Pesqueiro Santa Tereza – Mais uma super pescaria em Indaiatuba


Local: Pesqueiro Santa Tereza - Indaiatuba – SP Data: março de 2011

Olá galera,

Hoje vou relatar mais uma pescaria feita no Pesqueiro Santa Tereza, que tinha tudo pra ser um dia sem peixe algum mas foi bem diferente do que pensávamos.

Saímos de casa 6:30h, eu, meus dois tios Alexandre e Roberto e meu avô Geraldo e chegamos as 6:50h no pesqueiro, fomos o primeiro carro a chegar, descemos para o lago e pegamos nosso lugar, com o passar do tempo veio chegando mais pescadores. Tínhamos montado apenas um equipamento, uma salsicha flutuando a mais ou menos uns 10 metros da margem, e fomos montar o resto, de repente a fricção do molinete começou a cantar, nem tínhamos visto a linha ou a vara envergar, a fricção nos avisou, quando fisguei, foi estranho pois a linha estava na margem, fui recolhendo e cheguei em cima do peixe, ele tinha se enroscado nuns paus que tem no barranco, e tomando linha que nem louco, tentamos fazer o possível pra tirar da madeira mas estourou, com certeza era um pintado, nesse pesqueiro os pintados tem o habito de correr pra margem quando fisgados.

A parte da manha estava totalmente parada, o único peixe que saiu foi uma bela tilápia pega pelo meu tio Roberto.

Após essa tilápia demorou muito para sair outro peixe, até que decido usar tilapinha de isca, e deu certo, coloquei uma na bóia e em menos de 10 minutos ela desceu, como eu estava longe meu tio Alexandre fisgou, o peixe saiu em disparada ao outro lado do lago, meu tio já estava brigando a um bom tempo com o peixe mas de repente escapou, na hora que eu ia iscar outra tilapinha vejo que na verdade o peixe não escapou e sim quebrou o anzol, a curva do anzol tinha sido levada embora e só havia ficado a haste dele. Troquei o anzol e mandei de novo, em menos de 5 minutos ela desceu e um pequeno tambacu foi para a foto.

Arremessei de novo e a poita tinha se enroscado com o chicote da bóia, dei uns toquinhos e parecia ter saído, fui pescar com a outra vara, de repente olho para o lago de trás e não vejo a bóia, pensei que ela tinha se enroscado de novo e por isso afundou, mas a linha começou a esticar e ai decidi fisgar e meu tio saiu na foto com o peixe.

Após esse peixe, mais nenhum saiu. Meus amigos Jonas e o Alemão que estavam do outro lado também não estavam bem também, o Alemão que fala que eu só pego pacuzinho só estava pegando tilápia, o Jonas até que estava pegando uns pacuzinhos, até que fisga um bom, quando o peixe chega perto da margem eu grito pra ele: -vai escapar! E escapou rsrsrs, ele começou me xingar depois.

Já estava na hora do almoço e não saia peixe e o pesqueiro totalmente lotado, nem dava para contar quantas bóias haviam na água. Meus tios haviam ido almoçar e ficou apenas eu e meu avô no lago, de repente minha vara com peixinho no fundo enverga, fisguei mas escapou, armei novamente e após um longo tempo ela enverga de novo, fisguei e o peixe saiu tomando linha, estava brigando com ele há algum tempo já, aí o Jonas grita: -vai escapa!, e escapou mesmo, rrssrsrsrs, é sempre assim quando a gente pesca junto.

Depois disso fui conversar com o Jonas e aproveitei para ver como ele estava pegando os pacuzinhos, era quase o mesmo sistema que eu, estava usando chicote de uns 2 metros, anzol de robalo e ração na pinga, eu tava com chicote cerca de 1 metro, anzol chinu e ração.

Aumentei o chicote e arremessei, em menos de 5 minutos a bóia desceu, após um tempo um tambacu agora de um bom tamanho apareceu.

Após isso fiquei zuando muito o Alemão por só estar pegando tilápias e o Jonas por estar pegando apenas CDS( pacuzinhos como ele chama).

Eu estava também desde de manhã tentando pegar algo na salsicha flutuando mas sem efeito, então tinha guardado a vara, mas decidi armar de novo, e ao colocar a vara no suporte, uma explosão na salsicha e meu tio tira uma bela capim, mas deu muita pena, a boca estava mutilada por causa do alicate de algum pescador. Antes de meu tio tirar a carpa da água sua bóia que estava com chicotão também desceu e eu fisguei, no mesmo momento a bóia que estava com pão no lago de trás afunda e meu tio Roberto fisga. E assim saíram os três peixes, mas não ao mesmo tempo, meu tio Alexandre com a carpa, meu tio Roberto com um catfish e eu com um belo tambacu.

O pesqueiro na última semana soltou centenas de CDs (pacuzinhos) estavam saindo aos montes, um pescador ao lado pegou um até na varinha de mão, e a vara dele não tinha nem 2 metros. E nós também não ficamos fora, eu e meu tio engatamos vários pacuzinhos, tiramos fotos apenas dos maiores que foi meu tio quem pegou.

De repente minha vara com pão no fundo enverga de mais e meu avô grita pra mim. Fisguei e era uma briga boa,certeza que era um tambacu na linha, estava um tempo já brigando com o peixe quando meu tio fisga outro, pouco tempo depois o meu se rende, reparem na foto meu tio brigando com o dele.

Arremessamos nossa bóias novamente e pegamos alguns pacuzinhos e tambinhas, de repente eu meio que distraído e com a vara na mão vejo minha bóia descer, mas nem me toco rsrsrsr, de repente um tranco na minha Mão me faz acordar e um belo tambacu depois de uma briga muita boa se entrega.

Após soltar gritei para o Jonas e pro Alemão: -Cadê os seus peixes? tão só nas tilápias?, depois falam que eu não sei pescar e não pego peixe.

E uma piraputanga também peguei na salsicha mas sem foto, arremessei novamente a salsicha e com a vara na mão fisguei, do nada um dourado gigante pula fora da água, era muito grande, no mínimo uns 7 quilos, mas após esse pulo ele saiu tomando linha e estourou tudo.

Continuamos pescando mais um pouco mas sem peixe, o Alemão já tinha ido embora a muito tempo, pois não agüentou ficar escutando eu falando e ver eu tirando peixes rsrsrs (brincadeira, não sei o motivo por ele ter ido embora), mas o Jonas continuou lá, mas sem pegar peixe também rsrsrsrsr, fomos embora após algum tempo.

É isso aí, um dia com o pesqueiro lotado e a água gelada mas alguns peixes saíram, nada de gigantismo mais divertiu muito.

Abraços e boas pescarias

Willian

AGRADECIMENTOS

Pesqueiro Santa Tereza

#pesqueiro #santatereza #carpa #tambacu #tilapia #pacu #fishingtur

0 visualização
Carretilhas de Pesca Penn
Contato Fishingtur

Parceiros

bruta.png
Lumis.png
Enz Miçangas e evas
LogoSimon.png
girls fishing lovers.png
Logo.png
universo da pesca.png
Oculos Matuto.png
ESTILO GOIANO.png
go pro 1.png
massa paturi.png
boias de pesca, boia cevadira, boia torpedo
Logo Completo Colorido recorte.png

O maior portal de Pesca e Turismo do Brasil

Logo Step quadrado Tranparencia.png

Step'lc Confecções

Rua Nova Cidade - Vila Olímpia - São Paulo - SP

273.441.558-50

fishingturpesca@gmail.com

Prazo de Entrega da Loja de 10 a 14 dias úteis

Fishingtur Pesca e Turismo 2007