Pesqueiro Eco Pesca - Rio Quente Resorts - Rio Quente - Goiás


Data: 08 de Novembro de 2011

Olá Amigos!

Nosso terceiro dia de pesca no Eco Pesca, dentro do Rio Quente Resorts começou com muito sol e depois de um maravilhoso café da manhã, começamos a arrumar nossas tralhas de pesca. Mas antes de continuarmos, veja tudo o que aconteceu em nossos primeiros dois dias de pesca.

Montamos os equipamentos para as Pirararas nas margens com as guelras e com cabeças de tilápias, mas sem muito sucesso. O Júnior montou uma bóia torpedo Barão com chicote de 3 metros de linha mono 0,45mm, anzol de robalo 2/0e uma guabizão na pinga como isca. Em poucos minutos, já estava com dois exemplares fisgados.

Andando pela margem vimos novamente mais Tucunarés entre as pedras, foi soltar apenas o anzol prateado na água e fazer um leve movimento para ver o voraz ataque do pequeno tucuna.

Ainda no chicotão e com a ração, agora foi a vez de um pequeno tambaqui dar as caras. Até mesmo este pequeno exemplar foi capaz de envergar a vara e tomar linha. Força como destes peixes a muito tempo que não vejo.

Resolvemos então fazer a pescaria embarcada. Nosso guia hoje era o Gilson. Escolhemos o ponto extremo do lago, bem em frente ao poço do pedral e perto do ponto dos Pirarucus. O Júnior mal tinha arremessado uma cabeça de tilápia e sua linha já começou a correr, ele deixou o peixe levar um pouco e travou. Foi o suficiente para o peixe sair em disparada arrastando a fricção e levando muita linha. Tivemos que soltar o barco e deixar o peixe passear, até que já em cima do peixe, e depois de muita força a grande Pirarara apareceu.

De volta ao mesmo ponto e aguardando as Pirararas, eu fiquei brincando com a salsicha flutuando até que um briguento Jundiá abocanhou tudo sem dó.

Minutos depois novamente assustamos quando o alarme de outra vara disparou. O peixe nadou rápido demais pela lateral do pedra, passando a linha por trás das pedras. Tivemos que soltar o barco e calmamente passar por cima do pedral, desenroscando a linha e depois sim brigar com o peixe que já estava a mais de 50 metros longe dali. Era outra bela Pirarara.

Já em outro ponto, foi a vez de minha vara envergar e disparar o alarme, mas uma corrida curta. Peguei a vara, fisguei e uma briga forte mas com corridas rápidas de um lado para outro denunciava ser outro peixe de couro e não a esperada pirarara. E acertamos, era um bonito e chamado por aqui de Caparari do Araguaia. Fisgado com uma cabeça de tilápia.

Deixamos a pescaria dos peixes de couro de lado para investir nos grandes Tambacus. Passamos pelo meio do lago e jogamos um pouco de ração, seguimos e apoitamos o barco na outra margem. Munidos de bóias torpedo com chicotes de 1 a 3 mts e como isca a ração Guabizão, fisgamos uma série de redondos.

Bastava arremessa em cima da ceva e literalmente ver a boia desaparecer.

Como estávamos com varas de 15/25 libras a briga era garantida com grandes e fortes tomadas de linha e muita resistência.

Não podemos deixar de falar e mostrar o barco usado para este tipo de pescaria. O Eco Pesca adquiriu um excelente barco, garantindo muito conforto e muita segurança para os clientes.

E como estamos em contato direto com a natureza, tivemos a companhia de um Lagarto Teiú, um verdadeiro comedor de salsicha.

De volta ao barranco, a brincadeira com os redondos não parava. Era arremessar e esperar a boia afundar. Diversão garantida.

Nosso amigo Gilson fisgou vários Jundiás arremessando pequenos pedaços de salsicha no fundo.

E bastava parar um pouco e prestar atenção entre as pedras para avistar os Tucunarés.

No final da tarde voltamos para o barco onde fisgamos mais alguns bons Tambacus no mesmo esquema das boias torpedo com chicotão. A ração Guabizão foi a isca que fez a diferença nesta modalidade.

E nosso guia Edmundo também fez o seu papel fisgando uma bela Pirarara embarcado.

Já no finalzinho de nosso dia o Júnior fechou a nossa pescaria embarcada com outro exemplar fisgado na guelra de tilápia.

E Enquanto os equipamentos eram desmontados, a última varinha com salsicha envergou o Sr. Jundiá-Onça veio nos dar boa noite.

Agradecemos mais uma vez ao André pelo convite e pela oportunidade. Agradecemos também a todos do Rio Quente Resorts pela recepção e atendimento.

Abraços e boas pescarias!

Marcio David

AGRADECIMENTOS

Eco Pesca Rio Quente - Goiás

#EcoPesca #RioQuenteResorts #RioQuente #Goiás #Emoção #Adrenalina #PescaEmbarcada #Amigos

15 visualizações
Carretilhas de Pesca Penn
Contato Fishingtur

Parceiros

bruta.png
Lumis.png
Enz Miçangas e evas
LogoSimon.png
girls fishing lovers.png
Logo.png
universo da pesca.png
Oculos Matuto.png
ESTILO GOIANO.png
go pro 1.png
massa paturi.png
boias de pesca, boia cevadira, boia torpedo
Logo Completo Colorido recorte.png
Logo Step quadrado Tranparencia.png

Step'lc Confecções

Rua Nova Cidade - Vila Olímpia - São Paulo - SP

273.441.558-50

fishingturpesca@gmail.com

Prazo de Entrega da Loja de 10 a 14 dias úteis

O maior portal de Pesca e Turismo do Brasil

Fishingtur Pesca e Turismo 2007