Pousada São Benedito - Rio São Benedito - Alta Floresta - MT


Local: Pousada São Benedito - Rio São Benedito - Alta Floresta - MT Data: 13 a 19 de Junho de 2010

Olá amigos!

Nesta segunda parte de nossa viagem ao Rio São Benedito, divisa dos estados do Mato Grosso e Pará, nosso grupo fisgou diversas espécies e algumas em tamanhos fora do comum e do esperado. Vamos começar com o Leandro que estava pescando na famosa cachoeira do Jaú e logo depois de ter sua linha 0,92mm estourada por um grande exemplar, conseguiu fisgar um belo Jaú que nas águas rápidas da corredeira ganha forças extras.

Olhe só a beleza de poder soltar o peixe e vê-lo nadar livremente nas águas transparentes do São Benedito.

A turma foi se divertindo com os jundiás, cachorras e grandes piranhas, enquanto os tão procurados gigantes não apareciam.

Uma curiosidade muito interessante é a coloração dos Jacundás, um mais colorido que o outro. Uma das belezes que a natureza nos reserva a cada fisgada.

Outro espetáculo a ser admirado de perto é o Voo das borboletas. Cena comum nesta região.

No começo da noite é que a pescaria estava um pouco mais animada em relação a esperança dos maiores peixes. O comum aqui na pousada é pescar até o finzinho da tarde, exceto quando o peixe está manhoso é que se estica um pouco mais até o começo da noite.

Mais um dia de sol e de calor e mais uma vez o grupo vai para a áua na esperança de muitos peixes e o resultado foi farto.

Como o rio estava muito baixo, sabíamos da dificuldade de se fisgar os grandes peixes de couro, então continuamos na pescaria com artificiais e no final da tarde com tuviras em busca das cachorras e corvinas.

A pescaria com artificiais foi bem produtiva, isso por causa das águas baixas.

Mas a aqueles que ainda tentaram os de couro e conseguiram algum resultado.

Olha a tralha da galera:

As bicudas deram um show a parte, apesar do pouco tamanho, uma briga muito forte e com boa resistencia.

E o dia seguiu sem grandes exemplares, mas com muitos peixes fisgados.