Reportagens

FishingTur

Olha aí

Interativos

Anúncios



Pesqueiro Pantanosso – O gigantismo prevalece e a esportividade é 100%

Local: Pesqueiro Pantanosso  -  Mairinque – SP
Data: 11 de agosto de 2011

Olá Amigos,

Mesmo com o frio que fez neste mês de agosto em São Paulo, nossa equipe não parou de pescar. Depois de alguns dias de chuva, tivemos um ótimo dia de sol e foi ai que decidimos ir até o Pantanosso atrás das grandes carpas cabeçudas.  Saímos de São Paulo as 5h da manhã, na estrada a temperatura estava em torno de 11 graus.  Como de costume paramos no posto do Km 53 para um bom café e as 6:10h estávamos na porta do Pantanosso e já tinham 2 carros em nossa frente. No primeiro carro tivemos o prazer de encontrar dois leitores que sempre nos enviam matérias, o Zé e o Nhonho. Depois de um breve bate papo, o Itamar já estava abrindo o portão e nos dirigimos para as plataformas.

O Zé ficou na plataforma 1, um outro senhor na 2 e nós( Marcio, Giorgio e Saulo ) ficamos nas plataformas 3 e 4. Nossa intenção era fazer a pescaria de carpas cabeçudas, mas acabamos montando equipamentos para tambas e pintados também.  Deixamos as varas para carpas entre as plataformas 3 e 4 e ficamos na 3 para arremessos com as bóias cevadeiras.

Vamos começar mostrando um vídeo que fizemos no decorrer dia com belos exemplares.

V  Í  D  E  O


20 minutos de vídeos…

O Saulo começou o dia fisgando uma pincachara na cevadeira com ração na pinga a 30cm de profundidade.

Pantanosso

Pincacahra - Saulo

Na sequencia uma de minhas bóias afundou e o Giorgio que estava mais perto fez o difícil trabalho de brigar com o peixe. Estávamos com a Massa Paturi de Amendoim, misturada com Banana com mel. A profundidade era de 1,5mts.  Uma bonita e briguenta carpa prateada.

 

Pantanosso

Carpa Prateada - Giorgio

Montei um equipamento bem leve e deixei perto da plataforma 5 com uma salsicha, mas como nossa salsicha não estava flutuando, coloquei um EVA BARÃO cor de telha na linha e depois de fisgar a salsicha, encostei o EVA no olho do anzol e assim a salsicha ficou na superfície.

E não demorou muito quando olhei e vi a varinha toda envergada, foi correr, pegar a vara a brigar com a pequena e valente pincachara.

 

Pantanosso

Briga com Pincacahra

Pincacahraa

Pincacahra - Marcio David

Outra bóia afundou, agora era minha vez, recolhi o excesso de linha e ergui a vara, no mesmo instante o peixe começou a puxar linha, parecia um tamba, mas não, era uma bonita e gorda carpa cabeçuda. Aqui no Pantanosso é um dos poucos lugares onde vejo as carpas brigarem tanto assim, esse recadinho vale aos que dizem que carpas não brigam.

Esta novamente na Massa Paturi de Amendoim com Banana e mel a 1 mt de profundidade.

 

Pantanosso

Carpa Cabeçuda - Marcio

carpa

Carpa - Marcio

Agora foi a minha vez de fisgar uma pincachara na Bóia cevadeira Barão com chicote de 1,5 mts e um anzol de robalo com 2 eva’s e uma miçanga caramelo. Depois de muito cevar notamos alguns redondos comendo e muitos pintados grandes, mas quem acabou atacando a isca foi esta pincachara.

 

Pincacahra

Pincachara - Marcio

Outra bóia afunda e o Saulo foi conferir, depois de muita briga, várias tomadas de linha a gigantesca carpa chegou perto da plataforma, era um exemplar acima dos 30kg, realmente uma gigante, mas ainda estava muito forte, indo de um lado para outro. Nosso amigo Saulo se precipitou dando um passo atrás quando a carpa decidiu ir para baixo da plataforma. Não deu tempo nem de pensar e a linha estava estourada. Foi decepção geral, pois era uma gigantesca carpa cabeçuda.

Enfim, bóia na água e quando olhamos estava faltando uma, ou seja, mais uma carpinha. O Giorgio brigou com esta por muito tempo, grandes corridas, equipamento equilibrado, sem força a boca do peixe, garantindo assim muita esportividade até que um grande exemplar encostou na margem.

Briga com Carpa

Briga Com Carpa

Carpa Cabeçuda

Carpa Cabeçuda - Giorgio

Carpa

Carpa - Giorgio

Pesque e Solte

Pescar e Soltar, Sempre !

No decorrer do dia, conforme o sol ia esquentando, alguns pacus foram saindo na cevadeira com ração na pinga, variando o chicote de 20 a 40cm. Pelo frio que estava, já estava de bom tamanho.

 

Pacu

Pacu - Giorgio

Pacu

Pacu

E novamente na salsicha flutuando outro exemplar de pincachara.

 

Pincacahra

Pincachara - Marcio

Na parte da tarde a pescaria com cevadeiras ficou mais animada, grandes explosões e muito peixe comendo perto do mato, do outro lado do lago, foi aí que o Saulo e o Zé fizeram um belo doublé de carpas, desta vez, dois belos exemplares de Capins, ambas na ração na pinga.

 

carpas

Carpas Capins - Zé e Saulo

Quando me dei conta, tinha uma bóia a menos de cabeçudas no lago, ops, tinha carpa na área, recolhi lentamente o molinete até sentir que a danada estava ali, fisgada mas quietinha. Foi só forçar um pouco e ela sair puxando linha feito louca. esta eu fisguei a mais ou menos uns 60cm, bem em cima se comparado ao normal aqui no Panta que é de 1,5 a 3mts de profundidade.

 

Carpa

Carpa Cabeçuda - Marcio David

E mais uma pincachara, esta, novamente na cevadeira com eva’s e miçanga.

 

Pincachara

Pincachara

Pincacahra

Pincachara - Marcio

Trocamos todas as iscas e agora usamos a Massa de Amendoim com Frutas e foi fatal, mais uma bóia afundou e outra grande briga rendeu uma gigantesca carpa cabeçuda. Um bonito e gordo, mas gordo exemplar.

 

carpa

Carpa Cabeçuda - Giorgio

carpa

Carpa Cabeçuda - Giorgio

O Giorgio estava segurando-a quando ela começou a se debater, mas os amigos que estavam por eprto ajudaram o Giorgio a segurar a gigante, ficaram bem sujo, mas tudo para não deixa-la cair no chão.

 

carpa

Carpa - Pantanosso

Cabeçuda

Cabeçuda

carpa

Soltando a Gigante...

O final da tarde ficou por conta da pescaria com as bóias cevadeiras, ora na ração, ora nos evas.

 

Pacu

Pacu - Saulo

Carpa

Carpa Capim

Pacu

Pacu

Carpa

Carpa Capim

Até que um Tambacu resolveu aparecer para dar boas vindas a nosso amigo Saulo.

 

Tambacu

Tambacu - Saulo

É impressionante o tamanho de cada carpa capim fisgada, são exemplares que raramente se vê por aí e o melhor de tudo, todas elas com a boca perfeita, diferente do que se vê em outros locais, onde tem a boca desfigurada por causa do alicate. Isso se dá a administração e a fiscalização do Pantanosso que visa a preservação e o bem estar de seus peixes.

 

Carpa

Carpa Capim

carpa

Carpa

Curimbata

Curimbata

EQUIPAMENTOS

Vara Carpa 3mts – Albatroz Fishing
Molinete  CR 4000 – Yume

Vara Rendalli – Albatroz Fishing
Molinete CB 3400  – Yume

Vara Pampo 2,40mt – Albatroz Fishing
Carretilha Curado 200 – Shimano

Vara Infinity II – 10-25 lbs  -  Fleming
Carretilha Citica – Shimano

 

O Felipe esteve alguns dias depois no Pantanosso, chegou tarde mas ainda conseguiu ficar em uma das plataformas. Foi um dia difícil e com poucos peixes, engatou uma bela carpa capim na cevadeira e aproveitou para a foto.

 

Carpa capim

Carpa Capim - Felipe

No final do dia, recolhendo a cevadeira, sentiu um tranco, seguido de uma breve tomada de linha, uma briga pesada, bem diferente, mas como explicar, se estava apenas recolhendo a cevadeira. Enfim, depois de longos minutos de briga, uma carpa gigante encostou na plataforma e com a ajuda de um amigo pescador, tiraram o exemplar que também passa dos 30 kg.

Essa Carpa estava com um chuveirinho preso a boca.  O Anzol que estava na cevadeira do Felipe enroscou em um dos anzóis do chuveirinho da carpa, ou seja, ela estava bem na superfície quando a bóia do Felipe passou e os anzóis se enroscaram.

Carpa

Carpa Cabeçuda - Felipe

Cabeçuda

Cabeçuda - Pantanosso - Felipe

Muita sorte da carpa que conseguiu se livrar do chuveirinho e mais sorte ainda do Felipe que conseguiu brigar com um belo exemplar.

A pescaria é isso, sem regras, sem certezas, o importante é estar na beira do lago e deixar a natureza se encarregar do resto.

Agradecemos a todos os amigos presentes nesta pescaria e um agradecimento especial ao Itamar, Ana e Luis que sempre nos recebe tão bem no Pantanosso.

Abraços

Marcio David

AGRADECIEMNTOS

Pesqueiro Pantanosso
www.pantanosso.com.br

Bóias Barão
www.boiasbarao.com.br

Massas Paturi
www.massaspaturi.com.br

Net Pesca
www.netpesca.com.br

Karicaturas
www.karicaturando.com.br
.
.
.
.

 


Gostaria de receber as matérias por e-mail? Cadastre-se aqui!

12 Comentários

  1. Rafael em setembro 15th, 2011

    Nossa que pescaria show de bola

    parabéns

  2. Walmir em setembro 15th, 2011

    Sugiro que aos mostrarem os peixes fisgados, mostrem também as iscas descritas nos textos.

    Abçs

  3. Silvio Fishingtur em setembro 15th, 2011

    O titulo da matéria deveria ser: SÓ BITELUDAS!!!!

    Abraços,
    Silvio.

  4. Fabio em setembro 15th, 2011

    PARABENS BELOS MONTROS DO PANTA

    pescaria show de bola !

  5. thiago em setembro 16th, 2011

    Boa noite marcio gostaria de saber seu e-mail para eu tirar algumas duvidas com voce sobre pescarias e alguns pesqueiros….
    por favor se vc puder me mande um e-mail agradeço … thiago

  6. LUCAS em setembro 16th, 2011

    COISA LINDA…PESCARIA DE CARPAS CABEÇUDA MTO TECNICA…EXCELENTE OPÇÃO PARA O INVERNO

  7. Bruno Valente em setembro 16th, 2011

    Mto boa a materia e belos peixes pra essa epoca dificil. Cabecudona do Felipe hein!

  8. Rafael em setembro 16th, 2011

    Ô Márcio, a Carpa Prateada é uma outra espécie em relação à Cabeçuda? Como diferenciá-las?
    abraço

  9. LUY em setembro 21st, 2011

    BELA PESCARIA MAIS OTIMA PESCARIA DE VOCES PARABENS TURMA.

    BOAS FISCADAS.

  10. Paulo Cesar em setembro 21st, 2011

    Bela Matéria, uma das melhores que já vi, parabéns…SHOW DE MONSTROS, valeu pessoal,
    Abços do Gordo…!!!

  11. Agnaldo em setembro 24th, 2011

    Valeu Marcio, Giorgio, Saulo e Felipe. Boa pescaria e boa variedade, grandes cabeçudas. Parabéns para equipe e para o Pantanosso tambem. Um abraço a todos.

  12. como fazer caricaturas em abril 28th, 2015

    Nossa só peixão hein xD


Fatal error: Call to undefined function show_subscription_checkbox() in /home/storage/b/dc/e9/fishingtur/public_html/wp-content/themes/ad-clerum-10/comments.php on line 101
xxxx