Barão de Melgaço - Mato Grosso


Olá amigos!

Eu (Rodrigo de Oliveira), sai de Jau-SP com destino ao Rio Cuiabá em Barão de Melgaço- MT, com o objetivo de fisgar a maior diversidade possível de peixes em uma pescaria de 5 dias em uma chalana no meio do pantanal. Mas antes de embarcar na viagem, passamos para pegar um amigo em Limeira-SP, que tem um lago particular no fundo de casa. Lógico que demos uma explorada, e o resultado em poucos minutos, uma carpa capim e uma grande tilápia.

Chegando no destino, já no Mato Grosso, depois de uma viagem cansativa,vamos em busca dos peixes de couro, logo veio o resultado.

Além dos pintados e cacharas, uma jurupoca e um barbado muito forte, vieram para a briga.

Jurupoca

Barbado

Fim do primeiro dia, mas eu não parei, durante a noite, na chalana mesmo, fiquei brincando com uma tralha mais leve, usando a Massa Japonesa do nosso amigo Renato. Várias pequenas espécies apareceram, provando que essa incrível isca nos pesqueiros, também da resultado na natureza. Armei também uma vara mais pesada com linha 0,52 mm e um sardinhão como isca, na esperança de pegar algo grande. A variedade de espécies me impressionou, algumas eu desconhecia.

Bagre

Armal

Tuvira

Pequena espécie de Abotoado

Outra espécie de armal

Mandi Prata

Vários peixes de couro, e até uma tuvira enorme apareceram. Então a vara que eu havia armado começa a envergar lentamente, fisgo, e uma força absurda começa a tomar linha, não tive o que fazer, a linha 0,52 não foi suficiente para parar o peixe que bateu em um pau e estourou tudo. Nos dias que se seguiram a pesca foi voltada para as artificiais, e mais uma vez, variedade foi o que não faltou...

Piranha Vermelha

Cachorra