Pesqueiro Taquari – Nossos leitores em busca de grandes brigas em São Roque


Local: Centro de Pesca Taquari - São Roque – SP Data: fevereiro de 2010

Olá

O Centro de Pesca Taquarí é famoso pelos seus tambacus de GRANDE porte. Na minha terceira visita ao pesqueiro, fiz uma excelente pescaria, com ação durante todo o dia. E diga-se de passagem, com muita qualidade.

Eu(Bruno), o Zépa e o Cláudio, fomos os primeiros a chegar no pesqueiro, por volta das 06:20 hs. Escolhemos ficar na margem oposta ao restaurante, nos dois primeiros quiosques, parte mais funda do lago.

Eu e o Zépa optamos por montar nossos equipamentos com bóias cevadeiras e chicotes de aproximadamente 2 mt. A única diferença é que eu usava o anzol robaleiro com flutuador e miçanga caramelo, enquanto ele usava um chinú com a mesma miçanga caramelo há uns 10 cm de profundidade.

O Cláudio escolheu começar com uma torpedinho e chicote de um metro com ração na pinga. E foi ele que abriu a porteira com uma boa pincachara.

Esses dois peixes foram fisgados logo no início da pescaria. Nos dando uma breve idéia de como seria o resto do dia. Foram fisgados vários tambacus na faixa dos 6 a 7 kg durante a parte da manhã. Na hora do almoço os peixes pararam de comer na superfície. Então o Cláudio foi pro resturante almoçar.

Enquanto isso eu e o Zépa estávamos era com “fome” de peixe. Como eles pararam de comer a ração, resolvemos experimentar o minhocoçú na torpedinho com chicote de 1,5 mt.

No meu primeiro arremesso, em menos de 1 minuto a bóia desceu. O resultado foi esse briguento dourado.

Com o mesmo pedaço do minhocoçú fisguei outro rapidamente, mas acabou escapando durante o salto. Vimos que era um cardume que estava por lá. E como estávamos atrás dos tambas, decidimos arremessar para outro lado.

Mandei a minha um pouco mais pro lado da corda. E depois de pouco tempo de espera, mais um mergulho da minha bóia. A briga foi boa, pois o peixe era forte, e eu estava usando uma tralha leve – Vara Shimano Clarus 7’6” , 12-20 LB / Carretilha Shimano Coriolis / Linha Triumph 0,32 mm.

Um pouco depois do almoço, por volta das 14 hs, os peixes já estavam comendo bem novamente. E o Zépa conseguiu um bom exemplar.

Por volta das 16hs tirei a cevadeira, coloquei um chicote com pão, e arremessei um pouco fora da “batedeira”.

Um tempo depois minha bóia afunda. Dessa vez uma briga diferente, mais lenta e sem cabeçadas. O peixe chegava a 3 metros da margem e corria 20..30 metros de volta pro meio do lago.

E foi assim durante uns 30 minutos. Até que ele cansou e pranchou.

Vi que era um BOM peixe. Mas tive a exata dimensão quando veio pros meus braços. Um dos “monstrinhos” do Taquari.

E foi assim que terminamos essa pescaria, bem produtiva e cansativa. Mas é um esforço que vale a pena.

Obrigado, Marcio, pelo espaço cedido aqui no site. Valeu mesmo.

…e “VAMO TRABAIÁ”.

Bruno

AGRADECIMENTOS

Pesqueiro Taquari

#taquari #pescaria #isca #tambacu #dourado

11 visualizações0 comentário
Contato Fishingtur

Parceiros

Lumis.png
Enz Miçangas e evas
LogoSimon.png
girls fishing lovers.png
Logo.png
ESTILO GOIANO.png
go pro 1.png
massa paturi.png
boias de pesca, boia cevadira, boia torpedo