Rancho do Kojak – Lago do Peixe – Um espetáculo com os Tucunarés Azuis


Local: Lago do Peixe - Cidade de Peixe - Tocantins - BR Data: 15 a 18 de Agosto de 2010

Rancho do Kojak (Rancho Reino Encantado)

Olá amigos!

Neste mês de agosto, eu, Marcio David e nosso amigo Gilberto Chudi, estivemos no estado do Tocantins para conhecer um dos mais novos points doa grandes Tucunarés Azuis, o Lago do Peixe. O Lago do Peixe é uma grande área formada pelo represamento do Rio Tocantins, a barragem situa-se na cidade de “Peixe”, isso mesmo, o nome da cidade é “Peixe” no estado do Tocantins.

Assim que chegamos ao aeroporto de Palmas-TO, fomos recepcionados pelo Kojak, proprietário da pousada, conhecida como RANCHO DO KOJAK, que é a única pousada da região. Nos 350 km de Palmas até a pousada, tiramos todas as dúvidas e conhecemos bem o local, isso sem falar nos vários momentos de gargalhadas com os causos e piadas contadas pelo Kojak. No meio do trajeto, passamos pela cidade de Gurupi, onde fica o escritório do Rancho e conhecemos a Didiane, filha do Kojak, que é quem administra todo o agendamento das reservas; E depois seguimos viagem. Todo o translado é feito via terrestre, a grande maioria em asfalto e somente perto da pousada que a estrada é de terra, porém em boas condições.

Ao chegar ao rancho, o ambiente 100% familiar toma conta do cenário. Conhecemos a D. Glória, esposa do Kojak que cuida do rancho e de todas as refeições, e conhecemos também seus dois filhos que também são guias de pesca, o “GG” e o Deivity. Como vocês puderam perceber, o Rancho do Kojak é um local extremamente familiar e aconchegante. A Pousada fica a beira da represa e até mesmo por alí, já é possível se fisgar alguns tucunarés. A Pousada tem uma grande área onde funciona o restaurante e a pousada que trabalha hoje com 6 suítes para até 5 pessoas cada. Todas com ar condicionado, ventilador e banheiro privativo.

A cozinha da D. Glória é bem grande e muito limpa e comprovamos de perto todo o carinho e dedicação na elaboração de cada refeição. Comida caseira e muito saborosa. Não pude deixar de mostrar um dos pratos mais interessantes e saborosos que experimentei nesta pescaria. A Famosa Lasanha de Tucunaré. Um outro prato bem interessante, feito aqui na pousada é o Bolinho de Arraia e a Arraia Frita. A carne da Arraia é muito saborosa e o bolinho lembra muito os nossos tradicionais bolinhos de bacalhau. Lembrando que todo o cuidado é pouco para o manuseio com as Arrais por causa dos ferrões venenosos.

Aqui no Lago do Peixe a palavra preservação é citada muitas vezes. No Rancho do Kojak não se mata peixe, aqui é praticada somente a pesca esportiva, lógico que um peixinho ou outro(pequenos) podem ser preparados na própria pousada ou em um almoço na beira da represa. A represa existe há 6 anos e hoje já temos exemplares de até 5.800 kg. Imagine se a preservação continuar, como será esse lugar daqui uns 4 anos, com certeza com exemplares superiores a 9 kg. Portanto,….. Pesca Esportiva !!!!!!!!!!!!!!!!! A cada amanhecer, eramos presenteados com um lindo nascer-do-sol, o que nos deixava ainda mais empolgados para o dia de pescaria. Acordávamos as 5h:30min e o café da manhã já estava sendo servido, depois seguíamos para o portinho e iscas na água.

O Lago do Peixe realmente é gigantesco, em alguns pontos a sua largura ultrapassa os 5 km e são milhares os pontos de pesca, praias, galhadas, algas, padras. Um lugar muito piscoso.

Equipamentos Usados:

Varas:

-Vara Althezza II - 5’0? - 8-20 lbs (1,55mts) - Albatroz Fishing -Vara Apache III - 5’3? - 5-14 lbs (1,60mts) - Fleming -Vara Evolution - 5’6? - 10-20 lbs (1,65mts) - Marine Sports

Carretilhas:

-Carretilha Brisa GTO 3000 - Marine Sports -Carretilha Scorpion 1001 - Shimano

Linhas Multifilamento:

-Multi 50 libras – Cajun Line - Shakespeare -Multi 50 libras – Deep One - SunLine

As Iscas mais usadas:

Superfície: -Dr. Spock – KV -Super Spook – Heddon -Trairão -Poopers

Sub-Superfície: -Isca Flash – King Fisher

Pescamos por três dias e o forte vento atrapalhou e muito a pescaria, mas mesmo assim fisgamos muitos peixes na superfície, mas o grande diferencial desta pescaria foi a Isca de Sub-Superfície da King Fisher, a ISCA FLASH. Era fatal, bastava arremessar e fisgar um peixe. Digo que 70% da pescaria se deu por conta desta isca da King Fisher. A pescaria era feita no visual, pois navegando com o motor elétrico nas praias e raseiros, era possível ver os Tucunarés Azuis de longe, aí era só arremessar, trabalhar a isca e ver a explosão.