela matéria!!!
    Muitos peixes grandes, imagino a resistência destes gigantes pra não serem capturados…

    To planejando uma pescaria nesse pesquiero, a próxima vez que a turma se reunir no Córrego pode me chamar que vou tentar ir tb, ok?

    Abs.

  10. gabriel Luis Silva em julho 14th, 2010

    Belos peixe no pesqueiro to pensado em ir ai no dia 21 pra dar uma pescada abraços

  11. Silvio em julho 14th, 2010

    Opá Eduardo, certamente vamos avisá-lo, para essa empreitada e contamos com sua presença.

    Abraços,
    Silvio.
    Fishingtur

  12. matheus machado em agosto 1st, 2010

    esse pesqueiro ainda me aguarda … se deus quiser ainda vou sair aki de bh pra ir nesse lugar maravilhoso..

  13. João Pereira Barros em agosto 8th, 2010

    Queria ganhar uma diaria para conhecer este pesqueiro maravilhoso…fico no aguardo…muito grato.

  14. Felipe Gouveia em agosto 15th, 2010

    Home of a Big Fish’s. (:

  15. claudio em agosto 25th, 2010

    ola pescadores de plantão, se possivel qual o valor de uma diaria no corrego das antas valeu,fico no aguardo claudio…

  16. Silvio Fishingtur em agosto 25th, 2010

    Claudio,

    O valor para ficar hospedado no chale é de R$70,00 a diaria. O chale comporta até 4 pessoas e tem direto a Café da Manhã. Para acampar levando Barraca o valor é R$10,00 o dia por pessoa.

    Além desses custos você terá a taxa de pesca diurna que estava R$23,00 e a taxa de pesca noturna no valor de R$15,00 por pescador.

    Espero ter ajudado.

    Abraços,
    Silvio.
    Fishingtur

  17. fabio cabral em setembro 7th, 2010

    PARABÉNS PELA MATERIA SHOW DE BOLA
    SE POSSIVEL ME TIRE UMA DUVIDA POIS O PESQUEIRO NÃO RESPONDE MEUS EMAILS
    ESTOU INDO PARA LA COM MAIS UM PARCERIO SAINDO DE SÃO PAULO CAPITAL E GOSTARIAMOS DE FAZER UMA ESTIMATIVA DE GASTO EM 3 DIAS DE PESCA, JA VI ACIMA O VALOR DA DIARIA NOS CHALES E DA PESCA ESPORTIVA TBM, MAS FORA ISSO POR GENTILEZA EM TERMOS DE ISCAS, E PEDAGIOS, QUATO VC ACHA QUE SAIRIA PARA MIM E PARA O PARCEIRI, MUITO GRATO E MAIS UMA VEZ PARABÉNS PELA MATÉRIA, ABRAÇOS

  18. Henrique em setembro 10th, 2010

    Parabens pela pescaria..
    Motivado pela matéria gostaria de estar indo ao pesqueiro em outubro, gostaria de saber se o pesqueiro tem uma boa estrutura de chales e restaurante.. penso em levar minha mulher e bebe..
    Abraços..
    Henrique

  19. Silvio Fishingtur em setembro 10th, 2010

    Henrique, boa noite.

    Obrigado pelo elogio.

    O pesqueiro do Córrego tem uma estrutura mediana para acomodar a familia. Os chales principais (ligue e reserve com antecedência)são bons e tem 2 comôdos e 1 banheiro privativo com ar condicionado e uma cama de casal. Tem 2 chales com essa Infra e ficando com a família em um desses estará bem. Ficando no Chale, você terá direto ao Café da manhã simples (pão com manteiga, presunto/queijo e suco de laranja). As Refeições tem o tradicional self service aos finais de semana, e considero uma comida simples, mas de boa qualidade com opções de saladas e carnes. Não existem muitas opções para crianças, mas como mencionou que tem um bebe não terá problemas, apenas muito cuidado e repelente em ambundância nele devido a grande quantidade de borrachudos. O calor por lá também é forte.

    Em resumo não tem uma Infra-Estrutura como o Tio Oscar e ou Taquari (não sei se conhece), mas vai atender bem se você e sua familia optarem por um local simples. No mais peixe não faltará, lá é certeza de grandes capturas.

    Na volta nos conte como foi!

    Demais informações e apoio, estamos por aqui à sua disposição.

    Abraços,
    Silvio.
    Fishingtur

  20. Silvio Fishingtur em setembro 10th, 2010

    Fabio, boa noite.

    A Falta de retorno deve ser devido o Marcio estar viajando demais por esse Brasil em busca de grandes points de pesca.

    Vamos a sua dúvida:

    Saindo de São Paulo, serão 1000 km ida e volta e cerca de 3 tanques de comustivel e se considerar Etanol o custo ficará em torno de R$150,00 + uma média de R$200,00 de pedágio e + Estadia, Pescaria e refeições no pesqueiro durante dia e noite.

    Nessa Pescaria, seguimos em 4 pessoas no carro e o custo ficou em R$100,00 por dia para cada um incluindo todas as despesas.

    Demais informações e apoio, estamos por aqui à sua disposição.

    Abraços,
    Silvio.
    Fishingtur

  21. Silvio Fishingtur em setembro 10th, 2010

    Fabio,

    O valor aproximado de Pedagio para ida/volta será de R$120,00 e não R$200,00 como mencionado.

    Abraços,
    Silvio.
    Fishingtur.

  22. Adriano Santana em dezembro 6th, 2010

    Bom dia a Todos leitores.

    Ja vi muitas pessoas falando desse pesqueiro, fiz uma cotação para pescar entre os dias 21,22 e 23 de dezembro de 2010.

    Vou ficar no aguardo da resposta do pesqueiro.

    Caso de certo, mando as fotos para os futuros leitores e internautas.

    Sem mais, um abraço a todos.

  23. Gabriela em maio 19th, 2013

    Onde que fica localizado o Pesqueiro?

  24. Fernando Fishingtur em julho 14th, 2014

    Gabriela, é localizado na cidade de GLICÉRIO a aproximadamente 500km de SP


Fatal error: Call to undefined function show_subscription_checkbox() in /home/storage/b/dc/e9/fishingtur/public_html/wp-content/themes/ad-clerum-10/comments.php on line 101
xxxx