• camila-niclites

Pesqueiro Maeda – Tilápias Gigantes na modalidade do FlyFishing

Olá amigos do Fishingtur!

Eu(Marcio David) e nosso amigo Saulo Ricci, fizemos uma visita ao Pesqueiro Maeda na cidade de Itú. Chegamos ao local por volta das 7h da manhã e logo nos dirigimos para a divisão entre os lagos 6 e 7. Começamos montando os equipamentos leves para fazer a pescaria com massas de fundo, sem chumbada e com anzol direto na linha. Usamos diversos tipos de massas, entre elas, a tradicional e a Paturi Carnívora. Fisgamos bons exemplares, mas os peixes estavam bem manhosos, foi necessário estar com as varas em punho para não perder o momento da fisgada. Pescaria feita no lago n° 6.

O Saulo também começou com as varinhas de mão, varas de 2,70 a 3,50mts, tendo ótimo resultados, assim como na carretilha arremessando no meio do lago. Muitas e bonitas tilápias atacaram a massa carnívora.

O Saulo continuou fazendo a pescaria, agora com um micro molinete, arremessando a massa no meio do lago e a todo momento tinha linha esticada e peixe na foto.

Um pouco antes do almoço, resolvi montar meu equipamento de FLY e mesmo com a ventania que estava no Maeda, me aventurei nos arremessos. Montei um chicote de linha mono 0,22mm com cortiças no anzol chinú 6 e 8. Joguei um pouco de ração e me surpreendi com a quantidade de grandes tilápias que começaram a subir e logo nos primeiros trabalhos já fisguei a primeira bocuda.

Depois disso a brincadeira ficou séria, bastava um punhadinho de ração, automaticamente elas subam e aí era só acertar o arremesso, colocando a isca perto de alguma delas e esperar o ataque. O vento estava forte demais e de frente, dificultando e muito o posicionamento da isca, mas o peixe estava tão ativo que até onde não tinha ração, eu acertava a fisgada. E foi assim com muitas e muitas grandes tilápias.

Depois que as tilápias ficaram ativas na superfície, eu literalmente abandonei as varinhas de mão e carretilhas. Fiquei apenas com o FLY no lago 7. A diversão estava garantida e com o calor da tarde chegando, elas ficaram cada vez mais ativas.

Percebi que o anzol, o menor possível, trazia mais resultados positivos, foi onde perdi um tempinho, tirei os anzois chinu 8 e 9 das iscas que ainda tinha e coloquei apenas o chinu 6. Era cair na água e em certos momentos era possível ver mais de 3 tilápias nadando em direção da isca. Foi bom demais !!!!