• camila-niclites

Pesqueiro Maeda – Uma ótima estrutura até debaixo de chuva

Olá amigos!

Nossa equipe chegou ao Maeda após o almoço debaixo de uma garôa, um vento muito forte e muito frio. Escolhemos o lago coberto n.6 para tentar nos proteger ao menos da garôa, pois o vento era tão forte que as vezes não deixava as varas de mão no suporte. Optei em fazer uma pescaria com varas de mão e o restante da equipe com equipamentos de fundo. Era impossível usar boias ou salsicha flutuando por causa do vento.

Pacu - Adimir David Na pesca de fundo foram usados equipamentos de ação leve com linhas 0,28 a 0,33 mm. As iscas foram a salsicha e a massa carnívora PATURI. Usei varas de mão de 2,20 e 2,60mts com linha 0,28mm e anzol chinú n. 4. As iscas variaram entre a salsicha, pedaços pequenos de minhocuçu e massa Paturi.

Tilápia - Marcio

Mesmo com muito frio alguns pequenos redondos apareceram tanto nos equipamentos de fundo quanto nas varas de mão.

Tambacu - Daniela

A massa usada nas varas de mão foi uma mistura de 01 pacote de Massa Paturi Carnívora e 01 pacote de Massa Paturi Amendoim para Cabeçuda. Misturei os dois pacotes e fiz uma única massa.

Tamba - Marcio David - Vara de mão

Os peixes estavam manhosos e beliscavam muito e roubavam a isca com facilidade. O vento atrapalha e muito a pesca com varas de mão. É necessário muita atenção e rapidez na hora da fisgada.

Matrinxã - Marcio - Vara de mão

Mas a pescaria ficou por conta das tilápias. Grandes e bons exemplares foram fisgados com a massa de fundo nas varas de mão. Usei a mesma massa esfarelada para cevar o local. Jogava um pouco de massa a cada 15 minutos mais ou menos para ir cevando e atraindo os peixes.

Tilápia - Marcio - Vara de mão

As tilápias brigavam muito nas varinhas de 2,40mts com linha 0,28mm. Esportividade nota 1000.

Tilápia - Vara de mão