Rio São Benedito II – Veja a nossa pescaria de Corvinas, Cachorras e Jacundás


Local: Rio São Benedito - Alta Floresta - MT Data: 13 a 19 de novembro de 2009

Olá amigos!

Nesta segunda parte de nossa pescaria no Rio São Benedito vamos mostrar nossa pescaria de Corvinas, Cachorras, Jacundás e conheça o peixe elétrico. Os pontos de pesca são bem próximos da Pousada São Benedito, o que facilita e muito a vida do pescador. Não houve um dia específico para cada espécie. A cada momento um peixe diferente atacava as iscas. Dividimos as próximas 4 matérias desta pescaria por espécies para melhor poder explicar cada detalhe da pesca e das técnicas usadas para cada espécie. Nós usamos os pedaços de peixe que eram fisgados alí mesmo como os lambaris, piaus e pequenas corvinas. Usamos também a tuvira e o minhocoçu.

Os equipamentos eram pesados, pois a possibilidade de se pescar uma corvina e entrar um grande jaú é muito grande e além disso a força das corredeiras é muito grande e um equipamento leve e mais sensível vai se anular perante a força da água. Estávamos com varas de 60 a 120lbs com carretilhas pesadas e linhas 0,74 a 0,92mm mono. O anzol variava do 8/0 ao 12/0 com cabo de aço e girador. Somente para a pesca com minhocoçu que era usado um anzol 6/0 a 8/0. A grande chumbada é fornecida pela pousada, evitando que o pescador carregue grandes pesos durante a viagem, isso já faz parte do pacote.

A grande maioria das Corvinas atacavam as tuviras assim como as cachorras que atacavam muito bem as tuviras e os pedaços de peixe. A Corvina ainda belisca a isca e você espera o momento certo para fisgar, já as cachorras atacam sem dó e arrastam o equipamento. Por isso que na dúvida a fisgada tem que ser forte, pois nunca se sabe se é uma cachorra ou um jaú. Em certos momentos você consegue sentir as beliscadas das cachorras atacando a isca, mas a maioria delas agarram a isca e esticam a linha. A Cachorra é muito esportiva e briga bem, tem uma pegada forte e dá vários saltos quando fisgada. Em uma manhã achamos um bom cardume e fisgamos dezenas delas, na média de 5kg, o que rende uma boa briga até mesmo no equipamento pesado.

Para a pesca das cachorras é necessário o uso do alicate pega-peixe para retirá-la da água e tirar o anzol. A cachorra tem gigantescos dentes que chegam a perfurar facilmente as iscas artificiais, portanto, tomem muito cuidado com esse peixe. As Corvinas já não brigam muito, mas são peixes bonitos e na água são bem azuis e também tem pequenos e afiados dentes. São peixes muito sensíveis e 10% dos peixes fisgados tiveram que ser embarcados, pois morreriam se fossem soltos. E por sinal tem uma carne muito saborosa. Todos os pequenos peixes que foram embarcados para nossa alimentação foram preparados pelo pessoal da cozinha da pousada. Nesta região do Rio São Benedito tem Cachorras que chegam a quase 20kg, mas a grande maioria varia entre 5 e 8kg.

Em alguns pontos de pesca as piranhas chegavam antes e acabavam com as iscas, mas era só rodar alguns metros e o problema acabava. Fisgamos alguns exemplares que viraram um bom caldo de piranha na pousada. Outra espécie muito valente pelo seu pequeno tamanho é o jacundá. Peixe muito bonito e normalmente fisgado nos remansos com o minhocoçu ou nas artificiais. Os piaus usados como isca era fisgados ali mesmo no barco. Nosso piloteiro ficava pegando as iscas enquanto esperávamos o ataque dos gigantes. Outro peixe muito interessante e que foi fisgado duas vezes nesta semana é o peixe elétrico.

Nosso guia fisgou um grande exemplar com cerca de uns 3kg. É preciso tomar muito cuidado com esse peixe e é necessário um alicate com cabo de borracha para tirar o anzol, pois a descarga elétrica é bem forte. Estas espécies como as cachorras, corvinas, jacundás não são tão grandes, mas são bons de briga e fazem a alegria enquanto se espera os gigantes do rio como os jaús e pirararas. Fizemos também uma ótima pescaria de pacus, estes sim com equipamentos leves como varas de 15-25 libras e carretilhas com linhas mono 0,36mm. A espécie é o Pacu Borracha, fisgado com minhocoçu em pequenas corredeiras

Fotos por Fishingtur Texto por Marcio David

Abraços e aguarde a terceira parte de nossa pescaria na Pousada São Benedito.

Marcio David

AGRADECIMENTOS

Pousada São Benedito

#RioSãoBenedito #MatoGrosso #Adrenalina #Emoção #Alegria #Viagem #Natureza #Pescaria

8 visualizações
Contato Fishingtur

Parceiros

bruta.png
Lumis.png
Enz Miçangas e evas
LogoSimon.png
girls fishing lovers.png
Logo.png
universo da pesca.png
Oculos Matuto.png
ESTILO GOIANO.png
go pro 1.png
massa paturi.png
boias de pesca, boia cevadira, boia torpedo
Logo Completo Colorido recorte.png
Logo Step quadrado Tranparencia.png

Step'lc Confecções

Rua Nova Cidade - Vila Olímpia - São Paulo - SP

273.441.558-50

fishingturpesca@gmail.com

Prazo de Entrega da Loja de 10 a 14 dias úteis

O maior portal de Pesca e Turismo do Brasil

Fishingtur Pesca e Turismo 2007