Fazenda Kiki – Muitos peixes e tranquilidade no carnaval Mineiro


Local: Fazenda Kiki – Pedro Leopoldo – MG Data: Carnaval de 2013

Olá Amigos,

Saímos de São Paulo eu,(Junior) e meu brother João no dia 08/02/2013 as 13:00 horas. Com destino a Fazenda Kiki. Foram aproximadamente oito horas de viagem bem tranquila e por volta das 21:00 horas já estávamos adentrando a Fazenda e fomos direto ao restaurante onde encontramos o proprietário Pierre que já nos recepcionou e nos acomodou em um de seus chalés.

No dia seguinte acordamos por volta das 7:00 horas, carregamos as tralhas, tomamos um café e fomos direto para o lago pescar. Como todo pescador curioso, antes de sair de São Paulo liguei para o Marcio David que conhece muito bem o local e peguei todas as dicas possíveis para engatar os redondos.

Umas das dicas que o “patrão” me deu foi: Os tambas grandes acima dos 15 quilos não comem sempre na cevadeira no meio do lago, eles comem na beira do lago, no máximo a uns 3..4 metros da margem com iscas que flutuam como salsicha, sebo, pão, etc.

E lá fui eu, montei o meu primeiro equipamento e fisguei um belo pedaço de pão e coloquei a vara no suporte deitada rente ao lago com o pão a uns 3 metros da margem.

Enquanto estava dando uma força para o meu parceiro João, de repente a vara que eu acabei de apoitar começou a tomar linha sem parar. Corri em direção a ela tirei do suporte e fisguei bem forte confirmando que estava ali o meu primeiro peixe da Fazenda Kiki.

Foram aproximadamente 20 minutos de briga e quando chegou perto não acreditei que meu primeiro redondo já era um peixe de respeito.

Já começamos a pescaria com muita sorte, o jeito era continuar apostando no mesmo esquema com as iscas de superfície, paramos para montar nossas varinhas com as Bóias Cevadeiras Barão e demos continuidade a pescaria.

A sorte estava com a gente mesmo, não deu tempo nem de soltar o peixe que o João capturou e a outra vara que estava com salsicha flutuando envergou pra dentro d’água tomando muita linha novamente.

Depois deste grande redondo a nossa pescaria não diminuiu o ritmo, só diminuíram os tamanhos devido a chegada de muita gente em volta do lago.

Por volta da 16:30h da tarde já tínhamos fisgado muitos peixes de 3 a 6 quilos na cevadeira e optamos mais uma vez trocar as iscas das varas que ficavam com as iscas de superfície para tentar novamente mas um peixe de bom porte, pois o lago já estava ficando vazio com um número menor de pessoas em volta dele.