Reportagens

FishingTur

Olha aí

Interativos

Anúncios



Pesqueiro Saboó – Muitos peixes, churrasco e chuva em São Roque

Local:  Pesqueiro Saboó  -  São Roque  -  SP
Data: 12 e 13 de dezembro de 2009

Olá amigos

Recebemos o convite de nosso amigo Marcos, um dos proprietários do Saboó para realizar mais uma reportagem no pesqueiro.

Chegamos em São Roque, pela Rodovia Castelo Branco, altura do km 58, por volta das 7h da manhã de sábado.

Ao chegar, fomos muito bem recebidos pelos funcionários e conhecemos os novos proprietários e sócios do Marcos, o Edson e a Neusa.

Quem frequenta ou vai frequentar o Saboó, com certeza vai se lembrar e muito do bom atendimento e do bate papo com eles. Como iríamos ficar no único chalé de sábado para domingo, levamos muita carne, carvão e refrigerantes para fazer um bom churrasco no sábado a noite.

O tempo estava bem ruim, muito instavel e com um pouco de vento e as vezes uma garôa fina, mas nada que impedisse a pescaria. Como  o lago é relativamente pequeno, pode-se usar materiais bem leves, o que aumenta e muito a esportividade.

Montei dois equipamentos sendo um para carpas cabeçudas e o outro com a cevadeira. Logo que começamos a cevar alguns bons rebojos nos animou.

A Daniela logo cedo já tinha engatado uma bonita patinga na ração na pinga a uns 50cm de profundidade.

 

Patinga

Patinga

O peixe estava manhoso, rebojando bastante mas não estavam atacando as iscas. Nós estávamos no começo do lago, na parte mais funda e mais larga.

Com o vento a ração foi em direção ao raso e percebi que muitos rebojos estavam por alí. Fui conferir e ví uma quantidade grande de pintados na superfície.

Montei um outro equipamento com vara de 16bs, carretilha e linha 0,36mm e como isca a salsicha flutuando em um anzol de black bass direto na linha na carretilha, sem bóia. Como essa parte do lago é mais estreita, facilmente a salsicha chegava na outra margem, local este que fica mais isolado e somente de uma margem é que se consegue pescar, por isso que  os peixes de couro e carpas húngaras preferem ficar neste local.

Não demorou muito e os ataques começaram.

 

Pincachara

Pincachara

 

Pincachara

Pincachara

 

Como a água é bem limpa, era bem visível escolher qual peixe você queria e aí era só arremessar próximo e esperar. Você só acompanhava opeixe chegando, abrindo a boca e dando o bote. Uma pescaria muito divertida. Só que entre um pintado e outro, os cardumes de dourados roubavam muito a salsicha e dezenas de figadas foram perdidas, pois eles são muito rápidos, mas alguns exemplares foram para a foto também com a salsicha.

 

Dourado

Dourado

Pincachara

Pincachara

Na foto acima o nosso amigo estava com esse pincachara e eu ao fundo brigando com outro pintadinho.

A pescaria foi divertida, pois em certos momentos tinham mais de 5 pintados juntos na superfície.

 

Pincachara

Pincachara

 

Pincachara

Pincachara

 

Alguns exemplares acima dos 15kg estavam por alí também, mas os menores são bem mais rápidos e atacavam a salsicha quase que instantaneamente.

 

Pincachara

Pincachara

 

A vara que estava com a cevadeira foi trocada por um equipamento de fundo com salsicha e uma bela puxada e uma briga bem pesada garantiu um bonito exemplar de redondo.

 

Tambacu

Tambacu

 

Tambacu

Tambacu

 

Mas a brincadeira ficou por conta dos pincacharas na superfície.

 

Pincachara

Pincachara

Pincachara

Pincachara

Pincachara

Pincachara

 

Paramos para almoçar e acabar de arrumar as coisas no chalé. O almoço servido é muito bom. Vale a pena conferir.

Depois do almoço, bastava jogar um pouco de ração no raso e os pintados já subiam. A brincadeira estava divertida, mas para tentar mostrar outras espécies, parei com a pescaria com salsicha.

Como neste mesmo local apareciam muitas carpas húngaras e espelhos comendo a ração, resolvi tentar com pedaços de pão flutundo. As carpas eram ligeiras, elas rebojavam perto do pão e depois que ele se soltava do anzol, elas comiam. Espertas !!!

Voltei então para a parte funda e brinquei um pouco com as cabeçudas que por sinal tem em grande quantidade no saboó.

Eu estava usando a Massa Paturi de Banana com Mel e Amendoim.

A altura foi uma em 50cm e as outras em 1,20mts de profundidade.

 

Carpa Cabeçuda

Carpa Cabeçuda

Carpa Cabeçuda

Carpa Cabeçuda

Carpa Cabeçuda

Carpa Cabeçuda

O Sr. Adimir usando a cevadeira com ração na pinga fisgou um belo exemplar de pacu.

 

Pacu

Pacu

No final da tarde, mesmo com o vento forte, jogamos um balde ração em uma das margens e com o vento a ração foi em direção ao meio do lago. Subiu muito peixe e quando os grandes tambacus estavam subindo começou a chover. Um chuva muito forte que acabou com a pescaria.

A quantidade de grandes redondos era boa. Tinham muitos peixes comendo a ração e rebojando bem perto das margens. Tambacus facilmente acima dos 10kg, mas como disse a forte chuva acabou com a pescaria.

O jeito foi ir para o restaurante e continuar o fim de tarde com o bate papo com os proprietários. Logo depois o Felipe, Thiago e sua namorada chegaram e trouxeram mais carnes e pão. E a chuva não parava. Aproveitamos para ficar na churrasqueira da piscina fazendo um belo churrasco.

As 22h a chuva parou e eles que tinham chego a pouco foram para o lago e continuaram a pescaria.

O Felipe também estava usando a Massa Paturi e as Cabeçudas continuaram a comer.

Carpa Cabeçuda

Carpa Cabeçuda

O Thiago engatou um belo Pincachara na salsicha de fundo.

 

Pincachara

Pincachara

E as cabeçudas sempre prontas para aparecer na foto.

 

Carpa Cabeçuda

Carpa Cabeçuda

Carpa Cabeçuda

Carpa Cabeçuda

Até os pequenos redondos quiseram aparecer.

 

Tambinha

Tambinha

E novamente na salsicha de fundo, um pincachara e uma carpa espelho

 

Pincachara

Pincachara

Carpa Espelho

Carpa Espelho

E para fechar a noite, mais algumas carpas e muita chuva que forçou nossa equipe a ir dormir.

 

Carpa Cabeçuda

Carpa Cabeçuda

Carpa Cabeçuda

Carpa Cabeçuda

Carpa

Carpa

No domingo apenas o Sr. Adimir levantou as 6h para pescar, o restante da equipe só saiu do chalé as 10h, pois a chuva estava bem forte. Nesse meio tempo ele fisgou muitos pacus e pequenas patingas, mas nada grande.

Com a chuva diminuindo resolvi brincar um pouco no lago de tilápias com o fly.

Esse lago de tilápias é super povoado de tilápias acima de 900gramas, tendo a sua maioria de 1,5kg e muitos exemplares de até 3,5kg, além de muitos dourados, pintados e carpas.

O peixe estava manhoso e a garôa não dava trégua, mas mesmo assim consegui fisgar alguns exemplares no fly usando um anzol chinú 6 com eva.

 

Pesca de Fly

Pesca de Fly

Tilápias no Fly

Tilápias no Fly

Tilápia no Fly

Tilápia no Fly

Tilápia

Tilápia

Um outro pescador que estava ao lado fisgou um belo dourado usando um colher( isca artificial)

 

Dourado

Dourado

E o Felipe que estava no outro lago fechou a pescaria com mais uma cabeçuda.

 

Carpa Cabeçuda

Carpa Cabeçuda

O Thiago começou a pescar de fundo com pão e acabou fisgando 3 bons peixes mas a linha estourou as três vezes.

Resolvemos então fazer novamente um churrasco no quiosque da piscina e na sequencia fomos embora.

Gostaria de agradecer e muito ao Marcos, Neusa e Edson por todo o bate papo e recepção.

Com certeza estaremos em breve fazendo outra reportagem e de preferencia sem chuva.

Aproveite e vaja as outras reportagens feitas no Saboó anteriormente e veja como chegar. Acesse o link abaixo.

Reportagens no Saboó

Passando por cima dos boatos maldosos contra o saboó feitos ao longo desse último ano, o Fishingtur está aqui para provar que o lago está lotado de peixes e que grandes exemplares ainda estão no lago.

Não deixe de fazer seu comentário no final desta matéria.

Um abraços a todos

Fotos: Fishingtur
Texto: Marcio David

 

AGRADECIMENTOS


Pesq. Saboó
Estrada do Saboó, Bairro Saboó
Acesso pelo Km 58 da Rod. Castelo Branco – Interior-capital
(11) 4717 6261
Obs.: Pra quem vem de SP, fazer o retorno no km 58 da Castelo Branco, e seguir a estradinha em frente. Seguir as placas indicativas até o pesqueiro.

Massas “PATURI”
Tradicional / Carnívoros / Erva Doce / Carpa Cabeçuda, Frutas entre outras.
Telefone: (11)9550 9516 – 4971 2441 com Léo
www.massaspaturi.com.br

Bóias Barão
www.boiasbarao.com.br

Net Pesca
www.netpesca.com.br
.
.
.


Gostaria de receber as matérias por e-mail? Cadastre-se aqui!

20 Comentários

  1. Renato em dezembro 17th, 2009

    Bela pescaria, parabens a todos

  2. Lucas em dezembro 17th, 2009

    Olá, gostaria de saber oque aquele negocio amarelo no dedo do Sr. adirmir, já observei em outras materias ele usando essa mesma coisa

    Grato.

  3. oswaldo pinheiro lima filho em dezembro 17th, 2009

    ola marcio

    parabens pela materia, quando e que vamos pescar juntos novamente ano novo estou pro castelinho vou tirar umas fotos e enviar pra vc valeu

    abraços
    oswaldinho

  4. junior em dezembro 18th, 2009

    eae marcio beleza parabens ai show de materia
    marcio diz ai quanto é pra pescar nesse pesqueiro ???
    e outra coisa vc pode me indica um pesqueiro aqui em sampa que tenha bastante dorados ?
    estou no aguarde marcio obrigado

  5. Marcio David em dezembro 18th, 2009

    Olá amigo, tem vários pesqueiros que tem muiiiitos dourados como o novo anhanguera, o tio oscar, o castelinho e aqi no saboó. o dificil é conseguir tirar da agua.

    abs

  6. Marcio David em dezembro 18th, 2009

    Lucas,

    meu pai trabalha com produtos químicos e isso as vezes corroe a pele e deixa muito sensível. Então ele usa essa proteção no dedo quando pesca com massa para não piorar.

    Abs

  7. Juninho em dezembro 18th, 2009

    oque é o negócio amareloo no dedo do Sr.Adimir?

    Abç,Parabéns,bela materia

  8. Pescador David em dezembro 18th, 2009

    Putz esse pesqueiro tinha mtoo tamba bom!!!!
    uma pena o frio de São Roque ter acabado com eles!!!!
    Pescador David

  9. Marcio David em dezembro 18th, 2009

    David

    No inverno passado morreram sim alguns tambas, mas a grande maioria ainda está lá.

    No sabado joguei um balde de ração antes da chuva e deu prá ver vários tambas grandes na superfície.

  10. Pescador David em dezembro 18th, 2009

    Serio Marcio isso é bom!!!!
    logo vou dar uma volta por lá!!!
    gosto muito daquele lugar!!!
    foi lá que tudo começou!!!!!
    abração

  11. Jorge ZL em dezembro 21st, 2009

    Cara!!!

    Vc diz que uma cachara é uma pincachara?!?!?!

    vc entende mesmo de peixe?!

  12. admin em dezembro 21st, 2009

    Caro Jorge,

    Se encontrou alguma inconsistência na informação, por favor avise, e mostre com referências o problema apontado. Não dá para ficar criticando, como se fosse o dono da razão. Aqui ninguém é, todos têm o intuito de ajudar o amigo pescador.

    abs,

    Robson – Moderador
    Fishingtur Pesca e Turismo

  13. Eduardo Caldas em dezembro 21st, 2009

    Jorge,

    Todos os peixes estão corretos, inclusive os de couro que são realmente pincachara, hibrido resultante do pintado e cachara. Observe melhor nas pintas e riscos, ok?

    Edu.

  14. marcio em dezembro 21st, 2009

    Amigo acesse o link a seguir e veja a diferença entre essas espécies.

    http://www.pescaeturismo.com.br/pescaria/diferenca-entre-os-bigodudos-pintado-cachara-ou-pincachara/

    Abraços e valew pela crítica.

  15. Wellington em dezembro 22nd, 2009

    Saudações amigos, aprendi a pesca de cabeçudas com as reportagens de vocês. Fuí no maeda esse domingo e pronto belas cabeçudas no anzol. Gostaria de saber quais os pequeiros que vocês recomendam para a pescas das cabeçudas?

  16. Bimael em janeiro 6th, 2010

    Saboo o que falar desse lugar mágico !!!!

    Eu adoro o pesqueiro Saboo sempre que posso vou pescar lá mesmo morando em Guarulhos, pego minha motoka eu vou para lá.
    Ainda não tive a oportunidade de pescar um peixão mas não desisti.

    Parabéns galera pela matéria ficou muito boa !!!!

  17. Henrique em janeiro 11th, 2010

    Olá Marcio.

    Gostaria de saber as melhores dicas de iscas para pesca no Saboó. Acredito que até o final deste mês de Janeiro irei pescar lá.

  18. João Pedro em fevereiro 19th, 2010

    E aí, Márcio. Tudo bem?
    Comecei a acompanhar o site há pouco tempo e vou visitar o Saboó amanhã (sábado, 20/02/10) com o meu pai. Espero conseguir boas brigas com exemplares de pincacharas, carpas e, principalmente, tambas. Minhas tentativas serão com pão, salsicha, ração e massa.
    Após a pescaria, enviarei uma nova mensagem contando como foi.
    Abraços.

  19. Cleo em julho 23rd, 2010

    Olá
    Eu e meu marido queremos visitar vcs no domingo.
    Qual o valor para pescar pagar e comer o peixe?
    Grata

  20. WAGNER em fevereiro 25th, 2013

    Boa tarde, qual o valor para reservar o quiosque para um churrasco.
    No lago da estatua do cristo.


Fatal error: Call to undefined function show_subscription_checkbox() in /home/storage/b/dc/e9/fishingtur/public_html/wp-content/themes/ad-clerum-10/comments.php on line 101
xxxx