Reportagens

FishingTur

Olha aí

Interativos

Anúncios



Rio Xingú – O futuro da pesca esportiva no Brasil

Local: Rio Xingú – Altamira – PA
Pousada Rio Xingú

Olá pescadores,

Meu nome é Ricardo Massaro, hoje vou relatar como foi a pescaria que realizamos no Rio Xingu, mais precisamente na POUSADA RIO XINGU. Em primeiro lugar gostaria de agradecer a todos os funcionários da Pousada, especialmente a Aldenoura e o Claudomiro, que são gente “finíssima”, e posso garantir que o atendimento é espetacular!!!

Nossa viagem começou na noite de 18/04/2013, com destino a Belém. Pernoitamos por lá e na tarde de 19/04 pegamos o vôo com destino a Altamira. Chegamos em Altamira e o pessoal da  pousada já estava nos esperando para seguirmos nossa viagem, que é bem rápida, pois são somente 80 km pela transamazônica, que tem boas condições para trafegar. Durante o trajeto, passamos pela construção da Usina de Belo Monte, uma obra gigantesca, que infelizmente irá alterar o percurso do rio, o que com certeza fará estragos na natureza.

Xingú

Viagem e Usina

Chegamos no final da tarde e preparamos as tralhas para a pescaria do dia seguinte. Nesta aventura estávamos eu (Ricardo Massaro, mais conhecido na turma como Massa), Jose Danziere (Danzi), Cristiano (Cris), Anderson Turchetti (Turca), Luis Carlos (Biarari, depois da pescaria mudou o nome para “Pirarari” rsrs), Helder e Fernando.

Depois de um belo café da manhã, seguimos para o rio, e vimos que achar os peixes não seria tarefa fácil, pois o mesmo estava muito cheio, ou melhor dizendo “bufando” água pra tudo que é lado, o que dificultou muito encontrar os grandes exemplares, pois havia muitas áreas alagadas e pescar no leito do rio estava difícil.

Pousada

Pousada Rio Xingu

No primeiro ponto que paramos, já naquela expectativa, não deu tempo nem de armar o 2º equipamento e a vara iscada com peixe deitou bonito. Era a primeira “rabo vermeio” da viagem. Além dessa, no mesmo dia, saíram mais uns dez exemplares de “baby araras”, cacharas, cachorra, piramutaba, jaú de loca (pegamos mais de 80 destes exemplares, ohhh peixinho “chato”), além de armau, palmito, um pequeno filhote fisgado pelo Helder (que estava fazendo sua estréia em pescaria), piranhas, mandis, e muitos, mas muitos barbados.

Pescaria

Pescaria

No final do primeiro dia, já 19.30hs, estávamos no último ponto perto da pousada quando minha vara deitou bonito e o peixe saiu tomando linha. Amigos, que sensação maravilhosa, não conseguia nem tirar a vara do suporte!! Depois que consegui, infelizmente, o peixe já estava no enrosco e mesmo soltando o barco, de tanto “forçarmos”, acabou escapando. Nestes dias ainda tivemos mais dois exemplares grandes que não conseguimos tirar: um do Cris, que estava comigo no barco, e entrou no equipamento mais leve levando muita linha até estourar e outro do Helder, “pescador de primeira viagem”, que também não conseguiu tirar a vara do suporte enquanto o peixe tomava linha e acabou largando….coisas de pescaria.

Pescaria

Pescaria

Nos demais dias (pescamos três dias no total), seguimos da mesma maneira: muitos, mais muitos exemplares de espécies variadas (principalmente as pequenas pirararas), que puderam fazer a alegria da galera.

Pescaria

Pescaria

Pescaria

Pescaria

Na noite do 2º dia, o Claudomiro preparou um fantástico churrasco com música ao vivo. Sem palavras, atendimento nota 10!!!

Churrasco

Churrasco

E foi isso, nada de gigantes, mas uma viagem inesquecível!!! Ano que vem tem mais, esperamos que desta vez com os gigantes na ponta da linha!

Um abraço a toda turma, ao pessoal da pousada, e agradecer ao Marcio pelo espaço cedido pelo site.

Até a próxima,

Ricardo Massaro

AGRADECIMENTOS

Pousada Rio Xingu

.
.
.
.
.


Gostaria de receber as matérias por e-mail? Cadastre-se aqui!

4 Comentários

  1. Silvio Fishingtur em junho 13th, 2013

    Nota 10!!! Parabéns… essas aventuras na natureza são demais!!!!

    Abraços e obrigado por compartilhar conosco!!!
    Silvio.

  2. José Levy em junho 14th, 2013

    Show amigo, parabéns por essa ótima pescaria.

  3. pedro em junho 21st, 2013

    Viu cade os jau e o filhote? So vi barbado . Pira . Armau. Palmito

  4. Ricardo em junho 23rd, 2013

    Pedro, o filhote é o peixe da 1a foto, que parece um barbado (era filhote mesmo…rs), e jau era um tal de jau de loca (pelo menos este é o nome que eles chamavam lá, mas era diferente dos que vi no teles pires), e estou com ele na minha 2a foto. Abs.


Fatal error: Call to undefined function show_subscription_checkbox() in /home/storage/b/dc/e9/fishingtur/public_html/wp-content/themes/ad-clerum-10/comments.php on line 101
xxxx