Clube de Pesca Lago Verde – Os curimbas atacam o estado de Goiás


Local: Clube de Pesca Lago Verde - Goiânia – GO Data: 13 de agosto de 2009

Olá pessoal!

Estou aqui para contar mais uma aventura pelos pesqueiros do estado de Goiás! Fui pessoalmente conhecer o tão falado no estado CLUBE DE PESCA LAGO VERDE. Eu havia ouvido falar que nesse pesqueiro existem alguns exemplares de bom porte de carpa cabeçuda e eu fui lá tentar conferir. Dessa vez tive a companhia de meu avô Jurandir, e minha mãe. Saímos de Anápolis por volta das 7 e 15 da manhã em direção a Goiânia. Chegamos ao portão do pesqueiro eram 8 e meia e já fomos entrando. Quando cheguei a beira do lago fiquei vislumbrado com a estrutura que havia naquele pesqueiro, a volta do lago todo com pier, escolhi o meu e fui montar o material. Até aquele momento só havia um píer sendo ocupado.

Como o vento estava muito forte eu e meu avô preferimos esperar diminuir um pouca para ir em busca das grandes cabeçudas que habitam o lago. Enquanto isso montamos 3 materiais de fundo, todos com chumbo solto na linha e chicote de linha 0,45 mm e variando os anzóis entre chinú 9 e anzol 3/0. Logo no primeiro arremesso utilizando tripa desidratada da CEVA ISCAS minha vara dobrou e soltou. Percebi que a pescaria de fundo poderia ser bem produtiva e não deixou a desejar. Meu avô havia armado sua vara com massa de fundo e quando foi buscar um puçá para gente poder retirar os peixes do lago com segurança sua vara envergou e eu fisguei foi um bela briga pelo tamanho do peixe.

A massa utilizada foi massa PATURI carnívora com um pacote de sangue da CEVA ISCAS. E foi com esse esquema que saiu a maioria dos peixes durante o dia.

Ao nosso lado o pescador Jean que mora em Campo Grande-MS estava a Goiânia a passeio e também foi lá garantir seu troféu utilizando boias cevadeira da barão e como isca camarão com eva no olho do anzol.

E do outro lado também com cevadeira o pescador Divino garantiu o seu.

Na hora do almoço o vento diminuiu um pouco e decidi armar meu material pra as carpas. Utilizei massas PATURI de vários sabores, banana com mel, amendoim e frutas. Variei a altura da boia e utilizei essências, mas até as 14h da tarde nada de ação. Como tinham muitos tambacus na flor d’água decidi colocar minha boia a um metro e meio de distancia da isca e foi aí que para minha surpresa começou um festival de curimbas.

A boia não ficava nem 15 minutos na água e já tinha peixe na linha.

Enquanto isso materiais de fundo não paravam.

E para finalizar o dia mais um curimba foram pra foto.

Quando eram 17 horas arrumei o material e voltei pra Anápolis. Então é isso pessoal, essa foi mais uma aventura pelos pesqueiros do estado de Goiás, no verão estarei lá de novo para conferir os grandes tambas do lago.

Um grande abraço pessoal!

Texto:Bruno Fotos:Rose e Bruno

E vamos praticar a pesca esportiva.

Bruno

AGRADECIMENTOS

Clube de Pesca Lago Verde

#Goiânia #LagoVerde #CubedePesca #Goiás #Diversão #Pescaria #Família #Amigos

12 visualizações
Contato Fishingtur

Parceiros

bruta.png
Lumis.png
Enz Miçangas e evas
LogoSimon.png
girls fishing lovers.png
Logo.png
universo da pesca.png
Oculos Matuto.png
ESTILO GOIANO.png
go pro 1.png
massa paturi.png
boias de pesca, boia cevadira, boia torpedo
Logo Completo Colorido recorte.png
Logo Step quadrado Tranparencia.png

Step'lc Confecções

Rua Nova Cidade - Vila Olímpia - São Paulo - SP

273.441.558-50

fishingturpesca@gmail.com

Prazo de Entrega da Loja de 10 a 14 dias úteis

O maior portal de Pesca e Turismo do Brasil

Fishingtur Pesca e Turismo 2007