EXPEDIÇÃO RIO NEGRO 2011 – PARTE 2


Rio Negro – Belezas naturais e grandes peixes em nosso segundo dia de pescaria

Local: Rio Negro, Rio Branco e Jauaperi – Amazonas – Brasil Data: 24/09 a 30/09/2011

EXPEDIÇÃO RIO NEGRO 2011 – PARTE 2 (26/09/2011)

Olá Amigos!

Nossa equipe esteve por 6 dias no maravilhoso Kalua Barco Hotel em busca dos grandes peixes amazônicos, em especial o cobiçado Tucunaré. O nosso primeiro dia de pesca já tinha sido muito bom e agora, o barco já estava próximo ao Rio Jauaperi, onde passamos o dia em busca dos bocudos.

Mais uma vez acordamos bem cedo e depois do ótimo café da manhã servido pelo Kalua, fomos presenteados com uma magnífico nascer do sol, nos dando bom dia e boa sorte na pescaria.

Durante os 15 minutos de navegação até o primeiro ponto de pesca, separamos as nossas iscas e estávamos prontos para começar os arremessos.

Equipamentos usados Gilberto Chudi Jr.:

-Tralha: Iscas Artificiais

-Vara Lubina 5’6 – 12/25 lb – Marine Sports -Carretilha customizada Chronarch – Shimano -Multifilamento Power Pro 50 lbs verde

-Vara Rapala Gold 5’6 – 10/20 lbs – Rapala -Carretilha Lubina Gto Black Widow – Marine Sports -Multifilamento Power Pro 50 lbs verde

Equipamentos usados Marcio David:

-Tralha: Iscas Artificiais

-Vara Shift 5’6? – 8/17 lbs – Rapala -Carretilha Scorpion 1001 – Shimano -Multi 50 libras – Deep One - SunLine

-Vara Infinity 5’6? - 6/17 lbs – Lumis -Carretilha Curado 201 – Shimano -Multi 50 libras – Cajun Line - Shakespeare

Optamos em fazer somente a pesca com iscas artificiais, nos dedicando aos grandes Tucunarés na boca do Rio Jauaperi, afluente do Rio Negro. No primeiro Igarapé, em um dos primeiros arremessos um pequeno valente já tinha atacado a isca do Júnior, isto prova que tamanho não é documento.

Neste mesmo Igarapé, um cardume de Tucunarés Popocas fez a alegria em poucos arremessos, usando a Isca Zig Zara by Nelson Nakamura.