Expedição Mineira, muitas Pirararas e redondos na Fazenda Kiki (Parte - 1)


Local: Pesqueiro Fazenda Kiki – Pedro Leopoldo – MG Data: 07 de Março de 2012

Olá amigos leitores,

Em nossas aventuras pelas terras mineiras a equipe Fishingtur foi conhecer a Fazenda Kiki com o objetivo de divulgação do local e trazer para vocês amigos leitores de nosso site, mais uma excelente opção de Pescaria.

Eu (Silvio Leme) e o Marcio David (os 2 aventureiros da equipe na Expedição Mineira), chegamos ao local por volta das 08:00 h., de uma quarta-feira e fomos recepcionados pelo Pierre, proprietário do local.

Na chegada, observamos um grande lago para pesca esportiva, com ótima estrutura, contemplando quiosques amplos nas margens com gramado ao redor, muito limpo, bem preservado e ao redor um clima tipico de fazenda.

Ficamos por algum tempo conversando com o Pierre para sabermos quais peixes estavam mais ativos, melhores pontos para capturas, iscas mais utilizadas, profundidade de maior produtividade e rapidamente recebemos as informações de habitarem no lago grandes Pirararas, redondos de bom porte, grandes Surubins, Dourados, Tilápias e praticamente todas as especies de carpas e que todos estavam bem ativos e atacando bem as iscas em especial as Pirararas e os Redondos.

A noticia de imediato nos animou, as duas especies que mais gostamos de pescar estavam atacando bem as iscas e estávamos com as iscas certas/adequadas. Para as Pirararas (Guelras, cabeça de Tilápia e salsicha) e para os tambas os EVA’s, labina, beijinho, ração na pinga e as tradicionais massas da Paturi. Não perdemos tempo e partimos para acomodar nossas malas no Chalé e rapidamente montamos os equipamentos para iniciarmos a nossa pescaria e por voltas das 09:30 h., linha na água.

Em apenas 30 minutos de pescaria o alarme da carretilha iscada com cabeça de tilapia a 3 metros da margem dispara e rapidamente confirmo a fisgada e uma grande tomada de linha denuncia ser uma das Pirararas da Fazenda Kiki, uma boa “briga” se inicia, mas conseguimos vencer a “batalha” e a primeira Pirarara saiu para a foto.

Mais 30 minutos na espera e foi a vez do Marcio ver o alarme disparar e ele também em disparada confirma a fisgada e novamente a corrida denuncia ser mais uma do “rabo vermelho” para a equipe Fishingtur. Ficamos super animados, afinal, havíamos acabado de chegar na KIKI e em apenas 1 (uma) hora de pescaria 2 (duas) pirararas foram capturadas.

Como o lago na Fazenda Kiki é de tamanho considerável os equipamentos devem ser obrigatoriamente reforçados e a equipe Fishingtur, utilizou para os Tambacus varas de 2,10 m até 2,70 m, com carretilhas de perfil baixo comportando um minimo de 100 metros de linha monofilamento de bitola 0.37/0.40 mm e as tradicionais e consagradas Bóias Barão de 65/75/100 gramas para longos arremessos. Para as Pirararas, utilizamos varas de 25/40 libras de tamanho de 2,10 m até 2,40 m, carretilhas de perfil alto tamanhos 6500/7000 comportando um minimo de 100 metros de linha monofilamento de bitola 0.52/0.62 mm.

Em paralelo a pescaria das Pirararas que estava bem produtiva, estávamos também na procura dos redondos e com chicote de 3 metros no meio do Lago iscado com “beijinho” minha bóia tomba lentamente e confirmo a fisgada, o peixe tomou muita linha no primeiro arranque demonstrando ser um redondo de respeito, todavia, após muitas idas e vindas observamos uma briga diferente e o Marcio falou que poderia ser uma Pirarara o que acabou se confirmando quando se aproximou da margem. Felicidade pura, mais uma Pirarara em nossos braços e na isca que considero coringa, ou seja, o “beijinho”.

Na Fazenda Kiki, além do Pesqueiro, existem também atividades pecuárias e plantações e em alguns períodos do dia nos deparamos com animais à beira do lago se alimentando. Fantástica essa integração!