Reportagens

FishingTur

Olha aí

Interativos

Anúncios



Pesqueiro Recanto do Pacu – Os grandes peixes de Campinas com o Fishingtur

Local: Pesqueiro Recanto do Pacu – Sousas – Campinas – SP

Olá Amigos,

Nossa equipe viajou até Campinas, ao excelente pesqueiro Recanto do Pacu, localizado na cidade de Souzas. Um pesqueiro muito famoso por habitar gigantes Pirararas, tambaquis e tambacus que ultrapassam os 30kg, sem contar as pincacharas e pacus que também são muito abundantes no lago, com isso, eu(Fernando), Marcio David, Léo Paturi e seu amigo, fomos convidados pelo proprietário Sr. Raimundo, para fazer a pescaria em um dia com o pesqueiro fechado, e com isso conseguiríamos mostrar melhor a quantidade e os tamanhos dos gigantes.

Logo ao chegar, eu e o Marcio já começamos a preparar as varas de Pirararas, e também a cevar o meio do lago, e enquanto isso, o paturi já preparava suas excelentes massas, que até mesmo fora d’agua já  mostrava a suas forças, com um cheiro melhor que o outro.

Com tudo pronto, começamos a labuta, eu e o Marcio apostamos na ração na pinga com essência de goiaba, variando a altura de 40 cm a 1 metro, e o Léo e seu amigo apostaram nas massas de fundo. A Carnívora e a de Goiaba..

E os redondos começaram a dar as caras.

Recanto do Pacu

Pesqueiro Recanto do Pacu - Fishingtur

Tentamos também a famosa salsicha flutuando, e em meio a um tamba e outro, algumas pincacharas foram aparecendo.

Recanto do Pacu

Recanto do Pacu - Massas Paturi - Fishingtur

E os tambam não paravam, visto que no Recanto do Pacu não se pode pescar com Evas e Miçangas, a única solução é utilizar a ração na pinga, e o resultado ………. muito TAMBAAAAA rsrsrs

Tambacu

Tambacus - Fishingtur - Massas Paturi

Com a hora do almoço se aproximando, o Sr Raimundo como de costume já ascende nossa churrasqueira, e desta vez, fez até mandioca cozida para nós. Realmente temos que ter prazer em trabalhar para pessoas assim.

E em meio ao churrasco uma catracada denuncia a primeira ação das araras de rabo vermelho. Corro lá e já garanto a primeira fisgada, esta pega com minhocoçu enconstado na margem. Após a soltura, pego um novo minhocoçu e armo no mesmo lugar, encostado na margem e do lado do aerador. E antes mesmo do fim do churrasco, outra bela pira não resistiu.

Pirararas

Pirararas - Fernando

Agora já com as energias carregadas, voltamos para a pesca dos tambas, e como de costume no pesqueiro Recanto do Pacu, é um atrás do outro.

Tambacus

Tambacus

Entre um tamba e outro, mais uma catracada na mesma vara com a mesma isca, e corro lá para fisgar. Desta vez, uma briga mais pesada e mais lenta já denunciava uma pira maior, e logo na primeira corrida, o seu destino foi embaixo do restaurante. Com muita paciência e muita força, consegui domina-la e em menos de 20 minutos de briga ela estava nos meus braços.

Olhem que bela Pirarara do Recanto do Pacu.

Pirarara

Pirarara - Fernando

E com os tambas muito ativos, voltei rapidamente para a pesca deles, e então resolvemos mudar, e tentar o pão flutuando direto no anzol, pois o arremesso no recanto não precisa ser longo, e os tambas estavam cada vez comendo mais perto. E o resultado não poderia ser melhor.

Tambacus

Tambacus

Com o tempo fechado, de repente, uma chuva vem nos refrescar do calor incessante que estava, e como podem ver, mesmo na chuva os tambas não paravam, e o Marcio captura mais um no pão.

Tambacu

Tamba e Chuva...Chuva e Tamba

E como sempre, depois de uma chuva boa, o peixe duplica as ações, e desta vez foi a vez do Paturi receber uma bruta pancada em sua vara iscada com guelra de peixe, e desta vez, era uma briga de gente grande.

Com o tempo de briga berando os 30 minutos, a gigante pira se rende, para alegria de todos nós, e o jeito foi tirar varias fotos com a mesma.

Pirarara

Pirarara - Léo Paturi

E mal dava tempo de soltar a pira, já tinha tamba pegando no pão, e realmente, temos que parabenizar o sr Raimundo pelo seu pesqueiro, pois se tem um lugar que tem muito, mais muito tamba, é lá.

Como nosso pão tinha acabado, o Sr. Raimundo conseguiu alguns pães, porem estam muito duros. O Marcio literalmente cortou cada pão em 8 pedaços ou mais e iscamos as “torradas” em uma anzol chinú 9 e aremeçamos na cevadiera e foi fatal. O pequeni pedaço de pão ía direto para as bocas dos tambas.

Tambacu

Tambacus

E com o horário de nossa pescaria se esgotando, sr Raimundo nos informa que poderíamos dar uma esticadinha até umas 20:00h, e não paravam de sair peixes, eram tambas para todos os lados e o Marcio pega uma bela pira também, esta na guelra de peixe.

Tambacus e PIrarar

Tambacus e Pirarara

Bom, cansados de uma pescaria muito produtiva, começamos a guardar os equipamentos, e voltamos para casa.

Não deixando de parabenizar e agradecer o Sr Raimundo e sua família, que é sempre muito prestativo com a gente.

Obrigado a todos

Fernando Acorci

AGRADECIMENTOS

Pesqueiro Recanto do Pacu
www.recantodopacu.com.br

Fishing Master
www.fishingmaster.com.br

Bóias Barão
www.boiasbarao.com.br

Massas Paturi
www.massaspaturi.com.br

Império da Pesca
www.imperiodapesca.com.br

Abu Garcia
www.abugarciabrasil.com.br/

Berkley
www.berkleypesca.com.br

Shakespeare
www.shakespearebrasil.com.br


Gostaria de receber as matérias por e-mail? Cadastre-se aqui!

3 Comentários

  1. Ricardo Massaro em janeiro 27th, 2014

    Que que é isso hein? Arrebentaram!!!!

  2. Silvio Fishingtur em janeiro 27th, 2014

    Show… Excelente pescarias… Muitos e bons preixes… Abs, amigos.

  3. léo em janeiro 27th, 2014

    lugar muito bom vale apena conhecer fui a primeira vez e quero voltar tem muito monstro para mim conhecer ainda la ,na massa de goiaba no fundo tem que usar gelol a noite vai doer tudo rsrsrsrsr.


Fatal error: Call to undefined function show_subscription_checkbox() in /home/storage/b/dc/e9/fishingtur/public_html/wp-content/themes/ad-clerum-10/comments.php on line 101
xxxx