Pesqueiro Tocantins - Muitos peixes neste lindo pesqueiro goiano


Local: Pesqueiro Tocantins - Morrinhos - Goiás

Olá Amigos,

Eu (Marcio David) do Fishingtur e nosso amigo Jean Coqui da Amental Fishing, em viagem pelo estado de Goiás, retornando de Anápolis em direção ao Rio Quente, paramos na cidade de Morrinhos, onde encontramos o Pesqueiro Tocantins. Pesqueiro Localizado na saída da cidade.

Chegamos por volta das 11h da manhã e fomos muito bem recebidos pelos proprietários. O pesqueiro tem mais de 12 lagos, sendo dois deles os principais. O maior deles com várias espécies, entre elas os Tambaquis, Pincacharas, Tilápias e Tucunarés. Optamos em ficar no lago em frente ao restaurante, este menor que o outro, mas com uma quantidade maior de grandes redondos.

O Jean começou com os equipamentos Ultra Light da Amental Fishing e eu começou a pescaria com boias Torpedo e cevadeira das Boias Barão.

Não demorou muito para os peixes começarem a subir na ceva, porém, tinham um pouco de medo das boias, mas as ações deram início.

Como o Jean estava tendo muita ação nas massas de fundo com os UL, eu resolvi fazer um chicote de 80cm com anzol chinú 9 e uma pelota de massa, isso em uma boia torpedo da Barão. E assim as fisgadas foram constantes.

O que nos chamou a atenção foi a natureza ao redor a todo momento neste dia.

O Jean deixou de lado os UL's e também começou na pescaria de superfície, agora com as Boias Cevadeiras Barãocom chicotes de 60 e 80cm e a massa como isca. Estava sendo fatal. Bastava cevar com umas 4 copadas e depois deixar com a massa no meio.

Além de toda a beleza do lugar, de toda a natureza ao redor, a pescaria estava muito divertida e com muita atividade, Isso sem falar que os peixes brigam muito, mas muito mesmo.

Fizemos alguns arremessos no lago maior, este bem grande, as vezes com a massa e as vezes com chicote e pedaço de tilápia. Tivemos muitas ações, porém 3 linhas estouradas e 2 grandes peixes fisgados e que estouraram a linha depois de muito tempo de briga. Apenas alguns menores que vieram prá foto....

No final da tarde eu fisguei um bom tamba, exemplar este que me fez suar a camisa, literalmente. peixe brigador e muito valente. E imagens que dispensam comentários...

Peixes agressivos e que literalmente desapareciam com as boias, não ficavam beliscando não, afundavam de uma vez só, fazendo a carretilha cantar a fricção.

Arrumamos nossa tralha, e saímos do pesqueiro, muito satisfeitos com nossa descoberta e pescaria e ainda fomos presenteados com um magnífico pôr-do-sol.

Entramos no carro e seguimos, mas ainda dentro da proriedade, paramos o carro na estradinha de terra, entramos no pasto com nossas fotográfica e saímos correndo, eu de um lado e o Jean por outro, nossa intenção era cercar e fotografar um Tamanduá, mas o bicho foi ligeiro e se mandou prá dentro do mato. O jeito foi voltar para o carro e capturar essas lindas imagens....