Pesqueiro Big Fish - Grandes peixes no interior de SP


Local: Pesqueiro Big Fish - Cajuru - SP

Olá Amigos, hoje o Fishingtur está com duas novidades, além de mostrar mais uma ótima opção de pesca, temos o prazer de apresentar nossa amiga Aline.

———————————————————————————————————————————————————-

Olá

Para iniciar a participação no site quero apresentar a vocês um pesqueiro que vem dando o que falar no interior de São Paulo. Localizado próximo a cidade de Cajuru, o Pesqueiro Big Fish vem se tornando conhecido pelos belos peixes que encontramos no local.

De Piau a Jaú, a variedade é grande e tem atraído muitos pescadores. E com nossa equipe não foi diferente, conhecemos o pesqueiro algum tempo atrás e tudo que encontramos foi uma grata e bela surpresa, já voltamos inúmeras vezes e sempre com sucesso e muitas fisgadas.

O local tem uma estrutura simples, mas o atendimento é excelente, Fábio e Renata são os proprietários e cuidam com todo carinho, também são pescadores e sabem dar valor ao pesque e solte.

Estrutura:

Logo na entrada percebemos que é tudo muito bem cuidado e limpo, deixando assim o ambiente mais convidativo.

Já do estacionamento avistamos o 1º lago, onde praticamos a pesca esportiva, neste lago só é feito o pesque e solte, só pode ser usado anzol e garateia sem farpa, para não machucar os peixes. A variedade é grande, tem Piau, Matrinxã, Dourado, Pintado, Cachapira, Pirarara, Jau, Tambacu e Tambaqui, os peixes de couro pesam até 15 kg e os redondos até 25 kg.

O quiosque bem ao lado do lago facilita para os pedidos de bebibas, porções ou almoço completo, para aqueles que preferem uma pescaria parada tem todo conforto e bancos adaptados com suporte para varas.

Logo abaixo tem mais um quiosque e a cozinha e também o 2º e 3º lago, com Pintado, Patinga mas bem pequenos ainda e esta sendo introduzido o Tucunaré, onde o Fábio aposta que será mais uma opção de pesca no local.

Quando descobrimos o local foi através da internet, assistimos alguns vídeos e no dia seguinte fomos conhecer. Perguntamos se poderíamos usar isca artificial, e com um olhar desconfiado disseram que sim, mas que nunca ninguém havia pescado lá usando artificial.

No início fomos em busca da Cachapira (é um peixe híbrido, resultante do cruzamento da Pirarara com a Cachara ). Peixe de couro muito bonito e como nós ainda não conhecíamos e queríamos saber se era bom de briga. Montamos os equipamentos e começamos a pescar, não demorou 15 minutos até a primeira aparecer, para a surpresa de todos no local.

Tivemos muitas surpresas, entre elas as Matrinxãs que também estão bem ativas, seguidas do Piau e dos pequenos pintados.

Mas as Cachapiras estão em maior número no lago, já pegamos de todo tamanho, mas a maioria esta entre 5 e 15 kg. Segue uma seleção de algumas que já tivemos a sorte de pegar.

Mas a emoção continuava, na primeira vez não conseguimos pegar a sonhada Pirarara, voltamos na semana seguinte e intercalamos entre isca artificial e isca parada, usamos cabeça de tilápia, que no local faz muito sucesso entre os peixes de couro.

Depois de mais algumas Cachapiras ela veio, era inevitável não saber que era ela, a corrida é bem diferente em relação a outros peixes, ela não nos dá muito tempo pra pensar, quando percebemos ela já deu a corrida e o coração já disparou. Mas ai é controlar a emoção e trabalhar o peixe da melhor maneira sem forçar e deixar ele cansar, se deixar a emoção ser maior que a técnica poderá perder o peixe.

Mas nada foi mais divertido que pegar os redondos, quando estivemos a primeira vez no local, o Fabio nos contou que ninguém desde que abriu o pesqueiro tinha fisgado os redondos. Como eu adoro peixe de couro confesso que em nenhum momento fui lá pra pescar Tambacu.

Mas em uma bela tarde depois de fisgar várias Cachapiras resolvi sentar e montar um equipamento bem leve, molinete micro, vara 12 lbs e anzol bem pequeno pra pegar os peixes menores.

Nem estava prestando muito atenção quando vi a linha se mexer, fisguei e segurei, senti o peso e na hora pensei ser outro peixe de couro, pela isca usada ser um pedaço de mortadela. Não poderia forçar o equipamento nem travar o molinete, a sorte é que o peixe não correu muito, não tinha 40 metros de linha.

Trabalhei com calma e quando vi a mancha escura na água mal pude acreditar, era um Tambacu, ai veio o desespero, o anzol estava só no lider fluor 0.40, mas não estava dentro da boca, era preciso muito cuidado e calma, a varinha parecia que ia quebrar ao meio. Mas conseguimos e fomos a primeira equipe a fisgar um redondo no local.

Mas muita coisa ainda estava por vir, voltamos na semana seguinte e novamente nem pensei no Tambacu. No final da tarde sentei no mesmo local e peguei um equipamento mais pesado e deixei montado, que seria para Pirarara. Arremessei bem ao lado do barranco, perto do aguapé e deixei na espera, não demorou 5 minutos e já tinha peixe na linha, pra mim era outro de couro novamente, quando vi a cor gritei que tinha pego algo que nunca tinha visto ali, todos correram pra ver o que era, quando vimos o tamanho mal pude acreditar que mais uma vez nossa equipe tinha fisgado mais um belo troféu.

No último final de semana (09/07/2011) voltamos ao local e mesmo no inverno onde os peixes não estão tão ativos, tivemos sucesso.

Comendo eles não estavam, isso é fato, mas uma isca artificial de fundo fez toda diferença. Depois de passar horas testando todas cores e modelos troquei e no segundo arremesso senti o peso, que a princípio parecia ser bem maior do que era na verdade.

Era novamente mais uma linda Pirarara que deixou nosso dia muito mais feliz.

O local não tem dia ruim, o pescador não pode ter preguiça de testar equipamentos, iscas e arremessos.

Ainda não conseguimos fisgar os Dourados nem o Jaú, mas vamos continuar tentando e quem sabe em breve voltamos pra dizer que nossa equipe foi a primeira a fisgar todas espécies do Big Fish.

Em todas as pescarias foi usado praticamente os mesmos equipamentos, o que mudou foram as iscas artificiais.

Pescaria Parada:

Vara: 15-30 lbs Molinete: compatível com ate 60 metros de linha Linha: Mult 0.31 com lider Fluor 0.40 Anzol: Modelo Chinú Nº 8 Obs.: Não usar chumbo, apenas a isca e arremessar mais próximo a margem.

Pescaria com isca Artificial:

Vara até 20 lbs Linha: Multifilamento 0.29 Carretilha: Lubina e Contender – Marine Sports Snap: Glico Snap (engate rápido)

Iscas de maior sucesso:

Lelé ( Borboleta) Inna 70 e 90, Iron Head 70 ( Marine Sports) Birutinha JJ, ( Deconto)

O local oferece ainda:

Bebidas: Cerveja, refrigerante ( em lata) e água.

Porções: Filé de tilápia, Costela de Tambaqui, Filé de Tambaqui, Arroz, Salads, Batata Frita, Frango a passarinho, Calabresa, Sashimi de Piapara e Salmon.

Como Chegar: Você tem duas opções partindo de São Paulo:

Linha Azul - Saindo de São Paulo, pela Rodovia Anhanguera (SP-330), seguindo até a cidade de Cravinhos, onde vai entrar na Rod. Angelo Cavalheiro (SP-271) seguindo por aproximadamente 20 km, continuando pela Rod. Angelo Serrano por mais 1,5km. Chegando na cidade de Serrana, pegar a Rod. Abraão Assed(SP-338) e percorrer 27km em direção a Cajuru, até a entrada para o pesqueiro no Km 8,5.

Linha Verde - Saindo de São Paulo, pela Rod. Anhanguera/Bandeirantes, seguir pela Rod. D. Pedro, Rod. Ademar de Barros, seguindo pela SP-340, passando por Mogi-Mirim, Estiva Gerbi, Aguaí e Casa Branca. Antes de chegar em Mococa, na rotatória, pegar a saída para a SP-338, passando pela cidade de Cajuru e seguindo até o Km 8,5 desta estrada.

Endereço:

Rodovia Abrãao Assed, KM 8,5 – Cajuru – SP. Próximo a ponte do Rio Pardo Contato: 16 81416241

Pesca Esportiva R$ 20,00 por pessoa (valor em 11/07/2011)

Aberto todo sábado e feriado das 9 as 18 horas.

Obs.: Liguem antes para avisar sobre a pescaria, no momento só está aberto ao sábados. É bom avisar que estará indo pra não correr o risco de chegar e estar fechado.

Distância até o Local:

São Paulo _________________________355 km Campinas__________________________205 km Ribeirão Preto_______________________54 km Franca____________________________116 km Passos____________________________122 km Belo Horizonte______________________467 km

Um Abraço e até a próxima

Aline Patrícia

AGRADECIMENTOS

Pesqueiro Big Fish Rodovia Abrãao Assed, KM 8,5 – Cajuru – SP. Próximo a ponte do Rio Pardo

#pesqueirobigfish #pesqueiro #pescaria #fishingtur #pirarara #cachapira #tambacu

0 visualização
Carretilhas de Pesca Penn
Contato Fishingtur

Parceiros

bruta.png
Lumis.png
Enz Miçangas e evas
LogoSimon.png
girls fishing lovers.png
Logo.png
universo da pesca.png
Oculos Matuto.png
ESTILO GOIANO.png
go pro 1.png
massa paturi.png
boias de pesca, boia cevadira, boia torpedo
Logo Step quadrado Tranparencia.png

Step'lc Confecções

Rua Nova Cidade - Vila Olímpia - São Paulo - SP

273.441.558-50

fishingturpesca@gmail.com

Prazo de Entrega da Loja de 10 a 14 dias úteis

Logo Completo Colorido recorte.png

O maior portal de Pesca e Turismo do Brasil

Fishingtur Pesca e Turismo 2007