EXPEDIÇÃO RIO NEGRO 2011 – PARTE 1 FISHINGTUR E BARCO KALUA NO ENCANTADOR RIO NEGRO.


Local: Rio Negro e Rio Branco – Amazonas – Brasil Data: 24/09 a 30/09/2011

Barco-Hotel Kalua

EXPEDIÇÃO RIO NEGRO 2011 – PARTE 1 (25/09/2011)

Olá Amigos!

Nossa equipe foi convidada pelo nosso amigo Ian-Arthur e Otávio Chaves, a fazer parte de um grupo de pescadores que passariam a semana a bordo do ótimo Barco-Hotel Kalua. Aceitamos o convite e vamos descrever dia-a-dia como foi nossa aventura desde nossa saída de São Paulo. Gostaríamos primeiramente de agradecer a todos os nossos patrocinadores, entre eles, o Jorge do Pesqueiro Novo Anhanguera, A Elza do Pesqueiro Tio Oscar e o Thiago da Piscicultura Rio Doce. Agradecemos também o apoio das Iscas KV, JennerLure, Lori, Zagaia e Nelson Nakamura.

Nossa viagem começou bem antes, saindo de São Paulo pelo Aeroporto de Cumbica em Guarulhos, com destino a capital do estado do Amazonas, Manaus. Assim chegando, nos deslocamos até o Hotel sugerido pelo Otávio, o Hotel Go-inn.

Depois de um breve descanso nos dirigimos ao Manaura Shopping, onde iríamos encontrar outros pescadores e nosso amigo Ian.

De volta ao hotel e com uma ótima noite de descanso, acordamos bem cedo e depois de um belo café da manhã, começamos a embarcar nossas bagagens em um micro-ônibus fretado para nos levar até a cidade de Novo Airão, onde o Barco Kalua já estava a nossa espera.

Uma viagem tranquila de aproximadamente 3 horas por estrada asfaltada, passando pela balsa que faz a travessia pelo Rio Negro, um passeio muito bonito por sinal. Em breve a nova ponte estará pronta e o tempo de 40 minutos de travessia pela balsa não será mais necessário.

Enfim, chegamos ao município de Novo Airão, logo estávamos no belo porto da cidade embarcando no Kalua. Neste momento a ansiedade era ainda maior para o dia seguinte chegar logo e começar a tão esperada pescaria.

O Barco-Hotel Kalua tem uma estrutura fantástica e o serviço prestado não tem comparação com nenhum outro lugar já visitado. Conheça um pouco mais sobre o Barco Kalua, Clicando Aqui.

Assim que embarcamos, fomos apresentados a toda tripulação e em seguida conhecemos nossa cabine. A euforia era tanta que assim que o Kalua começou a navegar, subimos para o deck superior e começamos a arrumar as tralhas de pesca com outros amigos pescadores.

Depois de tudo arrumado, a tarde foi de muito bate-papo no Hall do barco, com direito a petiscos, bebidas e muitas histórias. Foi o momento em que todos os pescadores do grupo se conheceram.

No final do dia fomos contemplados com uma maravilhoso pôr-do-sol, um presente da natureza a todos nós que estávamos navegando pelas mágicas águas do Rio Negro. Um momento abençoado, criado por Deus.

Depois de tanta beleza, um ótimo jantar foi servido e o sorteio dos guias de pesca foi feito pelo Otávio. O nosso guia para esta semana seria o Edivam. Na sequencia, o Eder perguntou um a um sobre as bebidas preferidas por cada pescador para ele abastecer as caixas térmicas das dupla para o dia seguinte.

A Pescaria:

Acordamos as 5H:30min uma belíssima mesa com o café da manhã estava nos esperando. Após a fartura seguimos para nosso barco, nosso guia Edivam, nos aconselhou a levar tanto materiais leves como os pesados, pois iríamos alternar os estilos de pesca conforme os pontos que iríamos passando.

Equipamentos usados Gilberto Chudi Jr.:

-Tralha: Iscas Artificiais

-Vara Lubina 5’6 – 12/25 lb – Marine Sports -Carretilha customizada Chronarch – Shimano -Multifilamento Power Pro 50 lbs verde

-Vara Rapala Gold 5’6 – 10/20 lbs – Rapala -Carretilha Lubina Gto Black Widow – Marine Sports -Multifilamento Power Pro 50 lbs verde

-Tralha: Peixes de Couro

-Vara Mirage 7/0 – 10/25 lbs -Carretilha Callais 201 – Shimano -Multifilamento Power Pro 50 lbs verde

-Vara Evolution Gt 6’0 – 60 lbs – Marine Sports -Carretilha Okuma Convector 30 lx -Linha mono 0,70mm Max Force

Equipamentos usados Marcio David:

-Tralha: Iscas Artificiais

-Vara Shift 5’6? – 8/17 lbs – Rapala -Carretilha Scorpion 1001 – Shimano -Multi 50 libras – Deep One - SunLine

-Vara Infinity 5’6? - 6/17 lbs – Lumis -Carretilha Curado 201 – Shimano -Multi 50 libras – Cajun Line - Shakespeare

-Tralha: Peixes de Couro

-Vara Jaguar 80/100 lb – Albatroz Fishing -Carretilha Penn 65 – Penn -Linha Mono 0,91mm – Raiglon

-Vara Amazon Tucuna III 6’0? - 36lb – Fleming -Carretilha Omega 50L – Albatroz Fishing -Linha mono 0,50mm Asso Super

Começamos pescando em pequenas lagoas e Igarapés do Rio Negro, depois de muitas rebojadas e estouros nas iscas de superfície, o Júnior optou pela Isca Poderosa do Nelson Nakamura e o primeiro Tucunaré de nossa viagem esta saltando no meio do rio com a isca na boca, um pequeno Paca, mas apenas o primeiro.

Eu continuei usando a Isca Dr. Spock da KV, branca com uma faixa amarela e laranja. Em um dos arremessos bem no meio das galhadas, a isca mal tinha caído na água e a pequena traíra já tinha abocanhado a grande isca. Fisgamos dezenas de traíras, bastava ver praias bem rasas e lá estavam elas atrás de nossas iscas.

Agora foi a vez da Zig Zara do Nelson Nakamura garantir outro exemplar de traíra.

Esta isca por sinal foi um grande diferencial nesta manhã, A Zig Zara cor de osso foi sucesso total. O Júnior garantiu mais dois Tucunas e uma grande Piranha.

Novamente muitos rebojos na Dr. Spock, mas poucas fisgadas. Decidi então trocar a isca e optei em usar também a Isca Zig Zara, e os ataques começaram a ter mais efeito.Em um dos arremessos do Júnior entre as galhadas, uma grande explosão, mas o peixe errou a isca, arremessei em cima e com trabalhos lentos, a explosão foi fatal e um belo Tucunaré Açu estava fisgado. este fez a varinha Rapala envergar ao extremo.

Na saída de um lago, na praia, um bonito Apapá acabou atacando a isca de superfície do Júnior. Era um grande cardume, mas depois que a primeira foi fisgada as outras sumiram.

Mudando de ponto, agora em uma grande lagoa e com a água invadindo um pouco da mata, começamos a usar iscas barulhentas como as hélices da JennerLure e o Popper Titan da Zagaia. Aos poucos percebemos que os peixes estavam saindo do mato em direção a nossas iscas, mas sem atacá-las, foi aí que imediatamente troquei o Popper pela Dr. Spock e no primeiro arremesso com a Zara duas grandes rebojadas e a explosão fez minha varinha envergar, mas além da fricção travada, o dedo ainda segurava o carretel, garantindo que o peixe não fosse para a pauleira. Uma briga forte e com um grande salto bem ao lado do barco fez o coração bater mais forte ao ver o brilho e o colorido deste belo Tucunaré Açú.

Já sain do da lago, na boca do canal, alguns arremessos em direção a praia mas sem rebojadas ou ataques. Esperei o barco descer até uma única árvore que estava submersa e foi fatal, arremessei atrás desta árvore e assim que a isca passou, o peixe veio feito um tiro abocanhando e encharutando a isca. Mais uma grande briga com bonitos saltos.

No decorrer do dia, fomos testando vários tipos de iscas, mas os melhores resultados até então estavam com a Zig Zara e a Dr. Spock.

Após o almoço, resolvemos parar um pouco com as artificiais e começamos a pescaria de peixes de couro. As Piranhas estavam muito ativas e atrapalhando um pouco, mas nesta tarde tivemos uma grata surpresa, um pequeno Piranambú, peixe pouco fisgado e em extinção em alguns rios do Brasil. Eu estava com a Vara de 36lb com linha 0,50mm, chumbada e anzol 6/0. A isca era um pedaço de peixe.

Logo depois foi o equipamento médio leve do júnior que envergou e uma forte puxada na fricção nos animou pois era uma puxada típica de Pirarara. Um boa briga, com fortes tomadas de linha e muita força, pois aqui o peixe joga muito sujo tentando ir a todo momento para a pauleira. Neste momento o guia de pesca já tinha levado o barco para o meio do canal, tirando o peixe de qualquer possibilidade de correr para os enroscos. Enfim, uma bonita Pirarara.

Novamente no equipamento médio, fisguei mais um peixinho que começou a subir o rio em direção ao barco e por isso pensamos ser um dos pequenos, mas só ao chegar bem embaixo do barco é que o peso foi crescendo e aí sim o peixe percebeu que estava fisgado e foi direto para o barranco puxando muita linha, ou seja, não deu tempo nem de soltar o barco e ele já estava enroscado nas pauleiras. Não teve jeito. Ainda estávamos no mesmo ponto quando o Júnior fisgou outro peixe bom, este estava apenas beliscando, assim como as piranhas, mas ao carregar um pouco mais, o Júnior resolveu fisgar. O peixe começou a puxar muita linha em direção ao canal, sem hesitar, o Edivan soltou o barco e fomos em direção ao canal, atrás do peixe. A vara envergava demais, o peixe era forte, mas com o barco solto, ficamos o tempo todo em cima, tentando levantá-lo. Já estávamos longe quando o grande rabo cinza apareceu, era uma Piraíba.

Como já estávamos no final do dia e muito satisfeitos com os resultados deste nosso primeiro dia, resolvemos voltar ao Kalua e se preparar para o dia seguinte. Nosso grupo estava formado por 14 pescador, sendo 4 do Paraná, 2 do Espírito Santo, 6 do Rio de Janeiro e 2 de São Paulo. Abaixo vamos mostrar como foi este primeiro dia de pesca de todo o grupo, lembrando que o alicate pega peixe está sendo usado em muitos peixes de couro por medida de segurança, porém em hipótese alguma o peixe foi completamente erguido pelo alicate.

Ao final de cada dia ganhávamos um presente da natureza, lindas e inesquecíveis imagens. Verdadeiras obras de arte.

Agradeço a todos os pescadores que participaram desta viagem com o Fishingtur, apesar de poucos se conhecerem, ao final desta expedição grandes amizades foram consolidadas, e aproveitando, nosso amigo Cícero criou o hábito de fazer poesias com nomes e sobrenomes de todos integrantes de suas pescarias, e nesta não foi diferente. Segue a poesia:

VIAGEM AMIGA VII

NA GRANDEZA DESSES RIOS QUE MAIS PARECEM UM MARCIO, DESFRUTAMOS DE MOMENTOS MARAVILHOSOS PLENOS DE COMPANHEIRISMO E AMIZADE. PAULOATINAMENTE VAMOS CLEBERANDO A TIMIDEZ INICIAL E FORMANDO UM GRUPO HOMOGENEO E AMIGO. QUIÇÁ, EM FUTURO PRÓXIMO, POSSAMOS ARANGELAR UM TEMPO PARA PESCAR, NOVAMENTE, TODOS JUNTOS. SERÁ CIRLEYSENCIONAL… COMO TEMOS FÉ EM DEUS, E COMO, PARTICULARMENTE, SOU DEVOTO DE SÃO JOÃO BAPTISTA, ACHO POSSIVEL ESSE SONHO SE REALAUROIZAR. COM CICEROIDADE PENSO QUE TODOS EGGERÍAMOS AS MÃOS E AGRADECERÍAMOS AOS CÉUS POR ESSA NOVA AVENTURA. SERÁ UMA PENNA SE ISSO NÃO ACONTECER. AFINAL, NAVEGAR NESSES RIOS EM UM PAQUETE LINDO COMO O KALUA, BATALHAR OS PEIXES NOS RECANTOS RECORTADOS DESSA NATUREZA EXUBERANTE, MERGULHAR NAS ÁGUAS LÍMPIDAS E TRANSPARENTES DOS IGARAPÉS, COM SEUS PAULOS PARECENDO ALFINETES QUE DESAFIAM O MOVIMENTO DAS ÁGUAS, E QUE DE TÃO LIMPAS E CLARAS NOS FAZEM TER A VONTADE DE SORVÊ-LAS COMO SE FOSSEM ÁGUA POTÁVIOL. ESSA BELEZA TODA, ESSE DESPRENDIMENTO QUE PRECISAMOS TER PARA VENCER OS OBSTÁCULOS DE NOSSAS VIDAS E NECESSIDADES DE NOSSAS FAMÍLIAS NOS REMETEM AO CONHECIDO JARGÃO POPULAR “VOU DAR UM CHUDI NO BALDE”, MAS NÃO PERCO ESSA NÃO.

ENFIM, AO TRAÇAR ESSAS LINHAS APENAS TENTO EXPRESSAR A FORTUNA DE CONHECÊ-LOS E AGRADECER AO KALUA E A TODOS OS SEUS MEMBROS PELA PERFEITA ACOLHIDA, BEM COMO APROVEITO PARA CUMPRIMENTAR MEU QUERIDO E FRATERNO AMIGO RENATO PAQUET PELO SEU ANIVERSÁRIO E DIZER O QUANTO O ADMIRO E LHE QUERO BEM.

UM GRANDE ABRAÇO E ATÉ A PRÓXIMA…

Cícero B. Alves 09/2011

O Fishingtur agradece a cada um destes grandes amigos que fizeram desta viagem uma das melhores já feitas por nossa equipe. Em agradecimento: Cicero Belluomini Alves, Cirley Acácio Egger, Cleber Janeiro, Gilberto Chudi Jr, Jose Roberto Penna, Lauro Fonseca, Otavio Chaves, Paulo Eduardo Gonçalves, Paulo Rogerio Couto, Rangel Albuquerque, Renato Paquet, Rodrigo Alexandre Egger, Baptista e Marcio David. Aguarde, em breve o segundo dia de nossa Expedição Rio Negro 2011. Agradecemos ao Ian, Otávio e Alexandre por toda recepção, confiança e amizade,

Abraços!

Marcio David.

Fotos por Marcio David, Gilberto Chudi e Grupo de Pesca Texto e edição por Marcio David

AGRADECIMENTOS

Barco Kalua

#RioNegro #BarcoHotelKalua #aventura #Pescaria #Diversão #Alegria #Natureza #Emoção

0 visualização
Carretilhas de Pesca Penn
Contato Fishingtur

Parceiros

bruta.png
Lumis.png
Enz Miçangas e evas
LogoSimon.png
girls fishing lovers.png
Logo.png
universo da pesca.png
Oculos Matuto.png
ESTILO GOIANO.png
go pro 1.png
massa paturi.png
boias de pesca, boia cevadira, boia torpedo
Logo Completo Colorido recorte.png

O maior portal de Pesca e Turismo do Brasil

Logo Step quadrado Tranparencia.png

Step'lc Confecções

Rua Nova Cidade - Vila Olímpia - São Paulo - SP

273.441.558-50

fishingturpesca@gmail.com

Prazo de Entrega da Loja de 10 a 14 dias úteis

Fishingtur Pesca e Turismo 2007