Reportagens

FishingTur

Olha aí

Interativos

Anúncios



Pousada 4 Estações – Um festival de grandes peixes na terra do pão de queijo

Local: Pousada Quatro Estações – Esmeraldas – MG
Data: 04 de maio de 2012

 

Olá Amigos,

Nosso segundo dia de pescaria em Minas Gerais começou muito cedo. Antes mesmo das 6h da manhã já estávamos de pé nos preparando para o nosso dia de pescaria, uma verdadeira maratona aqui na Pousada Quatro Estações em Minas Gerais.

As 6:20h já tínhamos chegado ao nosso quiosque e no terceiro arremesso com a Ração Labina, minha bóia afundou. Estava aberta a contagem de mais um super dia de pescaria mineira com o Fishingtur.

 

Tambacu

Tambacu - Marcio

Então resolvi cevar bastante no mesmo local, cevei muito mesmo e quando as tilápias estavam se matando de comer, arremessei minha bóia com a Labina no meio delas. A bóia foi deitando bem devagar, virando de ponta cabeça, ficando fora a água somente o chumbo da bóia. Opa! Aqui no 4 Estações isso é sinal de peixe bom. Recolhi o excesso de linha e fisguei. O peixe deu um leve tranco na minha mão mas permaneceu praticamente parado, tentei trazelo, mas aí ele lentamente começou a ir para o meio  do lago, tomando linha lentamente, metro a metro. eu trazia 5 metros e ele voltava os 5 metros. E com isso se foram mais de 15 minutos. Em muitas vezes era possível ver o peixe bem perto da margem, mas rapidamente ele já estava no meio do lago novamente. Até que o passaguá ficou pequeno para o baguá.

Logo cedo e eu já estava com a camiseta suja de peixe !!!!!!!!

 

Tambacu

Tambacu - Marcio David

Mas o dia prometia, cevei mais um pouco e em outro arremesso a bóia afundou quase que instantaneamente e mais um redondo veio para nosso time.

Ainda fisguei mais um pequeno exemplar e o Saulo também abriu a contagem com outro belo e brigador redondo do 4 Estações.

 

Tambacus

Tambacus - Marcio e Saulo

Já tínhamos parado para tomar o nosso café quando vi um grande rabo subindo na margem oposta de onde estávamos. Olhei para o Saulo e perguntei:
-Você viu aquilo?
Ele: -Eu vi. Baguá!!!
Eu: -O café vai ter que esperar.
Ele: Eu já sabia!

Isquei rapidamente  Labina e arremessei exatamente onde o peixe tinha subido. Segundos de expectativa e quando pensei em recolher, a bóia balançou e deitou, ficou deitatinha, paradinha. Olhei pro Saulo, abi o sorriso e fisguei. O peixe ficou travado e só o grande leque negro(rabo) saiu fora da água como que nos dizendo:- Sou eu mesmo e sou grande !!!!

Nesse momento a sensação que tive é que este tinha sido o primeiro peixe fisgado em minha vida. O coração acelera, a mão esfria, e os olhos cegam. Naquele momento era só eu e o peixe. Eu não via mais nada, não ouvia ninguém. E foi assim durante toda a briga. Uma briga lenta, sem grandes corridas, mas com muita força.

É por isso que nosso esporte, a pesca esportiva é algo magnífico. A cada peixe, a cada fisgada a sensação é única. Algo indescritível.

E o baguá veio lentamente ao final da briga para dentro do enorme passaguá do pesqueiro.

 

Tambacu

Tambacu - Marcio David

Agora sim, nada melhor do que saborear o ótimo café da manhã servido pela Pousada Quatro Estações. Depois de mais de uma hora de descanso, voltamos para o lago, agora com o sol bem forte.

Ou seja, nada de descanso. Nos primeiros 30 minutos ( 9:30 as 10h ) fisgamos cinco exemplares de Tambacus, todos na Ração Labina.

 

Tambacus

Tambacus - Fishingtur

Aqui na Pousada Quatro Estações, desde a nossa Expedição Mineira, criamos o seguinte Slogan: “Se não quiser ter trabalho, não arremesse

E é fato, bastava a bóia cair na água, cevar e esperar a bóia afundar.

 

Tambacu

Tambacu - Marcio

Deixamos um pouco a pescaria com a Labina e fomos ao lago da ilha com a salsicha flutuando, mas não tivemos muitos resultados e o único que bateu era bem grande, mas literalmente entrou ilha a dentro no meio do mato estourando tudo.

Retornamos ao nosso quiosque, mas o peixe não estava mais atacando as iscas. Mudamos um pouco de ponto, coisa de uns 30 metros adiante e logo mais um grande redondo estava na ponta da linha, novamente no chicotinho com ração Labina. E até o belo Pirata(cachorro) veio conferir o tamanho do peixinho!!!

 

Tambacu

Tambacu - Marcio David

A bóia do Saulo já tinha afundado enquanto eu estava com o peixe acima, ele deixou a vara no suporte para fotografar e depois continuou a briga, briga esta que não foi muito demorada, mas o peixe deu um show com grandes rebojadas na superfície.

 

Tambacu

Tambacu - Saulo

O Saulo estava se limpando quando eu fisguei outro belo exemplar na Labina, este arremessando em outro ponto do lago. Mais um grande peixe e reparem nos horários das fotos, A matéria já estava feita e os braços cansados as 11:40h da manhã. Impressionante !

 

Tambacu

Tambacu - Marcio David

Fisgamos mais alguns exemplares antes do almoço, depois lógico, uma bela refeição e um bom descanso, aproveitei e dormi uns 40 minutinhos antes de voltar ao lago. Mas mesmo de volta a ativa, mantemos a calma e mais descansamos do que pescamos. E mesmo assim, mais exemplares foram saindo.

 

Tambacu

Tambacus

Já por volta das 16h, seguimos para o cantinho do lago, local bem raso e tranquilo, com muita sombra do bambuzal. Cevamos um pouco e nos deparamos com dezenas de Tambacus comendo na superfície. Corri até minha mala, peguei um EVA que já estava pronto, amarrei na bóia e arremessei. Não demorou muito e uma grande boca veio lentamente e sugou os eva’s. Fisgada certeira e mais um gigante mineiro na foto.

 

Tambacu

Tambacu - Marcio David

A brincadeira neste cantinho estava demais. Fisgamos mais 7 peixes bons, mas só tiramos três. Perdi exatamente 4 exemplares por forçar demais e não deixar o peixe brigar. Eu queria tirar logo pois tinham muitos peixes gigantes comendo junto. Sei que fui errado, mas na hora eu queria é pegar os peixes acima dos 25 que estavam por ali e acabei perdendo peixe de até 15kg. E detalhe. fisguei tambacu a menos de 2 metros da margem.

 

Tambacus

Tambacus

No final do dia e de volta ao quiosque central, cevamos um pouco e mesmo com o movimento das tilápias, vimos algumas rebojadas e foi fatal. Arremesso no meio delas e bóia desaparecendo. Fisguei e o peixe saiu em disparada e quando mennos esperava um gigantesco salto fora da água, e depois outra e uma tomada de linha sensacional. Eu não sabia nem o que fazer, perdi o rumo rsssss. Era um belo peixe e novamente a perna fica bamba, o coração acelera. Doideira, muita adrenalina, um show de peixe nos braços do Fishingtur.

Reparem na primeira foto o tamanho do rabo deste peixe.

 

Tambacu

Tambacu - Marcio David

Eu já não estava aguentando mais, o braço estava podre e o Saulo ainda garantiu a nossa saideira com mais um belo redondo.

 

Tambacu

Tambacu - Saulo

Quando já estávamos guardando nossas coisas, um casal de leitores e clientes da Pousada também fecharam o dia com um belo peixe.

 

Tambacu

Tambacu - Pousada 4 Estações

A Pousada Quatro Estações sempre nos surpreende. A cada pescaria, novas emoções.

Gostaríamos de agradecer mais uma vez a Luciana pela confiança e ao Geraldo pela amizade e recepção. Agradecemos também ao Willian, Esmeralda e a Franciele por toda a hospitalidade e atendimento.

Abraços

Marcio David

AGREDECIMENTOS

Pousada e Pesqueiro Quatro Estações
Telefone BH: (31) 3267-7173
Celular: (31) 7812-9288 / (31) 8322-5335 – Rádio: 121*8040
Telefones Esmeraldas: (31) 3581-0512 / (31) 3525-3004
www.pousadaquatroestacoes.com

Bóias Barão
www.boiasbarao.com.br

Massas Paturi
www.massaspaturi.com.br

Império da Pesca
www.imperiodapesca.com.br
.
.
.
.
.


Gostaria de receber as matérias por e-mail? Cadastre-se aqui!

8 Comentários

  1. ANDERSON em junho 28th, 2012

    CARACAS , MUITO SHOW ESSA PESCARIA ? É CARO PESCAR LÁ ? SE FOR DE CARRO É COMPLICADO CHEGAR LÁ OU É TRANQUILO? E EM RELAÇÃO AS ISCAS ENCONTRO TUDO LÁ ???

    ABRAÇO ANDERSON

    PS: GOSTARIA DE AGRADECER A DICA DO SAULO SOBRE O MERCADINHO QUE TINHA A SALSICHA FLUTUANTE .

  2. Silvio Fishingtur em junho 28th, 2012

    É Marcião, esse Slogan de fato pegou, também pudera, só sai “monstros” do lago e o melhor uma atrás do outro….

    Parabéns a você e ao Saulo pelas capturas de muitos GIGANTES que habitam os lagos do Quatro Estações!!!

    Abraços,
    Silvio.

  3. felipe marques em junho 28th, 2012

    materia show de bola
    belos exemplares

  4. saulo rogerio ricci em junho 29th, 2012

    Pescaria INESQUECÍVEL, olhando para essas fotos me dá muita vontade de estar lá de novo.. obrigado MARCIO por me conceder essa viagem maravilhosa e principalmente por esta viagem ter unido mais nossa amizade..um grande abraço e fique c/ DEUS..saudades..
    SAULO FISHINGTUR

  5. Eduardo Cantara em julho 2nd, 2012

    Boa tarde,

    Parebens pela bela pescaria, gostaria de saber se essa ração LABINA é uma ração para roedores e se é de tamanho comprido?

    Obrigado

  6. Silvio Fishingtur em julho 2nd, 2012

    Eduardo,

    Exatamente.

    Espero ter ajudado.
    Silvio.

  7. saulo rogerio ricci em julho 9th, 2012

    VALEU ANDERSON FICO FELIZ EM TER AJUDADO..ABRÇOS

  8. Claudiane e Euler em julho 18th, 2012

    Olá, tudo bem com vocês? Espero que sim com a graça de Deus!
    Eu queria pedir ao Márcio, a foto que ele tirou de mim no quatro estações no mês de junho. E também o meu marido o Euler queria saber quando vocês estarão lá novamente.
    Aguardo retorno!

    Claudiane


Fatal error: Call to undefined function show_subscription_checkbox() in /home/storage/b/dc/e9/fishingtur/public_html/wp-content/themes/ad-clerum-10/comments.php on line 101
xxxx