Silvestre Park - Rio Verde - Goiás


Local: Silvestre Park - Rio Verde - Goiás

Obs.: Os peixes não estão mais no lago esportivo. Este lago está fechado para manutenção por tempo indeterminado.

Olá amigos!

O Fishingtur, em companhia de amigos, estivemos por três vezes no Silvestre Park fazendo a gravação de nosso programa. Em nossa primeira visita, eu (Marcio David) estava sozinho, e mesmo sozinho consegui gravar um programa e fazer um bom material, me equilibrando entre a vara envergada, o passaguá e a filmadora no tripé. O primeiro peixe fisgado foi um gigantesco Pacu fisgado no UL Amental Fishing com a Massa Paturi de goiaba.

Logo depois uma enorme Pincachara na salsicha flutuando, um grande exemplar que rendeu uma ótima briga.

Novamente com a salsicha flutuando consegui outro belo exemplar de Pincachara.

No lado oposto do lago, com opção flutuando fisguei uma série de peixes, começando com um bonito Tambacu, bem amarelão.

Com a salsicha, quem apareceu foi um grande Jundiá.

Mas o pão flutuando realmente é a principal isca para os grandes redondos.

Até que fisguei um tambacu muito grande, acima dos 35 kg, mas por estar sozinho, o perdi na hora do passaguá, mas logo na sequencia fisguei outro grande exemplar e este veio para as fotos.

A salsicha novamente me trouxe outra Pincachara bonita e muito forte.

E até uma matrinxã veio participar da grande festa com o Fishingtur.

E para completar o time nesta pescaria e para fechar nosso dia, uma bonita Pirarara e outra Pincachara.

Em outra pescaria, desta vez com a ajuda dos funcionários, consegui gravar outro programa com muitos peixes, porém fotografei apenas três exemplares. O primeiro fisgado na Bolinha Ninja.

Na sequencia outro exemplar na ração de goiaba da Massas Paturi.

E novamente na Bolinha Ninja, outro belo gigante.

Em outra pescaria, desta vez com o renato da Massa Japonesa e o Relva, fisgamos uma boa quantidade de peixes e muitas surpresas. O Renato foi presenteado com um gigante de 36 kg fisgado na Bolinha Ninja.

Muitos outros exemplares, inclusive muitos tucunarés fisgados.

O Renato, pescando Tambas com a Massa Japonesa de fundo no meio do lago, pegou um gigantesco Pirarucu, o qual eu tive que ir de caiaque no meio do lago para brigar e conseguir tira-lo. Uma verdadeira aventura.

Muitos exemplares foram fisgados na Bolinha Ninja.

Novamente com Massa Japonesa de fundo no meio do lago, o Renato desta vez fisgou uma grande Pirarara, que só foi possível tira-la com o caiaque.