Equipe Fishingtur em busca dos Gigantes redondos de Minas Gerais (Parte - 1)


Local: Pesqueiro Hotel Fazenda Quatro Estações – Vilarejo de Urucuia – MG Data: Março/2012

Olá amigos leitores de nosso site,

Um dos propósitos e objetivos do site Fishingtur é formar parceria e buscar novas opções de Pesca, lazer, turismo e entretenimento aos leitores. Com esse propósito, surgiu no ano passado a ideia de executarmos algumas expedições em busca de novos e inéditos locais de pesca em pesqueiros e ambientes naturais. Essa estratégia teve inicio em 2011 com uma série de pescarias/reportagens executadas por nossa equipe nos estados do Amazonas, Rondônia e Goiás e vocês amigos leitores puderam acompanhar nas matérias divulgadas.

Em nossas pesquisas para novos points, com grande potencial, identificamos no Estado de Minas Gerais um local promissor, devido a grande quantidade de Pesqueiros e diversidade com qualidade e quantidade de peixes em especial os grandes Redondos e as Pirararas que definimos em princípio como o principal alvo para as matérias.

Estratégia montada, rapidamente o Marcio David executa os contatos e prepara a logística, com 3 (três) pesqueiros definidos e que firmaram parceria com o Fishingtur para essa expedição Mineira com um total de 7 (sete) dias de pescaria, que inicialmente ocorreriam em Janeiro/2012, mas devido as fortes chuvas no estado de Minas achamos prudente e alteramos para Março/2012. Decisão que se mostrou acertada devido a grande quantidade e qualidade de peixes capturados nos pesqueiros que visitamos e estaremos mostrando aos leitores em uma serie de 7 (sete) reportagens com os “Monstros Mineiros”.

Para facilitar nosso deslocamento, decidimos seguir de carro e no total percorremos mais de 1.500 quilômetros(ida e volta) para trazer para vocês o melhor de Minas Gerais e o primeiro Pesqueiro escolhido foi o Hotel Fazenda Quatro Estações, localizado no Vilarejo de Urucuia que fica aproximadamente 67 km da cidade de Belo Horizonte.

Partimos eu (Silvio Leme) e Marcio David na manhã de um sábado dia 03 de março e tivemos uma viagem tranqüila pela BR 381 (Fernão dias) que se encontra em boas condições e às 13h30min h., estávamos na cidade de Betim para um delicioso almoço da tradicional cozinha mineira e por volta das 16h00min h., chegamos a Esmeraldas (Urucuia) e ao Hotel Fazenda Quatro Estações e fomos recepcionados pela Francielle que nos encaminhou para um dos chalés.

Em questão de minutos, descarregamos nossas malas e equipamentos e fomos analisar o local e identificamos que a Pousada Quatro Estações conta com 18 suítes confortáveis que comportam até 4 (quatro) pessoas cada e está muito bem localizada em uma região com muita área verde, com ótimas opções de lazer contendo quadra de vôlei, mini campo de futebol, Piscina com churrasqueira em área coberta e um clima típico de fazenda para receber e abrigar o amigo pescador e toda a sua família.

No local identificamos 7 (sete) lagos com 2 (dois) abrigando muitos e grandes redondos e conversando com os pescadores no local e o Willians (funcionário) recebemos a informação dos peixes estarem bem ativos e atacando bem a ração Labina na superfície e com chicote de 50 cm. Estávamos cansados da viagem e não pretendíamos pescar durante o final da tarde, mas diante dessas informações montamos rapidamente nossos equipamentos e escolhemos um local no canto de um dos lagos (para não atrapalhar os pescadores que chegaram cedo ao local) na tentativa de capturar algum exemplar.

Fizemos três dias de pescaria neste belo pesqueiro fisgando um total aproximado de 125 peixes, pesando em torno de 1.300 kilos( 1 tonelada e 300 kilos ) de Tambacus. Isso vocês vão poder acompanhar nas três reportagens sobre o 4 Estações.

Começamos a cevar bem próximo a margem em um dos cantos do lago, canto este sempre vazio, por ser muito raso. E foi o único local que achamos para pescar, pois o pesqueiro estava bem cheio.

Não demorou muito e os peixes começaram a subir na ceva com voracidade e em questões de minutos a bóia do Marcio afunda sem deixar vestígios. Fisgada confirmada e a certeza de um bom peixe que demorou a se entregar e quando chegou à margem foi possível observarmos que se tratava de um bom exemplar do Quatro Estações. Este fisgado no anzol de robalo 2/0 com 2 eva's e uma miçanga caramelo em um chicote de 2 mts de linha 0,40mm com boinha em uma Bóia Cevadeira barão Gigante.

Os peixes estavam subindo bem na ceva e pouco tempo depois minha bóia que estava com chicote de 50 cm e com Labina como isca, simplesmente “sumiu” e rapidamente confirmo a fisgada com o peixe tomando muita linha e como os lagos no Quatro Estações não são muito grandes o ideal é trabalhar com a fricção mais travada para evitar enrosco com as linhas de outros pescadores. Não demorou muito e mais um belo peixe se entrega para os braços da equipe Fishingtur.

Final de tarde, inicio de noite e resolvemos partir para o saboroso Jantar servido no Quatro Estações e como identificamos que os peixes estavam bem ativos, decidimos pescar um pouco durante a noite e alguns bons peixes foram capturados por nossa equipe.