Pesqueiro Recanto do Pacu – Uma ótima opção perto de Campinas


Local: Recanto dos Peixes – Sousas – Campinas – SP Data: 19 de Dezembro de 2008

Olá amigos

Hoje nossa equipe fez uma excelente pescaria no Pesqueiro Recanto do Pacu, em Sousas, região de Campinas. Este pesqueiro é muito conhecido na região por seus grandes Tambaquis de 30kg e Pirararas que chegam a 48kg.

Para chegar ao pesqueiro é simples. Saindo de São Paulo, seguindo pela Rodovia Anhanguera, após o segundo pedágio entrar a direita no km 86. Logo depois pegar a saída 130 e seguir as placas para Sousas. Preste atenção pois este ponto é a junção de 3 rodovias e você terá que fazer o retorno em duas delas segundo as placas para Sousas. Estando na rodovia Heitor Penteado, atravessar a D. Pedro e seguir pela Avenida Antonio Carlos Couto Barros até o centrinho de Sousas. Cuidado pois a velocidade máxima é de 60 e 70km e tem radar.

Em Sousas seguir as placas para o Condomínio San Conrado. Você vai sair em uma pequena estrada asfaltada onde já vai ter placa do pesqueiro. Seguir agora por essa estrada seguindo as placas do Condomínio Colinas do Atibaia. Você vai percorrer 4km de uma boa estrada de terra e após passar por uma série de 3 pontes consecutivas sobre o Rio Atibaia você já vai ver a entrada do Condomínio Colinas do Atibaia – Portão 3. Basta se identificar e seguir té o pesqueiro.

Começamos nossa pescaria com equipamentos de fundo e logo de cara os redondos começaram a atacar. As iscas usadas de fundo foram a Massa Paturi Carnívora, Massa mafish, Salsicha, Tripa de Galinha, Coração de boi e Rim de boi. Todas com bons resultados.

As Cacharas e pincacharas atacaram tanto na salsicha de fundo quato na salsicha flutuando. Os Tambacus estavam ativos no fundo pela manhã e também na superfície a tarde.

O Recanto é muito bem conservado, muito limpo e um atendimento excepcional. Tem uma lanchonete onde é servido porções e mesas em uma área sobre a água.

O lago não é muito grande, mas é muito piscoso e muito limpo. Possui muitas árvores e áreas cobertas ao redor. O nível da água é igual ao nível do gramado, facilitando a vida do pescador.

Além do lago principal o pesqueiro tem um lago somente com tilapias e outro lago misto com peixes menores.

A natureza também faz parte. Durante todo o dia notei a presença de muitas maritacas e papagaios pelo lago e bandos de macaquinhos entre as árvores do pesqueiro. Além de vacas, cabras e outros animais.

O lago principal tem muitos peixes grandes mas tem também muitos tambas e pacus de 2 a 4kg e cacharas de 3kg e isso faz a alegria do pescador que está na espera dos gigantes. Em certas horas era impossível de pescar com mais de 1 vara. A ação era imediata.

Os peixes de couro de maior porte atacaram na salsicha de fundo e na tilapinha viva.

Na parte da tarde, depois de fisgar dezenas e dezenas de tambas no fundo, começamos a pesca com as Bóias Barão. As cevadeiras com miçangas não tiveram bons resultados. O peixe estava manhosoe estavam subindo bem devagar.

Deixando a cevadeira de lado, partimos para a pesca com torpedinhos e a foguetinho das Bóias Barão. Variamos o chicote de 30cm a 60cm de linha 0,50mm e anzol Chinú n. 9

A isca mais usada foi a tripa de galinha, seguida do coração e do rim, ambos na bóia. Em certos momentos a bóia mal caía na água e o peixe já puxava. Foi diversão o dia todo.

Segundo o proprietário, Sr Raimundo, os grandes redondos comem bem na superfície, principalmente no pão flutuando e foi verdade. Nosso amigo andré fisgou um belo Tambaqui no Pão.

Nossos amigos que estavam com Tuvira fisgaram umas das grandes pirararas de aproximadamente 30kg.

O Felipe também fisgou a sua, com tilapianha viva a uns 3metros da margem, no fundo.

No meio da tarde desabou o mundo. Uma chuva muito forte lavou o pesqueiro e durante a chuva os pexies ficaram mais ativos ainda tanto no fundo quanto na bóia.

Nossos amigos Hélio e Rui de Campinas também fizeram a festa.

No final do dia o pão flutuando foi o prato principal. Montei um torpedinho com 1,5mts de linha 0,50mm e anzol chinú n.9 com o pão. Era arremessar e contar até 10.

A cachara da foto acima foi fisgada com tilapinha a uns 4mts da margem.

Quase na hora de ir embora, o Sr Adimir fisgou um tamba de fundo, na sequencia o Felipe engatou outro na bóia e nesse meio tempo eu engatei um terceiro.

Consegui tirar a foto e brigar com o peixe ao mesmo tempo e depois tirei o meu.

Segue abaixo algumas fotos cedidas pelo pesqueiro:

E foi isso galera. Uma ótima opção para a galera de Campinas. O Recanto do Pacu fica a mais ou menos 115km de São paulo.

Gostaria de agradecer ao Sr Raimundo pela recepção e pelas dicas além do bom bate-papo.

Fotos por Adimir, Felipe, Marcio e André Texto por Marcio David

Abraços e boas pescarias

Equipe Fishingtur

#recantodopacu #pesqueiro #pesca #pirarara #tambacu #fishingtur

11 visualizações
Carretilhas de Pesca Penn
Contato Fishingtur

Parceiros

bruta.png
Lumis.png
Enz Miçangas e evas
LogoSimon.png
girls fishing lovers.png
Logo.png
universo da pesca.png
Oculos Matuto.png
ESTILO GOIANO.png
go pro 1.png
massa paturi.png
boias de pesca, boia cevadira, boia torpedo
Logo Completo Colorido recorte.png
Logo Step quadrado Tranparencia.png

Step'lc Confecções

Rua Nova Cidade - Vila Olímpia - São Paulo - SP

273.441.558-50

fishingturpesca@gmail.com

Prazo de Entrega da Loja de 10 a 14 dias úteis

O maior portal de Pesca e Turismo do Brasil

Fishingtur Pesca e Turismo 2007