Pesqueiro e Hotel Fazenda Quatro Estações – Nossa equipe coloca novamente o Pé na Estrada atrás do


Local: Pesqueiro Hotel Fazenda Quatro Estações – Vilarejo de Urucuia – MG Data: 30 de Maio de 2013

Olá amigos leitores de nosso site,

Nesse relato vamos descrever a 1ª parte de mais uma excelente pescaria da Equipe Fishingtur no Pesqueiro e Hotel Fazenda Quatro Estações, localizado no Vilarejo de Urucuia que fica aproximadamente 67 km da cidade de Belo Horizonte.

Seguimos da Capital Paulista para essa aventura eu (Silvio Leme), Léo Paturi e o Adimir, sendo os três mosqueteiros da equipe Fishingtur a se aventurar nas Terras do queijo com goiabada durante o feriado prolongado de Corpus Christi.

Iniciamos com uma viagem tranquila, mas após atravessarmos a divisa entre os Estados de São Paulo e Minas Gerais e percorremos cerca de 100 km em terras mineiras um acidente nos faz aguardar por mais de 2 horas até a liberação parcial da Rodovia Fernão Dias para podermos prosseguir com a nossa viagem.

Obstáculo vencido, continuamos a nossa viagem curtindo uma boa música e um bom bate-papo entre amigos e por volta das 22h00min h., chegamos ao nosso destino e fomos muito bem recepcionados pelo Ezequiel que agora está gerenciando o Hotel Fazenda Quatro Estações e rapidamente nos alojamos em dos quartos da Pousada e decidimos apesar do horário e do frio iniciar a montagem dos equipamentos e em menos de 30 minutos (oh vicio!!!) estávamos com as linhas dentro d’água, a procura dos TambaREX que habitam o local e o Léo com um protótipo de uma das novas receitas da Massa Paturi sabor Goiaba, abre a contagem na pesca de fundo.

Havíamos levado um saco de ração e apesar do escuro executei uma boa ceva e os redondos começaram a subir e logo engatei um peixe de bom tamanho que “brigou” demais e tomou muita linha, mas adentrou no capim na margem oposta e acabou escapando. Todavia, com o amigo Adimir a conversa foi outra e o peixe sem pestanejar veio para o click de nossa câmera.

Final de noite e o frio chegou forte e os peixes pararam de subir na ceva, entretanto, a Massa Paturi com sabor Goiaba que em breve estará disponível para compra estava “matadeira” e o Léo consegue capturar mais dois belos exemplares antes de partirmos em retirada para o merecido descanso. Vamos que vamos Fishingtur!!!

Manhã seguinte, iniciamos cedo os trabalhos e olha aí o Fishingtur com peixe engatado!!!

Peixe fisgado, bem trabalhado e foto nele antes de ser devolvido ao lago!!!

Os peixes apesar de estarem ativos na ceva, estavam bem manhosos para engatar em nossas iscas e estávamos utilizando a modalidade de bóias cevadeiras das Bóias Barão de 65 gramas e como isca a ração Labina com anzol Pacu 6/0 da Pinnacle com 60 centímetros de profundidade e mesmo manhosos no inicio da manhã estávamos persistentes e conseguimos boas capturas e entre elas um bom peixe e De qualidade!!!

Antes do Café da manhã ainda capturamos mais três exemplares, o que demonstrava que nosso dia de pescaria seria excepcional o que posteriormente se confirmou e vocês poderão observar na sequencia dessa matéria.

E por falar em café da manhã, vejam abaixo o que o Pesqueiro e Hotel Fazenda Quatro Estações nos proporciona nesse sentido..... Nota 10!!!

A estrada de terra até o pesqueiro havia sofrido um pouco com as fortes chuvas e no retorno para o lago aproveitamos para conferir o estado do possante que nos levou com extrema segurança. Esse 4x4 não tomou conhecimento da situação da estrada!!!

Após o café da manhã, voltamos a “labuta” e observamos que, com a pouca presença do Sol os peixes ficaram mais ativos, mas não engatavam mais na isca Labina com chicote de 60 centímetros e observei os redondos se alimentando bem na superfície e rapidamente adotei uma estratégia que sempre obtivemos bons resultados no Pesqueiro e Hotel Fazenda Quatro Estações, sendo assim, eva’s neles e uma sequencia incrível de três bons peixes foram capturados para nossa Alegria. Isso é Fishingtur!!!

Diante do sucesso com os eva’s e antes mesmo da soltura do último peixe capturado lá estava o amigo Adimir com mais um redondo engatado e claro com os tradicionais eva’s na ponta da linha!!!

Com os eva’s conseguimos “encontrar o caminho e abrir a porteira” e a todo o momento tínhamos peixes na ponta da linha que seguiam para as fotos e em uma dessas fotos temos o nosso incansável e dedicado amigo Willian (funcionário do local) que sempre atende os clientes/pescadores com muita presteza!!!

Detalhes do material utilizado: