Pousada 4 Estações - O Fishingtur foi conhecer pessoalmente os Tambas mineiros


Local: Pesqueiro, Pousada e Hotel Fazenda Quatro Estações – Esmeraldas – MG Data da Pescaria: 02 de Junho de 2011

Olá amigos,

Nossa equipe esteve na última semana na Pousada Quatro Estações, na cidade de Esmeraldas a 67 km de Belo Horizonte e a 620 km de São Paulo. Nossa viagem foi feita de carro, uma viagem tranquila e com ótimas estradas, vale a pena.

Ficamos hospedados por três dias, sendo dois dias completos de pesca. Nesta matéria vamos mostrar tudo o que aconteceu em nosso primeiro dia de pescaria em Minas Gerais.

Nosso dia começou bem cedo, o dia não tinha nem clareado direito e já estávamos na beira do lago. Na noite anterior, logo depois que chegamos, fomos recepcionados com um ótimo jantar e antes de dormir arrumamos as tralhas e assim que acordamos fomos rapidamente a beira do lago e já começamos a pescar. Lembramos que na Pousada Quatro estações é praticado o Pesque e Solte. Pesca Esportiva, Sempre !

Chegando na lateral que divide os dois lagos, joguei um pouco de ração com as mãos no lago da ilha e em meio as tilapinhas algumas explosões me deixaram animado. Rapidamente peguei uma das varas que estava com uma torpedinho com chicote de 40cm e anzol chinú n.9, isquei uma ração Labina e arremessei. Segundos depois a bóia deitou e eu fisguei, a linha esticou bonito e eu já sabia que tinha engatado um tambacu, primeiro arremesso em Minas Gerais e o primeiro Tambacu mineiro estava na ponta da linha. O restante da equipe olhou e sem acreditar, já vieram me ajudar. Uma briga forte com grandes rebojadas e corridas rápidas perto da margem e o primeiro peixe já estava dentro do passaguá.

O Lago da Ilha é um lago relativamente pequeno, o qual tem uma ilha com duas árvores, este lago tem tambacus de 5 a 31kg, muitas traíras e trairões de até 6kg e muita tilápia. Um lago bem cômodo e de fácil pescaria, perfeito para uma pescaria tranquila, sentado o dia todo, pois não requer grandes arremessos.

O outro lago onde estão os Tambacus de 5 a 36kg é o lago em forma de “U”, um lago maior do que o lago da ilha e com muitos pontos de pesca. Um lago que também não exige grandes arremessos, mas que o peixe corre e muito durante a briga.

A isca mais usada nesta pescaria foi a Ração Labina, que é usada e vendida no próprio pesqueiro. Pegamos muitos peixes nas miçangas e eva’s, mas a grande maioria foi na Ração Labina. Usamos esta ração nos chicotinhos com anzol chinú n. 9 ou no anzol wide gap (robalo). A ração afunda ficando na profundidade desejada, tanto na bóia torpedo ou na bóia cevadeira das Bóias Barão.

Os Chicotes foram feitos de linhas monofilamento 0,40 a 0,50mm.

O Júnior também abriu o placar logo cedo com outro redondinho fisgado na Ração Labina.

Um pescadora que estava com seu marido ao nosso lado, fisgou um gigantesco tambacu usando linguiça calabresa a mais ou menos 50 cm de profundidade, isso a menos de 5 metros da margem. Um bonito peixe que rendeu uma ótima briga a qual acompanhamos de perto.