Diferença entre Pirararas e Cachapiras


Olá amigos,

Outra dúvida, outras confusões. Tenho reparado que muitos pescadores estão confundindo a Pirarara com a Cachapira. Então vamos mostrar um pouco e tentar diferenciar essas duas espécies que hoje estão povoando muitos de nossos pesqueiros por aí.

A Cachapira é um peixe híbrido, resultante do cruzamento da Pirarara com a Cachara

Pirarara + Cachara = Cachapira

A pirarara até tempos atrás era uma espécie conhecida por poucos pescadores dos pesqueiros aqui de São Paulo. Apenas alguns tinham essa espécie. Mas hoje quase todos os bons pesqueiros já possuem grandes exemplares.

Um peixe forte, com uma resistência absurda, Tem a cabeça arredondada de puro osso, pele emborrachada. Sua pele tem um tom marrom com uma faixa branca/bege e o rabo alaranjado/vermelho.

Com hábitos noturnos, ataca muito bem iscas vivas como peixes, tuviras, pirambóias, ou até memso pedaços de peixe, salsicha entre outras iscas. Em pesqueiros já foram fisgados exemplares com massas, coxa de frango, sebo, linguiça, ração e até miçanga.

Existem pesqueiros em SP com exemplares na faixa dos 70kg, mas a grande maioria estão com pirararas na média de 4 a 8kg.

Sendo um peixe da região Centro/Norte do Brasil, se adapta muito fácil em águas quentes, tendo sérios problemas aqui em São Paulo, principalmente perto da capital onde a temperatura no inverno cai e muito, causando a morte desses peixes.

É um risco muito grande e um custo alto para os pesqueiros ter e manter essa espécie.

Quem já fisgou uma pirarara sabe o quanto esse peixe é forte. Até memso um exemplar de 5kg pode facilmente arrancar metros e metros d elinha de sua carretilha. Imagine então um exemplar acima dos 40kg.

Em um lago onde vc sabe que tem pirarara com mais de 30kg…60kg, não se pode brincar. Tem que ter equipamento pesado, linha no mínimo 0,60mm e muita força no braço.

Já fisguei exemplares com 28kg com uma vara de 16-20lbs e linha 0,28mm, mas foi pura sorte. O peixe zerou a carretilha e tive que sair atras do danado recolhendo para não o perder.

Assim como já fisguei exemplares com linha 0,70mm bem próximo da margem e o peixe tirar mais de 60 metros de linha na primeira corrida com a fricção quase fechada.

Em outros tempos fiquei 55 minutos com uma pirarara de 38kg, com linha 0,45mm. Era tanta força que tinha momentos que eu ajoelhava e apoiava